mai 26

O curso de Geografia da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp – Câmpus de Presidente Prudente – é tido (desde longa data) como pioneiro e um dos mais consagrados perante a comunidade universitária de todo o país. No seu quadro de docentes, o curso conta com as maiores e mais expressivas figuras exponenciais do ensino superior. Daí a melhor escolha , razão pela qual as vagas abertas durante a realização dos Vestibulares são sempre as mais disputadas pelos calouros que ingressam na Universidade em Presidente Prudente.

Em termos de ensino, pesquisa e extensão, a Geografia ministrada na FCT se desponta e recebe todos os anos um contingente cada vez maior de candidatos para ingresso Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”. Neste ano, a Aula Inaugural foi ministrada no dia 04 de Maio, cumprindo dois períodos determinados: pela manhã no Auditório do Discente V, sendo conduzida pelo Prof.Dr.Eliseu Savério Sposito e no horário noturno pelo Prof.Dr.João Lima Sant’anna Neto.

Presença e participação de todos os alunos do curso de graduação em Geografia e também inúmeros outros ex-alunos de graduação e pós-graduação, assim como inúmeros Professores, interessados em participar do 1º encontro com os novos alunos que ingressaram nos quadros da Universidade. Título da palestra do Professor Eliseu Savério: “As perspectivas da pesquisa em Geografia no Brasil Contemporâneo: uma reflexão em momento.

O Auditório V (onde se realizou o evento), ficou superlotado e após as primeiras aulas (palestras) , os temas apresentados foram acompanhados com especial atenção – e no final – debatidos com a manifestação espontânea de todos os interessados. Os assuntos em apreciação empolgaram não só estudantes, mas também professores e ouvintes que compareceram ao local especialmente para acompanhar aula de inaugural de Geografia deste ano.

De forma resumida, a aula ministrada pelo Professor Savério trata da Contextualização :Bases do mundo contemporâneo com as relações que podem ser também compreendidas pela ótica da mundialização da economia. Em resumo: há portanto, uma aceleração das mudanças e uma persistência das desigualdades sociais associadas à ética do progresso, do desenvolvimento e da competitividade.
Tudo isso, permeado pelo ideal de uma sociedade de consumo dirigido. A aula aborda também a questão do direito, conquista e necessidade. No item 3 mostra que “a configuração da sociedade, gera o que podemos chamar de problemas”, desde que considerados pela ótica da venda da força de trabalho.

Professor Savério diz anda: Os salários que cada campo profissional alcança no mercado de trabalho tem forte impacto no processo de “valorização” das diferentes profissões. As áreas de Ciências Sociais e Humanas são consideradas menos científicas que as áreas de Exatas e Biológicas. Por fim, e não menos importante, a Universidade, o ambiente familiar e a mídia reproduzem essa impressão que se torna concreta porque aceita e dissemina sem questionamentos, no nível do senso comum.

Itens 4 e 5 – Recursos financeiros

Na continuidade da aula inaugural de Geografia, acentua o Prof.Dr.Eliseu Savério Sposito: É preciso falar do que se denominou “crise na universidade paulista” (que pode se expandir para a Universidade brasileira). O recurso das Universidades (em todo o Brasil), corresponde a apenas 6,4%; mas as Instituições de ensino são geradoras de 24% do conhecimento aplicado no setor.
No Estado de São Paulo: entre 2000 e 2009 houve aumentos de 85% do número de alunos matriculados na graduação, de 86% nos mestrados e de 229% nos doutorados. As três Instituições Paulistas correspondiam 44% de toda a produção nacional de trabalhos científicos de padrão internacional.

Desde 1995 passou a vigorar a definição da dotação das três Universidades em 9,57% do ICMS, distribuídos em 2,3447% para a Unesp; 2.1958% para a Unicamp e 5,0295% para a USP. As Universidades devem receber neste ano de 2015, cerca de 2 bilhões do ICMS. Isso dará um gasto por aluno de 21 mil/ano, ou aproximadamente 7 mil dólares. O gasto por aluno no ensino fundamental e médio é de R$ 660. Claro que as Universidades são mais caras; por isso, o Governo gasta com o Universitário, 32 vezes mais do que gasta com os demais.

Quem faz ciência é o Pesquisador

No último e 5º item, acentua o Prof.Eliseu Savério: “Quem faz ciência é o Pesquisador. Ele precisa ter habilidades; capacidade de análise e interpretação; domínio de técnicas modernas de produção e interpretação; capacidade de observação; descrição, comparação e análise; compreensão da relação sociedade-natureza e saber articular os elementos empíricos aos referenciais teóricos. E mais: desafios para a Universidade e especificidades brasileiras.

Finalmente: fazer o curso de Geografia é portanto, procurar combinar todas essas características e elementos da Universidade, do conhecimento científico e das possibilidades de se pensar a realidade – concluiu o Prof.Dr.Eliseu Savério Sposito, do Departamento de Geografia da FCT/Unesp.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Nos primeiros dias de Maio deste ano, realizou-se no Auditório do Discente V da FCT/Unesp em Presidente Prudente, a aula inaugural do curso de Geografia ministrada pelo Prof.Dr.Eliseu Savério Sposito.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
A 2ª etapa da aula inaugural do curso de graduação da FCT/Unesp foi ministrada pelo Prof.Dr.João Lima Sant’anna Neto, do Departamento de Geografia. O Auditório nessa noite, ficou superlotado.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
O Prof.Dr.Ricardo Pires de Paula, do Departamento de Geografia da Faculdade de Ciências e Tecnologia, conduziu os trabalhos e participou dos debates realizados no dia 04 de Maio.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Além de realizar uma exposição minuciosa sobre o tema da aula inaugural, o Prof.Dr.João Lima abordou com muita propriedade e conhecimento de causa, assuntos que os alunos ainda não conheciam.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
E por fim, o Prof.Dr.José Mariano Caccia Gouveia, do Departamento de Geografia completou as informações que faltavam para o fechamento da aula inaugural no Auditório do Disc.V.da FCT/Unesp.

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP

mai 21

Com a presença de uma platéia que superlotou o Anfiteatro II da FCT/Unesp no último dia 16 de Maio, o Centro de Estudos de Geografia do Trabalho/CEGeT comemorou seus 19 anos de atuação. Participação de dois convidados especiais: o Prof.Dr.Ariovaldo Umbelino de Oliveira (USP) e Prof.Dr.Carlos Alberto Feliciano (UFPE). O evento foi bastante prestigiado. Coordenação geral do Prof.Dr.Antonio Thomaz Junior, do Departamento de Geografia da Faculdade de Ciências e Tecnologia, prestigiado por inúmeros companheiros dedicados à ciência e tecnologia.

O tema desenvolvido durante a realização do Seminário se relacionou à ‘’Constituição da propriedade da terra e as terras devolutas do Brasil e no Pontal do Paranapanema’’. Em termos regionais, enfoque especial na questão agrária envolvendo 34 perímetros; a definição de terras devolutas e ações discriminatórias; ordenamento jurídico; terras sem ações discriminatórias e formação de Assentamentos. Em foco: a Gleba XV de Novembro, nos municípios de Rosana e Euclides da Cunha Paulista. Também referência especial à Fazenda São Bento, localizada no município de Sandovalina, ambos na região de Presidente Prudente.

O Prof.Dr.Antonio Thomaz Junior – na condição de dirigente do CEGeT – declara:”Em 2015 alcançamos 19 anos; e neste momento temos muito o que festejar. No que se refere aos avanços coletivos; aos aprendizados; às inserções no debate público; aos projetos aprovados, etc. Todavia, com a prevalência do sistema destrutivo das forças produtivas regentes na sociedade capitalista, pouco temos a comemorar no que se refere às condições de vida e de trabalho, daqueles (as) que estão envolvidos direta ou indiretamente no metabolismo produtor de mercadorias”.

Na sequência dos acontecimentos, o Centro de Estudos de Geografia do Trabalho acrescenta: “Em meio a esse verdadeiro e tensionado conflito de classe, o CEGeT se mantém coeso enquanto Grupo de Pesquisa, para oferecer e socializar conhecimentos oriundos das pesquisas. Com o propósito de contribuir com a construção de melhores condições de vida, trabalho e referenciais de liberdade para trabalhadores (as). Entretanto, ao mesmo tempo, atento à truculência protagonizada pelos setores da sociedade envolvidos com a complexa sistemática de dominação/exploração dos trabalhadores (as), bem como as ações organizadas dos movimentos sociais, conscientes da luta da resistência, necessária e imprescindível para fazer avançar a construção de outra sociedade. Essa sim, emancipada e livre da dominação de classe” – finalizou.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
O Prof.Dr.Ariovaldo Umbelino de Oliveira, da Universidade de São Paulo/USP veio especialmente como palestrante convidado pela Coordenação do evento na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
– O Seminário comemorativo ao 19º aniversário do Centro de Estudos de Geografia do Trabalho/CEGeT debateu a questão da propriedade e terras devolutas do Brasil e do Pontal do Paranapanema.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
O Coordenador do CEGeT, Prof.Dr.Antonio Thomaz Junior conduziu o Seminário que foi um dos mais concorridos, com o público superlotando as dependências do Anfiteatro II da FCT/Unesp, em 16/Maio.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Outro importante convidado:Prof.Dr.Carlos Alberto Feliciano da Universidade Federal de Pernambuco/UFPE que abordou aspectos da ocupação da terra através dos Assentamentos, inclusive do extremo oeste pta.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
– O Prof.Dr.Antonio Thomaz Junior – Coordenador Geral do CEGeT – ficou satisfeito com a participação dos convidados e da platéia que compareceu p/ prestigiar o evento, um dos mais significativos do ano.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
O tema desenvolvido pelo CEGeT, relativo à “Constituição da propriedade da terra e as terras devolutas do Brasil e no Pontal do Paranapanema” é um dos mais atualizados, merecendo enfoque especial.

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP

mai 20

Ontem foi um dia de profunda tristeza na FCT/UNESP: O Professor Doutor Alvanir de Figueiredo – incluído entre os pioneiros – deixou nosso reduto e partiu para a eternidade, sendo conduzido até o Cemitério da Paz, onde agora repousam seus restos mortais. A partida do Mestre provocou consternação geral com profunda tristeza. Desde Diretores, Assessores, Chefes de Departamentos Técnico-Administrativos, Professores, Estudantes, Servidores e muitos amigos. Professor Alvanir, que nasceu em São Vicente litoral sul de SP – há 81 anos – veio para Presidente Prudente no inicio da década 60 do século passado, onde viveu a maior parte de sua vida. Deixa a esposa Regina e duas filhas: Laureni e Paula, além de um irmão (Antonio Carlos de Figueiredo), de 74 anos de idade, Lorena Escobar Figueiredo e as sobrinhas: Flávia e Iracema, que residem em Indaiatuba/SP.

O corpo do extinto foi velado na Organização Athia desde o início da noite de 18 de Maio. Registrou inúmeras visitas até o momento de ser trasladado para o Cemitério da Paz, saindo o féretro após as 15h30 de ontem (19/Maio), cumprindo um trajeto que começou no Parque do Povo até alcançar a Avenida da Saudade; e daí, pela Marginal que contorna a SP-270, até alcançar a Rotatória das Avenidas Manoel Goulart e Comendador Alberto Bonfiglioli. Na etapa final chegou ao Cemitério da Paz (logo após ultrapassar a sede da ACAE), por volta das 16h15. As exéquias só foram concluídas por volta das 17h00.

Nas homenagens ao Professor Alvanir de Figueiredo, presença e participação dos atuais e ex-Diretores da Faculdade de Ciências e Tecnologia, bem como docentes e servidores, além de familiares e amigos do extinto. O trabalho que desenvolveu em Presidente Prudente jamais será esquecido. Começando pelo curso de Engenharia Cartográfica, do qual ele foi um dos precursores juntamente com o Professor Marcos Alegre. O curso ganhou prestígio como um dos melhores do país, e hoje, é referência internacional. O resultado obtido se justifica agora com 4 prêmios conquistados simultaneamente – com acréscimo de mais um diferencial – é o único existente no Estado de São Paulo, desde 1977.
Grande intelectual, formação sólida e memória privilegiada

A Diretoria da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp/Câmpus de Presidente Prudente, deu destaque especial à atuação do Professor Alvanir de Figueiredo (ontem), no Portal da Universidade, informando o infausto acontecimento que o vitimou. Foi a perda de um Mestre considerado grande Intelectual, formação sólida e memória privilegiada, além de um grande administrador, com muita sensibilidade e visão de futuro. Entre 1954 e 1957 foi aluno do curso de Geografia e História, da Universidade de São Paulo; e no mesmo período foi professor de cursos de madureza e do Colégio de Aplicação da USP.

O Professor Alvanir foi acima de tudo uma pessoa amável, sensata e com grande capacidade de promover o espírito de cooperação entre os Alunos, Servidores, Docentes e Técnicos Administrativos. Ele deixa muita saudade e exemplo de vida a todos. Quando iniciava sua carreira como profissional formado (nos últimos anos da década 50), trabalhou nas unidades da Pontifícia Universidade Católica/PUC de Sorocaba, Campinas e São Paulo em substituição ao Prof. Aziz Ab’Saber, que havia se afastado para trabalhar na Universidade Federal do Rio Grande do Sul/UFRS.

No ano de 1961 começou a trabalhar na então Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Presidente Prudente/FAFI, em tempo parcial; e continuava viajando semanalmente no circuito São Paulo, Campinas, Sorocaba, Presidente Prudente para lecionar na PUC. Seu Doutoramento foi concluído no ano de 1968, ao ser contratado em tempo integral pela FAFI. Isso evidencia que o Professor Alvanir sempre teve grande envolvimento com a UNESP, onde foi Chefe do Departamento de Geografia durante vários mandatos. Foi Diretor durante dois períodos: de Março de 1975/1979 e Março de 1994/1988, além de ter sido Vice-Diretor, de Maio de 2001/2005. Também lutou pela criação do Programa de Pós-Graduação em Geografia da FCT/UNESP e foi um dos mais brilhantes professores.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Depois de ser velado desde a noite de 18 de Maio, o corpo do Professor Alvanir de Figueiredo deixa a Casa de Velórios, sendo conduzido para a última morada no Cemitério da Paz.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Familiares do querido Mestre, aguardam a chegada do esquife com os restos mortais do homem que foi acima de tudo uma pessoa amável e sensata, que já deixa saudades.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
A caminhada está a poucos passos da morada definitiva do ilustre Professor que veio para Presidente Prudente no início da década 60, numa fase difícil e de incertezas.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
No Cemitério da Paz – em cerimônia silenciosa – as atenções se voltam em memória do ilustre Professor que teve importante papel na formação de várias gerações.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Familiares e ex-companheiros do Professor Alvanir voltam suas atenções para esse momento de dor em que vivem com a perda dessa importante personalidade.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
O irmão Antonio Carlos de Figueiredo, a esposa Regina Maria Leite Giraldi e outros familiares trocam cumprimentos com a solidariedade dos Diretores e docentes da FCT.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Para quem marcou sua passagem nesta longa jornada em prol do bem comum, nada melhor do que homenageá-lo com flores. Muitas flores e a presença de Deus.

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP

mai 15

No período de 04 a 09 de Maio, realizou-se em Santo André/SP uma série de competições esportivas universitárias envolvendo cerca de 50 equipes de todo o país. Em disputa, duas vagas por Estado nas modalidades de Basquetebol, Vôlei, Futebol de Salão e Handebol . A Equipe da Associação Atlética Acadêmica (AAA) da FCT/Unesp de Presidente Prudente foi a única do interior paulista a competir, conquistando na classificação nacional (final), o 5º lugar. Para essa competição, os Atletas viajaram em Ônibus Especial da Unesp só retornando na semana seguinte (11 de Maio).

Na manhã de 4ª feira (13 de Maio), todos os integrantes da Equipe unespiana foram recepcionados pelo Diretor da Faculdade de Ciências e Tecnologia, Prof.Dr.Marcelo Messias, que os cumprimentou pela destacada atuação no Campeonato Brasileiro Universitário. Pela 1ª vez a Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp se fez representar numa competição nacional de esportes universitários. Em nome dos Atletas falou o Coordenador, João Lucas Platinetti Nanzer que também representou a Liga InterUnesp e Liga InterUniversitária de Esportes, agradecendo o respaldo obtido nessa importante competição.

Nas competições realizadas pela Confederação Brasileira de Desporto Universitário são admitidas apenas duas equipes por Estado. Nesse caso, a representação da Unesp de Presidente Prudente foi a única do interior de São Paulo a aceitar o desafio e competir através da Equipe de Basquetebol. Isso assegurou a 2ª classificação em âmbito estadual e a 5ª colocação a nível nacional.

A classificação final pelo Campeonato Brasileiro, deu o 1º lugar para a Equipe inscrita pela Capital, representada pela UNI-SANT’ANNA; o 2º lugar para a UPIS – de Brasília – DF; a 3ª classificação para a Universidade Federal do Rio de Janeiro/UFRJ, o 4º lugar para a UNOESC/SC de Santa Catarina e a 5ª classificação para a Associação Atlética Acadêmica (AAA) da FCT/Unesp – Presidente Prudente – SP.

Fizeram parte da Equipe que representou a Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp, os seguintes Atletas: Fabiano Koiti Costa Fujimori, Eric Ribeiro Lemes, Gabriel Leite Barbosa, Daniel de Carvalho Gomes, Ian Ribeiro Lemes (Técnico), Usman Gomes Santa Rita e Diego de Souza Miranda.

Clique para ampliar!
Na volta, uma visita especial ao Diretor da FCT/UNESP, Prof.Dr.Marcelo Messias para agradecimento, com respaldo pelo apoio durante esta viagem à Capital para participar como única Equipe do interior nas competições deste ano.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
A Equipe de basquete que representou a Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp de Presidente Prudente nas competições esportivas universitárias – de âmbito nacional – realizadas em Santo André/SP no último fim de semana.

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP

mai 15

A Síndrome da Dor Femoropatelar, clinicamente é uma doença caracterizada que atinge homens e mulheres, adolescentes, jovens e a população ativa. Sua manifestação de um modo geral se verifica pela presença constante de dor nos joelhos. Deisi Ferrari, com Mestrado no Programa de pós-graduação em Fisioterapia pela Faculdade de Ciências e Tecnologia e Doutoranda pela Universidade Federal de São Carlos/UFSCar, faz parte do Grupo de Pesquisas do Dr. Fábio Mícolis de Azevedo com atuação no Laboratório de Biomecânica e Controle Motor da Unesp em Presidente Prudente. Os dados que estamos reproduzindo nesta matéria, são os mais atualizados possíveis.

É a nossa entrevistada quem esclarece: “O joelho na prática esportiva é considerado uma das articulações mais lesionadas tanto na prática esportiva, assim como nas atividades de vida diária. Dentre a grande variedade de patologias que acometem essa articulação, destaca-se a síndrome da dor femoropatelar (SDFP), pois acomete aproximadamente 25% da população brasileira” – ressalta Deisi Ferrari.

A SDFP é definida como uma dor na região anterior do joelho na ausência de outra condição patológica que exacerba-se durante a realização de atividades esportivas, agachamentos, subida e descida de escada e permanecer sentado por tempo prolongado. Frequentemente a SDFP é diagnosticada em pessoas entre 16 e 25 anos de idade e a incidência é de 2.23 vezes mais em mulheres do que em homens.

Na prática clínica, a SDFP compreende de 25% a 40% de todos os problemas de joelho tratados nas clínicas ortopédicas e afeta 1 em cada 4 indivíduos fisicamente ativos. Cabe destacar que o prognóstico desta patologia não é favorável, uma vez que 91% dos pacientes queixam-se de dor até quatro anos após o primeiro episódio de dor. Além disso, evidencia-se uma associação dos portadores da SDFP com o desenvolvimento de osteoartrite e outras enfermidades, tais como tendinite peripatelar e bursites.

Apesar da alta prevalência e incidência, as causas e o diagnóstico da SDFP não estão claramente definidos. Acredita-se que os fatores causais sejam multifatoriais, destacando-se alterações proximais (quadril), ditais (tornozelo e pé) e locais (joelho) da articulação do joelho as quais podem estar associadas à dor. Dessa forma, o tratamento para estes pacientes é multimodal e cabe ao Fisioterapeuta identificar qual é a abordagem mais adequada.

Considerando que a SDFP gera comprometimentos funcionais e pode evoluir para outras patologias como osteoartrite, um diagnóstico clínico precoce é de suma importância para impedir a evolução desta patologia. Entretanto, estudos relacionados ao desenvolvimento de ferramentas clínicas para caracterização e/ou diagnóstico da SDFP constitui uma temática ainda muito pouco explorada na literatura.

Faz 25 anos que o termo síndrome da dor femoropatelar é utilizado, porém são pouquíssimos os estudos que examinaram de forma explícita a capacidade dos testes clínicos utilizados para diagnosticar a SDFP. Neste contexto, aqui na FCT/UNESP, o grupo de pesquisa coordenado pelo Professor Dr Fábio Mícolis de Azevedo, tem uma linha de pesquisa que se ocupa com temas relacionados ao diagnóstico de indivíduos portadores da síndrome da dor femoropatelar (SDFP) e ao estudo dos fatores que levam ao desenvolvimento desta patologia.

A necessidade de abordar estas duas frentes, justifica-se pela falta de um diagnóstico preciso para esta patologia e a indefinição dos fatores causais, diante de uma alta incidência, limitações funcionais e possível progressão para uma osteoartrite de joelho. Os resultados encontrados pelo grupo são promissores, uma vez que as ferramentas testadas apresentam-se precisas para diagnosticar a SDFP. No entanto, as descobertas estão, ainda, no campo da pesquisa e sua aplicabilidade está prevista para um futuro muito próximo.

Cabe destacar, que as pesquisas são realizadas aqui mesmo em Presidente Prudente – no Laboratório de Biomecânica e Controle Motor da FCT/UNESP – e contam com a colaboração de voluntários. Dos quais, Deisi Ferrari ressalta: Danilo Oliveira Silva, Marcela Ferraz, Ronaldo Briane, Naele Piveta, Fábio Azevedo e outros. Para a mulher interessada neste assunto de especial importância (com idade entre 18 e 30 anos) e tem ou não dor no joelho, um lembrete: Entre em contato com nosso Laboratório e faça parte dessa descoberta científica !

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Deisi Ferrari que defendeu sua dissertação de Mestrado/Fisioterapia e Doutoranda pela UFSCar faz parte de uma Equipe de Pesquisa na FCT/Unesp com especialidade em doenças do joelho.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Com as radiografias em mãos, a Pesquisadora faz uma avaliação sobre casos dessa natureza e os resultados alcançados pelo Grupo são bastante promissores, segundo suas próprias palavras.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
A presença de Deisi Ferrari na avaliação dos casos em estudo, diagnosticadas pelo Laboratório de Biomecânica e Controle Motor da FCT/Unesp, junto ao Anfiteatro III do Deptº de Educação Física..

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Fazendo parte do Grupo de Pesquisa do Dr.Fábio Mícolis de Azevedo (da Unesp): Deisi Ferrari, Danilo Oliveira Silva, Marcela Ferraz, Ronaldo Briane, Naele Piveta e Fabio Azevedo, entre outros.

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP

mai 12

No último final de semana, o Câmpus da Unesp em Presidente Prudente sediou um dos mais importantes eventos dedicados ao empreendedorismo, com perspectivas e desafios do mundo empreendedor. Trata-se do III Fórum de Empreendedorismo promovido este ano pela Empresa GeoAmbiental Júnior, dos cursos de graduação em Geografia e Engenharia Ambiental, sendo realizado Sábado e Domingo (dias 09 e 10/Maio), no Auditório-Discente V.

No evento, registrou-se a presença e participação de alguns palestrantes – especialmente convidados – bem como minicursos, oficina e workshop com temas relacionados à gestão de pessoas, economia colaborativa, empreendedorismo social, gestão de tempo, startups e ferramentas de planejamento, dentre outros. Não faltando Consultoria Empresarial e debate na etapa final da programação de Domingo.

A Coordenação do evento informou que o número de inscritos não foi maior, devido à coincidência com o final de semana comemorativo ao Dia das Mães. Assim mesmo, foram inscritos cerca de 70 participantes, entre estudantes universitários, professores e empresários de Presidente Prudente e região. Parceiros como o SEBRAE, INTEPP, Tripda, Ideation e FGV, contribuíram para manter a excelente qualidade do evento.

O objetivo do III Fórum realizado nas dependências da FCT/UNESP teve por principal objetivo desenvolver e fomentar o Empreendedorismo entre jovens, de forma que tenham idéias de novos modelos de negócios. Além de tudo, a troca de contatos entre os participantes, com tendência a acrescentar maior qualidade para essa promoção que gera maior fluxo de inovações entre eles.

Programação

Sábado – que foi o primeiro dia de realização do III Fórum de Empreendedorismo – houve participação de Ubiratan Moreira, Daniel Velazco-Bedoya e Workshop de Planejamento de carreira na Era Digital, com Diego Andreasi. Foi uma autêntica aula, com desempenho espetacular. Citou os avanços da tecnologia e fez uma breve avaliação referente à atuação do Professor em todos os momentos de atividades.

Na continuidade da programação de Sábado e Domingo, a gestão de pessoas e seus desafios no mundo contemporâneo, com Fábio Nogueira e Workshop sobre Economia Criativa, com Guilherme Piai. Nas horas finais, minicurso sobre Como Empreender, com Juliana Vioto, do SEBRAE; Oficina de Planejamento (metodologia Canvas) com Juliane Damno, do SEBRAE e Workshop sobre Empreendedorismo Social, com Aline Martins.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
O Professor Doutor Diego Andreasi teve destacada atuação neste evento de Empreendedorismo desenvolvido no último fim de semana, no Auditório V da FCT/Unesp – Câmpus de Presidente Prudente – SP.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
O número de participantes do III Fórum de Empreendedorismo promovido pela Empresa GeoAmbiental Junior dos cursos de Geografia e Engenharia Ambiental foi em torno de 70 inscritos.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
O papel desempenhado pelo Professor (de um modo geral) foi considerado da mais alta relevância e sua atuação após a inovação tecnológica também passou por uma completa avaliação.

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP

mai 11

No período compreendido entre 27 de Abril e 07 de Maio foram desenvolvidas publicamente na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp – Campus de Presidente Prudente – quatro dissertações de Mestrado em Educação, Fisioterapia, Geografia e Matemática Aplicada e Computacional. As Comissões Examinadoras compareceram aos locais, nos dias e horários previamente determinados, ou seja: Anfiteatros III e VI (duas dissertações no dia 27/Abril-9hs); Anfiteatro II (dia 30/Abril-14hs) e Anfiteatro VI (dia 05/Maio-10hrs)

O candidato Irando Alves Martins Neto foi o primeiro convocado no dia 27/Abril-9hs – Anfiteatro VI para defender dissertação de Mestrado/Educação. No Anfiteatro III – 9hs – simultaneamente foi  convocada a candidata Nathále Clara Souto Faria que defendeu nesse mesmo dia sua dissertação de Mestrado em Fisioterapia. A candidata seguinte a se apresentar perante a Banca Examinadora no dia 30/Abril-14hs- foi Renata Pereira Prates (Programa de Pós-graduação em Geografia). Finalmente no dia 05/Maio-10hs- a candidata Caroline Viesel defendeu publicamente sua dissertação de Mestrado em Matemática Aplicada e Computacional.

Os temas e composições das Bancas Examinadoras ficaram assim representados: Dia 27/Abril – Educação – “Estratégias de Leitura: Relações entre as concepções do material Linguagens, Códigos e suas Tecnologias: Língua Portuguesa e Práticas Docentes”. Candidato: Irando Alves Martins Neto. Orientadora:Profª.Drª. Renata Junqueira de Souza, do Departamento de Educação da FCT/Unesp. Membros: Prof.Dr.Dagoberto Buim Arena, do Departamento de Didática da Faculdade de Filosofia e Ciências de Marília/SP e Profª.Drª.Max Butlen, da Universidade Francesa Cergy-Pontoise.

Dia 27/Abril – Fisioterapia – “Análise da modulação do reflexo H do vasto medial em mulheres com Síndrome da Dor Femoropatelar”. Candidata: Nathálie Clara Souto Faria. Orientador: Prof.Dr.Fábio Micolis de Azevedo, do Departamento de Fisioterapia da FCT/Unesp. Membros: Prof.Dr.Fernando Amâncio Aragão, da Universidade do Oeste do Paraná – UNIOESTE e Prof.Dr.Rubem de Faria Negrão Filho, do Departamento de Fisioterapia da FCT/Unesp.

Dia 30/Abril – Geografia – “Evolução morfológica do Rio do Peixe: estudo de uma avulsão na planície aluvial, a partir de uma análise regional integrada!”. Candidata: Renata Pereira Prates. Orientador: Prof.Dr.Paulo César Rocha, do Departamento de Geografia da FCT/Unesp. Membros: Profª.Drª. Isabel Cristina Moroz Caccia Gouveia, do Departamento de Geografia da FCT/Unesp e Prof.Dr.André Luiz Pinto, do Departamento de Ciências Humanas da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.

Dia 05/Maio – Matemática Aplicada e Computacional – “Estudos Teóricos e Numéricos de Escoamentos com Escorregamento”. Candidata: Caroline Viesel. Orientadora: Profª.Drª.Gilcilene Sanchez de Paulo, do Departamento de Matemática e Computação da FCT/Unesp. Membros da Banca: Prof.Dr.Cássio Maquiavel Oishi, do Departamento de Matemática e Computação da FCT/Unesp e Prof.Dr.Luiz Jorge Lima Ferrás, da Universidade do Minho/Portugal (Online).

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
O candidato Irando Alves Martins Neto apresentou-se perante a Comissão Examinadora p/defesa de sua dissertação de Mestrado/Programa de Educação da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp – Presidente Prudente – SP.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
A candidata Nathále Claro Souto, do Programa de Pós-Graduação em Fisioterapia defendeu dissertação de Mestrado, sob orientação do Prof.Dr.Fábio Mícolis de Azevedo, do Deptº de Fisioterapia da FCT/Unesp.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
A candidata Caroline Viesel fez sua defesa pública de dissertação de Mestrado/Programa de Matemática Aplicada e Computacional, tendo como Orientadora a Profª.Drª.Gilcilene Sanchez de Paulo, da FCT/Unesp.

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP

mai 08

Na noite de 4ª feira (06/Maio), realizou-se no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo, o maior evento de geomática e soluções espaciais da América Latina, através do Prêmio MundoGEO#Connect LatinAmérica 2015. A premiação se faz mediante escolha da comunidade, elegendo-se os melhores profissionais, instituições, empresas e marcas do setor.

A Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp – Câmpus de Presidente Prudente – liderou essa premiação que a contemplou como a Melhor Instituição de ensino e pesquisa e a Professora Doutora Arlete Aparecida Correia Meneguette (Engenheira Cartógrafa), recebeu o Troféu como “Profissional do Ano” – Setor Público de Geotecnologias pela Unesp.

O curso de Engenharia Cartográfica foi escolhido como o melhor do país, enquanto a Empresa Júnior EJECart também foi contemplada com o Troféu de premiação anual. Com votação aberta pela Internet, o Prêmio MundoGEO#Connect é realizado desde 2011. Todo o processo de votação para o prêmio é realizado num ambiente virtual seguro, no qual a comunidade indica desde as categorias, até os cinco finalistas e vencedores.

São vencedores do Prêmio MundoGEO#Connect/2015

Profissional do Ano – Geotecnologias – Setor Público: Arlete Meneguette (UNESP).
Melhor lnstituição de Ensino e Pesquisa: Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” UNESP – Presidente Prudente-SP
Melhor curso de Engenharia e/ou Cartográfica: Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” – UNESP – Presidente Prudente–SP.
Melhor Empresa Junior no Setor de Geotecnologia: EJECart – Empresa Junior de Engenharia Cartográfica da UNESP – Presidente Prudente – SP.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
A Profª.Drª.Arlete Aparecida Correia Meneguette (FCT/UNESP), acaba de conquistar o Troféu MundoGEO#Connect 2015 como “Personalidade do Ano”.

Clique para ampliar!
A premiação realizada no Centro de Convenções Frei Caneca em São Paulo, reuniu grande número de participantes (vencedores) do maior evento de geomática e soluções espaciais da América Latina.

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP

mai 06

A festa comemorativa ao 56º aniversário da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp – Câmpus de Presidente Prudente – foi marcada este ano pela magnífica apresentação da Bateria “Furiosa”; com todos os seus integrantes cantando em ritmo de samba o “Parabéns a você”. Antes, realizou-se no Hall do Bloco Central da Diretoria, breve cerimônia, onde o Diretor, Prof.Dr.Marcelo Messias fez uma saudação especial a todos os participantes. Recordou o trabalho profícuo aqui desenvolvido a partir de 1959, quando se deu a implantação oficial dessa 1ª unidade de ensino superior; que muito contribuiu em prol da formação cultural e científica de nossa comunidade, reconhecidamente como uma das mais importantes do Estado e do País.

A solenidade – embora simples – reuniu grande número de participantes, incluindo docentes dos cursos de graduação e pós-graduação, assessores representando os Departamentos da FCT/Unesp, servidores técnicos e administrativos e uma representatividade estudantil, que se apresentou com algumas reivindicações, ouvidas com atenção pela direção da Faculdade. Depois, foi anunciado o corte do bolo comemorativo aos 56 anos pelo Prof.Dr.Marcelo Messias, distribuído juntamente com suco de frutas, café e salgadinhos a toda as pessoas que lá estiveram presentes.

A Bateria “Furiosa” especialmente convidada, deu um autêntico show ao vivo, começando com o “Parabéns a você” em ritmo de samba. Depois, vieram outras interpretações como: “Não quero dinheiro, quero só amar” – Tim Maia e “Maria, Maria” – Elis Regina. Integrando a Bateria: Ana Paula F.Zacharias, Rafael Capponero, Gabriel Simões, Juliana P.Cardoso, Rafaela Vitória B.Trombacco, Giovana S.Almeida, Lucas de Castro Faria, Natanael Batista, Tiago Ribeiro M.de Sousa, Pamela B.Bonilha Schulz, Daniela Machado Amorim, Bruno L.Toledo, Rafael Altafini Dias, Alison Henrique Silva, Augusto Esmerdel Jr. e Marcos Paulo Aparecido M.Soarez.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Na manhã de 2ª feira (04/Maio), o 1º ato do dia foi a comemoração dos 56 anos de instalação da Faculdade de Filosofia,Ciências e Letras que deu origem à FCT/Unesp.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
O atual Diretor, Prof.Dr.Marcelo Messias fez a saudação especial para assinalar as atividades desenvolvidas em Presidente Prudente, desde 1959 pela Faculdade pioneira/FCT.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
O corte simbólico do bolo comemorativo aos 56 anos da FCT pelo Prof.Marcelo Messias, foi considerado como um dos momentos da maior importância de nossa história.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Com o corte do bolo, começa a distribuição aos participantes da festa, que teve tb suco de frutas, café e salgadinhos, doados especialmente pela Assoc.dos Servidores-ASA.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
E aqui começa a animação da festa, por conta da Bateria “Furiosa”, que deu um “Show” em plena manhã de 2ª feira – dia 04 de Maio – para comemorar os 56 anos da FCT.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Onde está a Bateria “Furiosa” não tem tristeza. É só alegria e empolgação ao som dos tambores, tamborins e outros instrumentos de percussão. A Turma merece aplausos !

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
A Festa ganha adesão e reconhecimento de quem se fez presente nesta comemoração, que só acontece uma vez por ano. A próxima, somente em Maio/2016.

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP

mai 01

A Semana de Integração de Calouros/2015 promovida pela Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp – Câmpus de Presidente Prudente – que teve a principal finalidade acolher e dar as boas vindas aos novos integrantes dos cursos de Graduação, correspondeu à expectativa e até surpreendeu pelo êxito alcançado durante sua realização . Nos dias 27 a 29 de Abril houve geral interesse, devido à participação não só dos calouros, mas também dos membros da Comissão Organizadora, docentes convidados para ministrar palestras e minicursos, bem como manifestações artísticas e culturais. Como já noticiado, o evento foi presidido pelo Diretor, Prof.Dr.Marcelo Messias.

A platéia presente no Auditório do Discente V, constituída por centenas de calouros aprovados no último Vestibular da Unesp – e já matriculados nos diversos cursos de graduação – acompanhou com atenção e muito interesse, o pronunciamento do Diretor da FCT/UNESP, que os alertou para os riscos que podem correr numa cidade aparentemente pacata, como é Presidente Prudente. Falou da posição destacada da Unesp junto à comunidade universitária e o elevado conceito que já conquistou perante a nação brasileira e internacional. E lembrou os benefícios proporcionados aos que chegam em busca de cultura e conhecimentos científicos.

O Prof.Dr.Marcelo Messias lembrou a importância e o alcance dos cursos de graduação e pós-graduação, que contam atualmente com 3.650 alunos; o número de docentes (233); servidores técnicos e administrativos (222), além de outras atividades desenvolvidas nos diversos setores do Câmpus, nas áreas de Exatas, Humanas e Biológicas. Para cumprir essa meta, a FCT/UNESP conta com uma ampla estrutura, com modernos e bem aparelhados Laboratórios, Bibliotecas, campo de futebol e instalações esportivas com pistas de Atletismo, atendimento público em Ambulatório de Fisioterapia e Assistência à Saúde.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
A Semana de Integração de Calouros realizada entre 27 e 29 de Abril, foi um acontecimento marcante deste período inicial de 2015. O ato de abertura foi presidido pelo Prof.Dr.Marcelo Messias, Diretor da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Os novos alunos dos cursos de graduação da FCT/UNESP acompanharam com a maior atenção, as atividades desenvolvidas no Auditório do Discente V da FCT/Unesp, que contou inclusive com palestras, minicursos e apresentações artísticas e culturais.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Antes de se encerrar o pronunciamento do Diretor da Faculdade, Prof.Dr.Marcelo Messias, todos os calouros demonstraram grande interesse em participar da programação que envolveu inúmeras atividades durante o espaço equivalente a 3 dias.

 

Palestras durante a Semana de Calouros

 

De acordo com a programação especialmente elaborada para a Semana de Integração de Calouros, houve participação de inúmeros docentes nas palestras previamente agendadas: O Prof.Dr.Rômulo Araujo Fernandes, assumiu sua cadeira junto à mesa principal como convidado para ministrar a 1ª palestra, que versou a respeito da “Vida Universitária”, orientando todos os presentes sobre a melhor vivência, tendo por base sua atuação, inicialmente como estudante e depois na condição de Professor Universitário. Alertou para as condições climáticas da região, sempre voltadas ao clima tropical com características de altas temperaturas, com poucas chuvas e frio por apenas duas semanas no Inverno.

Na 3ª feira, dia 28 de Abril, a 1ª convidada foi a Diretora da Divisão Técnica Acadêmica, Antonia Aparecida Escaioni que destacou as Instâncias da Universidade, seguida pela apresentação da Bibliotecária, Micheli Antonia Oshima e a Diretora da Biblioteca, Teresa Raquel Vanalli, que abordaram “ Serviços e Regras de uso da Biblioteca” da Unesp. Por sua vez, Aparecida Tamae Otsuka, do Escritório de Pesquisa, teceu considerações sobre a questão dos Programas de Bolsas e Intercâmbio. Ainda no contexto de informações e orientação, Judith e Regina Kemp enalteceram em sua palestra os principais aspectos que envolvem “Vida e Saúde do Aluno”.

A Comissão Organizadora da Semana de Integração de Calouros foi composta pelos docentes: Arlete Maria Francisco, Aylton Pagamisse, Fábio Santos de Lira e Vilma Mayumi Tachibana. Ao lado dessa atuação relevante e de comprovada eficiência, também marcaram presença a Empresa Junior Geoambiental e Atlética. A participação dos calouros foi considerada foi considerada como atividade letiva, havendo lista de presença para registrar todos os nomes de participantes da Semana de Integração de Calouros/2015.

Atividades artísticas e culturais

No primeiro dia do evento, o Boulevard “Messias Meneguette Junior” que funciona ao lado do Auditório/Discente V, recebeu no período da manhã, um grupo da Reitoria da Unesp que deu um show de Coreografia, aplaudido por todos. Foi a apresentação do Teatro Reitoria sob a denominação de “Poética em cores do cotidiano”. A outra exibição ocorreu uma hora depois no Auditório, sendo confiada ao Diretório Acadêmico/DA, com a coletiva “Mãos Negras”. Essa encenação repetiu-se no período noturno. Houve “Música e Dança” no Ginásio de Esportes e a “Bateria Furiosa” teve participação de destaque, mas apenas na parte da manhã do dia 27.

As atividades programadas envolveram entidades estudantis, Diretórios e Centros Acadêmicos da Arquitetura e Urbanismo; Engenharia Ambiental e Matemática; Empresas Juniores (Arquitetura, Geografia, Engenharia Ambiental, Engenharia Cartográfica, Estatística e Educação Física). Também, importante participação da Atlética, Bateria Furiosa, Cheerleaders, Torcida Organizada e Coletivos Estudantis.

Na etapa final – no dia 29 de Abril – a programação se converteu na apresentação de Oficinas e grupos de discussão na Praça do Boulevard/Discente V. e nas salas de aula do 1º ano de cada curso, encontro com o Coordenador , minicursos e palestras.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
O Boulevard “Messias Meneguette Junior”, situado no Discente V um Grupo Teatral da Reitoria da Unesp que se apresentou pela com um espetáculo inédito: “Poéticas em cores do cotidiano”, que recebeu calorosos aplausos da platéia presente.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
A exibição causou impacto pela expressão corporal, pelas cores e sobretudo pela Coreografia demonstrada “ao vivo” como homenagem aos novos estudantes de graduação recém-chegados. A maioria procedente de outras regiões e até de outros Estados.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Nos momentos finais, os integrantes do Grupo Teatro Reitoria são cumprimentados pela magnífica apresentação, confraternizando-se com os expectadores que tiveram o privilégio de assistir à excelente exibição e performance.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Na palestra seguinte, tendo como convidado o Prof.Dr.Rômulo Araujo Fernandes teceu considerações sobre a vida de estudante, seguido de uma apresentação artística, dirigida especialmente aos participantes do evento com a coletiva “Mãos negras”.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Thais conduziu a apresentação com todos os detalhes, referindo-se à importância do movimento confiado ao Diretório Acadêmico/DA, atuando lado a lado com a coletiva “Mãos Negras”, recebendo apoio e adesão das pessoas presentes.

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP