ago 28

Na última semana (dia 22) realizou-se na Sala São Paulo-Capital- a grande festa comemorativa dos 40 anos da Universidade Estadual Paulista “Julio de Mesquita Filho”. Juntamente com a Reitoria estiveram reunidas representações de todo o Estado. Simultaneamente verificou-se importante sessão solene do Conselho Universitário que reuniu docentes, ex-Reitores e diretores das unidades estaduais, incluindo Presidente Prudente, na pessoa do Prof.Dr.Marcelo Messias (Diretor), que nos representou naquele ato presidido pelo Magnífico Reitor, Prof.Dr.Júlio Cezar Durigan.

Na comemoração dos 40 anos da Unesp, a Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT) se fez presente – com três membros – escolhidos especialmente para receber as homenagens: o Prof.Dr.Messias Meneguette Junior (Docente); Augustinho José Muchiutti (Servidor Técnico Administrativo) e o Prof.Dr.César Antonio Francisco (aluno egresso). Após o ato solene, todos eles foram prestigiados e cumprimentados por amigos, companheiros e familiares. Na ocasião, houve também entrega do livro comemorativo “Unesp 40 anos”.

Reconhecida nacionalmente e com excelente qualidade – e gratuita – a Unesp está presente em 24 municípios do Estado de São Paulo, com 34 unidades, 51.311 alunos matriculados (as), sendo: 37.770 na graduação e 13.541 na pós-graduação (Mestrado e Doutorado). Existem também cerca de 10.000 alunos em cursos adicionais de línguas, especializações e à distância. São oferecidos: 155 cursos de graduação nas áreas de Biológicas, Ciências Exatas e Humanidade; e 146 programas de pós-graduação que oferecem 112 doutorados e 124 mestrados acadêmicos, além de 19 mestrados profissionais.

A Unesp está muito focada na manutenção do aluno (a) dentro da instituição. Para isso, tem um programa de Permanência Estudantil, atuando para que o estudante financeiramente carente, não apenas ingresse na Universidade, mas nela se mantenha durante todo o curso. Por este motivo, são oferecidas “bolsas” por meio das diferentes pró-reitorias de graduação, pesquisa e extensão. No plano internacional, a Unesp é a primeira instituição de pesquisa nas Américas (do Sul e Central), e a 81ª no mundo. No Hanking de Universidades da América Latina, a Unesp ocupa a 11ª posição, sendo considerada a 6ª instituição brasileira.

Também existem bolsas oferecidas em parceria com órgãos externos de fomento, como: a FAPESP e CNPq. Bem como, bolsas de mobilidade estudantil, facilitando a ida e manutenção do (a) estudante no exterior.

Clique para ampliar! Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Docente homenageado: Prof.Dr.Messias Meneguette Junior . – Servidor homenageado: Augustinho José Muchiutti. – Aluno egresso: César Antonio Francisco.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Na Sala São Paulo, as homenagens prestadas para marcar os 40 anos da Unesp, prestigiadas pelo Reitor Júlio Cézar Durigan e pelo Prof.Dr.Marcelo Messias (Diretor da FCT/Unesp).

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Fotos que marcaram o grande acontecimento festivo dos 40 anos da Unesp e os principais homenageados. Fotos cedidas p/Repórter Fotográfico Marcelo Carneiro (Chello).

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP

ago 28

Nesta semana (mais propriamente no dia 24/Agosto), realizou-se no Anfiteatro II mais uma defesa de tese de Doutorado pelo candidato Estevan Leopoldo de Freitas Coca, pelo Programa de Pós-Graduação em Geografia da FCT/Unesp. Ele se apresentou perante a Comissão Examinadora, tendo como Orientador o Prof.Dr.Bernardo Mançano Fernandes, do Departamento de Geografia da Faculdade de Ciências e Tecnologia/Unesp. O tema escolhido foi “A soberania alimentar através do estado e da sociedade civil: o programa de aquisição de alimentos (PAA), no Brasil e a rede Farm to Cafeteria Canada (F2CC) no Canadá.

Demais integrantes da Banca Examinadora: Prof.Dr.Eduardo Paulon Girardi, do Departamento de Geografia da FCT/Unesp; Prof.Dr.Everaldo Santos Melazzo, do Departamento de Planejamento, Urbanismo e Ambiente da FCT/Unesp; Profª.Rozane Márcia Triches, da Universidade Federal da Fronteira do Sul; e por via conferência (juntamente com o Prof.Dr.Bernardo Mançano), a Profª.Drª. Hanaah Wittman, da UBC/Canadá.

O Doutorando fez sua defesa pública, baseada nas pesquisas que desenvolveu no decorrer dos últimos meses. Ele ressaltou que em 1996, a coalizão internacional de movimentos camponeses – Lá via campesina – apresentou a soberania alimentar como um a proposta alternativa de organização dos sistemas alimentares, indo além de hegemonia das grandes corporações.

Estevan Leopoldo definiu que “nesses 20 anos, a soberania alimentar tem evoluído, sendo incorporada como bandeira de luta por outros movimentos do campo e da cidade; e também por alguns governos. Existe soberania alimentar quando um povo controla seu processo de alimentação, diminuindo a influência das grandes corporações. Nessa proposta, o alimento não é tratado como mercadoria, mas como um direito humano”.

Para finalizar sua defesa de tese de Doutorado/Geografia, o Doutorando esclarece: Como elemento central dos procedimentos metodológicos foram realizadas entrevistas, semiestruturadas com agricultores e familiares (camponeses), representantes de organizações não governamentais, membros do Poder Público e outros. Assim – diz ele – defende-se que a soberania alimentar tem se constituído como um regime alternativo – e além disso – pode ser implementada por meio do Protagonismo do Estado.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Estevan Leopoldo de Freitas Coca, do Progr.de Pós-Graduação/Geografia defendeu tese de Doutorado no Anfiteatro II, da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Compondo a Comissão Examinadora, os Profs.Drs.Everaldo Santos Melazzo, Eduardo Palon Girardi, Rozana Márcia Triches e via conferência:Bernardo Mançano Fernandes e Hannah Wittman, do Canadá.

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP

ago 24

Está confirmado: No próximo Domingo (dia 28/Agosto) a partir das 9hs será realizado o Festival de Pipas “Raul Albieri”, em sua 31ª.Edição. O local determinado para a realização do evento é o Campo de Futebol da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp – Câmpus de Presidente Prudente. O evento tornou-se uma tradição de todos os anos durante o mês de Agosto por iniciativa do Jornal O Imparcial, em parceria com a FCT/Unesp. O Festival tem por principal finalidade o intercâmbio social, estabelecendo a prática do lazer junto à comunidade. O tema “Animais”, foi o escolhido para o ano de 2016.

Na última 2ª feira no período matinal, estiveram reunidos no local, onde será desenvolvido o Festival. Foi no campo de futebol, onde todos acompanharam as explicações dadas pelos organizadores do evento. O Jornal O Imparcial foi representado durante o encontro, pelo seu Diretor Administrativo, Deodato da Silva, acompanhado de seus principais assessores. Representando a Faculdade de Ciências e Tecnologia, o Vice-Diretor, Prof.Dr.José Carlos da Silva Camargo; a Diretora Técnica de Serviços, Ângela Silvana Martinez Campos; o Supervisor da Seção de Conservação, Edvaldo de Oliveira; o Supervisor do Setopr de Vigência , Webster Lisboa Crepaldi e representando o STAEPE, Flora Hideko Sato.

A promoção conta com o apoio das Secretarias Municipais de Esportes e Cultura, responsáveis pela supervisão, organização e realização do evento. As inscrições devem ser feitas no local, no dia 28 de Agosto (último Domingo do mês) e as fichas podem Ser retiradas antecipadamente, nos quiosques do Jornal O IMPARCIAL – no Shopping Prudente Park e Prudenshopping), na FCT/Unesp e Secretaria Municipal de Esportes/SEMEPP. As competições do Festival serão desenvolvidas nas seguintes categorias: a) O mais criativo; b) – Temático: Animais; c) – O maior (m2); d) – Destaque especial, abordando as três questões anteriores na visão dos membros da Comissão Julgadora.

Para empinar a Pipa, o participante terá disponibilidade de tempo equivalente a 30 minutos. Após o 1º toque da sirene, as pipas que estiverem no ar, num prazo de 5 minutos terão condições de avaliação e classificação. No segundo toque da sirene, a competição estará destinada à categoria maior, tendo que alcançar vôo para ser avaliada e cronometrada pela Comissão Julgadora, podendo a mesma ser puxada, para alçar vôo. Após o 3º toque da sirene, a competição estará encerrada, deixando espaço livre para o lazer. Os organizadores do Festival não se responsabilizam por danos ou prejuízos materiais que possam ocorrer antes. durante ou depois da competição.

Considerando o Processo Eleitoral em curso e as limitações impostas pela Legislação pertinente, não será permitida qualquer forma de propaganda política dos eventuais candidatos presentes ao Festival. Para os vencedores do 31º Festival de Pipas “Raul Albieri”, serão outorgados troféus destinado aos três (3) primeiros colocados de cada categoria: Maior, Criativo e Temático. Além dos brindes oferecidos pelos patrocinadores, o Regulamento desse evento foi aprovado através da Portaria Nº 202/2016 da FCT/Unesp, editada no dia 05/07/2016.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
No campo de futebol da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp – Câmpus de Presidente Prudente-SP – a última reunião preparatória do 31º Festival de Pipas “Raul Albieri”, programado para o próximo Domingo, dia 28 de Agosto.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
O Vice-Diretor da FCT/Unesp, Prof.Dr.José Carlos da Silva Camargo (Zeca) esteve ao lado do Diretor Administrativo do Jornal O IMPARCIAL, Sr.Deodato da Silva, a fim de dar o “aval” para a realização desse tradicional Festival Anual.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
No gramado do campo de futebol da Unesp, todos se concentraram a fim de acompanhar as deliberações em relação ao novo Festival. A Pipa vencedora do ano passado – dedicada ao Titanic – foi lembrada por todos os membros e colaboradores do Evento.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
– A expectativa é muito grande não só em Presidente Prudente, onde o evento se realiza pelo 31º ano consecutivo, sempre em homenagem a um pioneiro: Raul Albieri, aqui representado por um de seus filhos, o Sr. João Carlos Albieri.

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP

ago 22

Na FCT/Unesp: Realização do I Seminário Internacional de Ergonomia da Atividade.

Coordenado pela Profª.Drª.Iracimara de Anchieta Messias – do Núcleo de Estudos e Pesquisa/NEPERg – e participação da Profª.Drª.Adelaide Nascimento, está sendo organizado o I Seminário Internacional de Ergonomia da Atividade – Questões de Saúde e Segurança do Trabalho. O evento faz parte do Projeto “Programa Cátedras Franco-Brasileiras no Estado de São Paulo” e vem sendo desenvolvido desde o dia 1º de Agosto (através de um minicurso de capacitação para profissionais), prosseguindo até 16 de Setembro na FCT/Unesp – Câmpus de Presidente Prudente. Pelas informações da Coordenadora, a finalidade do projeto é apoiar novas colaborações e desenvolvimento de cooperações acadêmico-científico França-Brasil. O evento de âmbito internacional será realizado no Centro Cultural Matarazzo no dia 25 de Agosto/2016.

Esse seminário está vinculado ao projeto “Programa Cátedras Franco – Brasileiras no Estado de São Paulo”, cujo objetivo é agregar novas colaborações e desenvolvimento de cooperações acadêmico-científico França/Brasil. Por esse meio se tornou possível a permanência da Profa. Adelaide Nascimento. Ela integra o corpo docente do CRTD – Centre de Recherchee sur Le Travail et Le Développement, do Conservatoire National dês Arts e Métiers, sediado em Paris/França, considerado centro de referência da ergonomia Internacional. A Instituição recebe pesquisadores de várias partes do mundo, para aprofundamento de seus conhecimentos em Ergonomia.

Na FCT/UNESP os trabalhos vem sendo desenvolvidos desde 01 de agosto e prosseguirão até 16 de Setembro, com atividades de ensino e pesquisa junto ao NEPERg – Núcleo de Estudos e Pesquisa – coordenado pela Profa.Drª.Iracimara de Anchieta Messias, anfitriã do projeto. Dessa forma, o seminário de ergonomia visa à contribuir no desenvolvimento da Ergonomia, uma atividade francófona em plena área canavieira do extremo oeste paulista. A região de Presidente Prudente se localiza nessa faixa do Estado de São Paulo (próxima à divisa dos Estados do Paraná e Mato Grosso do Sul. A região é reconhecida pela concentração de usinas de cana para a produção do etanol e açúcar, assim como pela presença de grandes indústrias frigoríficas.

As questões e ações que envolvem estudos sobre trabalho – em especial a ergonomia – ainda são pouco debatidas e difundidas na região do Pontal do Paranapanema. Por esse motivo, o evento a ser realizado no dia 25 de Agosto, tem pretensões de se tornar uma ferramenta para iniciar de forma eficaz e contundente a disseminação do conhecimento da ergonomia não somente para o público que estuda e pesquisa na área, mas também para aqueles que operacionalizam a atenção básica em saúde do trabalhador na região.

A promoção do evento contará com o apoio do CEREST – Centro de Referência em Saúde do Trabalhador Regional, que atende 45 municípios da região e da DRS – Divisão Regional de Saúde do Estado de São Paulo. Dessa maneira, contaremos com a presença de gestores dos serviços de saúde regionais, responsáveis por realizar o atendimento primário. Também serão convidados formalmente representantes da Sub-Delegacia Regional do Trabalho, Ministério Público do Trabalho da 15a Região, além de representantes das principais empresas da área. Por fim, o seminário será aberto ao público em geral, podendo participar qualquer pessoa que tenha interesse no conhecimento em ergonomia.

Clique para ampliar!
De 9 a 12 de Agosto foi ministrado no Anfiteatro VI da FCT/ Unesp um minicurso de capacitação para profissionais do CEREST/Pres.Prudente. Objetivo: preparação para o Seminário Internacional de Ergonomia da Atividade – Questões de Saúde e Segurança do Trabalho.

Clique para ampliar!
A Profª.Drª.Adelaide Nascimento, integra o corpo docente do CRTD – Centro de Recherche sur le Travail et Le Développment/CENAN – sediado em Paris/França e está ministrando minicurso preparatório para o Seminário Internacional de 25 de Agosto, em Presidente Prudente-SP.

Clique para ampliar!
A realização do minicurso de capacitação para profissionais do CEREST/Pres.Prudente (Ergonomia e Análise do Trabalho) e Seminário Internacional de Ergonomia da Atividade, tem o apoio do Consulado Geral da França em São Paulo e está sob a coordenação da Profª.Drª.Iracimara de Anchieta Messias.

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP

ago 22

Pelo espaço de três dias, o Grupo de Pesquisa de Formação de Professores, Políticas Públicas e Espaço Escolar/GPFOPE, realizou na FCT/Unesp o V Seminário Melhoria da Escola Pública. O evento que superlotou o Auditório V contou com a participação de docentes e pesquisadores da PUC/MG, UFMG e Ministério Público Estadual, sob a coordenação da Profª.Drª.Yoshie Ussami Ferrari Leite.

Na abertura do Seminário na noite de 16/Agosto, o conferencista Carlos Roberto Jamil Cury (da PUC/MG), falou sobre “Direito à Educação: Pressupostos políticos e desafios”. Na noite seguinte, a Profª.Drª.Dalila Andrade (da UFMG), abordou o tema: “Condições de trabalho e direito à Educação: Relações possíveis” e por fim, na noite de 18 de Agosto, o representante do Ministério Público Estadual, Dr.Luiz Antonio Miguel Ferreira, de Presidente Prudente, proferiu conferência sob o tema: “Educação Infantil e a Família.

Os objetivos do Seminário foram destinados a refletir sobre o papel social e político da escola pública brasileira; discutir os desafios das políticas educacionais atuais; fortalecer o debate acadêmico sobre os desafios, impactos e perspectivas das políticas educacionais, comprometidas com a escola pública e com a ação dos profissionais da educação.

No Boulevard “Messias Meneguette Junior” houve exposição de trabalhos – através de banners – destacando assuntos da maior relevância para a pesquisa, educação e ensino. Os cartazes trouxeram importantes temas selecionados especialmente para conscientizar os participantes do Seminário sobre: “Sistema de Ensino Integral”; “Formação docente e saberes profissionais do Professor”; “Gestão democrática na Escola Pública”; “O espaço supervisionado – formação de professores indígenas”; Professores aposentados: quais os motivos para o retorno à docência”; “O plágio e a cópia no ensino superior”; “Sistema de ensino integral: estudo de caso de uma escola de Presidente Prudente”e outros.

Esse evento é realizado no Câmpus da FCT/Unesp, em Presidente Prudente desde 2012 e o Grupo que o organiza (GPFOPE) está vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Educação. Os trabalhos foram desenvolvidos em parceria com a Adunesp, Conselhos de Cursos de Matemática e Pedagogia, Departamentos de Educação e Matemática, Programas de Pós-Graduação em Educação, Sindicatos SINTRAPP e APEOESP.

Neste ano, a Comissão Organizadora foi constituída pelos docentes: Profs: Vanessa Ribeiro Andreto Meira; Pamela Tamires Belão Fernandes; Marta Campos de Quadros; Maria Ângela Oliveira Sá Rubini; João Ferreira Filho; Gustavo Antonio Valentim; Yoshie Ussami Ferrari Leite e Vanda Moreira Machado Lima. A programação foi cumprida todas as noites no Auditório do Discente V, da Faculdade de Ciências e Tecnologia/Unesp.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
A Profª.Drª. Yoshie Ussamu Ferrari Leite anunciou a abertura do Seminário, como Coordenadora passou a palavra ao 1º conferencista, Prof.Dr.Carlos Roberto Jamil Cury, da PUC/MG.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Na noite seguinte apresentou-se como convidada especial, no Auditório/Discente V da FCT/Unesp, a Profª.Drª. Dalila Andrade Oliveira, da Universidade Federal de Minas Gerais/ MG.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Na noite de 17 de Agosto, foi mediadora do encontro a Profª.Drª.Marta Campos de Quadros – responsável pelo Projeto de pesquisa “Formação docente e saberes profissionais do Professor”.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Aqui, os trabalhos se desenvolveram de forma bastante eficiente, com a participação de integrantes do Grupo de Pesquisa de Formação de Professores, Políticas Públicas e Espaço Escolar.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
No encerramento do evento, o convidado especial que representa o MPE, Dr. Luiz Antonio Miguel Ferreira (de Pres.Prudente), proferiu conferência versando sobre “Educação Infantil em Família”.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
No Boulevard – anexo ao Auditório/Discente V – realizou-se uma exposição de banners, reproduzindo importantes trabalhos de pesquisa desenvolvidos nos setores da Educação e Ensino nos dias atuais.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Entre os banners em exposição, amplos detalhes sobre Estágio Supervisionado e reflexões dentro do Projeto de pesquisas: “Histórias de professores da rede pública de ensino de Pres.Prudente.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
No V Seminário Melhoria da Escola Pública, realizado na FCT/Unesp, foi evidenciado o trabalho do GPFOPE. Com ênfase especial no Direito à Educação e condições de trabalho dos professores.

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP

ago 16

Na última semana começaram os preparativos para a realização da 31ª Edição do “Festival de Pipas “Raul Albieri”, uma promoção tradicional do Jornal O Imparcial, em parceria com a Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp – Câmpus de Presidente Prudente. Foi uma importante reunião na qual estiveram presentes os organizadores do evento, bem como parceiros e colaboradores. O encontro teve lugar nas dependências de O Imparcial, à Rua Ernesto Rotta 83 – dia 11/Agosto – no período da manhã. O principal objetivo foi de discutir e deliberar sobre a estrutura do Festival, a ser realizado no dia 28/Agosto-Domingo- no campo de futebol da FCT/Unesp.

Participaram desse encontro, o Diretor Administrativo do Jornal O Imparcial, Deodato da Silva e seus principais assessores, bem como representantes dos órgãos coligados ao evento: FCT/Unesp, representada pelo Vice-Diretor, Prof.Dr.José Carlos da Silva Camargo (Zeca) e assessores; Polícia Militar; Bombeiros; Tiro de Guerra; Prudenco; Semav; Secretaria de Esportes e Turismo, Grupo de Escoteiros “Guaporé”; Energisa, CART e outras empresas e empresários. Também presentes, representantes de entidades diversas; órgãos de comunicação, imprensa e redes sociais; entidades assistenciais e Escolas.

O Vice-Diretor da FCT/Unesp, Prof.Dr.José Carlos da Silva Camargo acentuou: Eu penso que a Universidade não é só formação acadêmica. É também responsável por cultivar no jovem, o respeito e a cidadania. Temos que ir além do Câmpus; e o Festival ajuda nesse sentido. Alberto Deodato – que é gerente de marketing do Jornal O Imparcial, calcula que o evento terá mais de 5 mil participantes. Isso ganha corpo – diz ele – considerando principalmente a realização do evento num domingo (dia 28/último do mês de Agosto), onde a maioria dos freqüentadores e incentivadores são atraídos para ver o belo espetáculo das pipas empinadas por adolescentes, jovens e adultos representando nossa comunidade.

O Diretor Deodato da Silva nos adiantou que além das atividades desenvolvidas rotineiramente no Festival de Pipas (31ª.Edição), estão previstas algumas novidades: a presença de batalhões da Escola de formação de soldados da Polícia Militar e o “Varal” de fotografias. As ações serão coordenadas pelo PM Tenente Vilson Monteiro. Por outro lado, o Artista Plástico, Cido Oliveira reproduzirá pintura durante o evento. O conteúdo artístico abordará o tema do Festival : Animais. Haverá também apresentação do Projeto “#Seja Gentil”, através de seus idealizadores.

O Tenente Vilson, da PM, além de cuidar das questões de segurança do evento, fez convite ao Foto Clube de Presidente Prudente – do qual é membro – para apresentação no “ Varal Fotográfico”. É importante observar – diz Deodato – com a devida atualização serão mantidos todos os procedimentos básicos de logística e segurança. O principal objetivo visa proporcionar maior conforto aos competidores e ao público, presentes no local de realização do tradicional evento.

#SejaGentil tornou-se uma Campanha de Mobilização Social que a cidade recebeu em boa hora e que a se incorporal ao evento correspondente ao Festival de Pipas no dia 28 de Agosto. A nossa idéia é pegar carona – afirmou a responsável pelo Projeto – Paulina Paulino, que estava ao lado do Professor Antonio Mello (Colégio Braga Mello). No Festival de Pipas, não usar “Cerol” é uma gentileza – complementou Paulina. A Secretária de Esportes do Município/SEMEPP, Maria Cristina Borges Madeiral (Tute) também se manifestou com entusiasmo pela parceria que já existe entre o Poder Público Municipal, o Jornal O Imparcial e FCT/Unesp. Trata-se de uma iniciativa brilhante, onde a população participa ativamente, reunindo-se com suas famílias – frisou Tute.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Na Redação do Jornal O Imparcial, realizou-se a reunião preparatória para a promoção tradicional do Festival de Pipas “Raul Albieri”. Evento agendado para o dia 28 de Agosto no campo de futebol da FCT/UNESP, no período matinal. Entrada franca.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
O Prof.Dr.José Carlos da Silva Camargo representou a FCT/Unesp, como Vice-Diretor. Ao seu lado: a Diretora de Serviços, Ângela Silvana M.Campos; o Superintendente de Seção,Walmir Cézar Lanza ; o Assessor de Imprensa, Altino Correia, Camila e Rogério/Ed.Física.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
A Campanha “#Seja Gentil” lançada com ampla repercussão na cidade de Presidente Prudente também foi adotada pelos organizadores do Festival de Pipas “Raul Albieri” e está em plena ação, com apoio geral da comunidade local e regional. 28/08/2016.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Semav, Policia Militar, Corpo de Bombeiros, Concessionárias de Energia e Rodovias, Escolas, Escoteiros, Órgãos de Comunicação e Imprensa, juntamente com Empresas e Empresários, unidos em apoio à realização do 31º Festival de Pipas “Raul Albieri”.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Alberto Deodato da Silva – Gerente de Marketing do Jornal O Imparcial – faz uma previsão de público-participante do evento, em torno de 5 mil pessoas. Aliás, com base nas promoções anteriores, que tiveram o maior sucesso possível. A PM está de pleno acordo.

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP

ago 06

Na 2ª quinzena de Julho (22 e 28) foram desenvolvidas na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp – Câmpus de Presidente Prudente – duas dissertações de Mestrado: Programas de Pós-Graduação em Educação e Matemática Aplicada e Computacional, respectivamente. Ambas, tiveram como defensores: Luiz Henrique Zago e Heloisa do Nascimento Fazinazzo.

As defesas públicas, realizadas no Anfiteatro VI, tiveram como Orientadores os Profs.Drs.: Irineu Aliprando Tuim Viotto Filho (do Departamento de Educação) e Vanessa Avancini Botta Pirani (do Departamento de Matemática e Computação), ambos da FCT/Unesp.

Integrantes da Comissão Examinadora: Prof.Dr.Divino José da Silva (do Departamento de Educação da FCT/Unesp) e Prof.Dr.Armando Marino Filho (da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul/UFMS); Prof.Dr.Messias Meneguette Junior (do Departamento de Matemática Aplicada e Computacional da FCT/Unesp) e Prof.Dr.Fernando Rodrigo Rafaeli (da Faculdade de Matemática da Universidade Federal de Uberlândia/MG).

Os temas defendidos publicamente pelos Mestrandos, foram: “O Diagnóstico psicológico à luz da teoria histórico cultural: Aplicações para a Educação Escolar” e Polinômios palindrômicos com zeros somente reais”.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
O candidato Luiz Henrique Zago fez sua defesa pública de Mestrado/Educação no Anfiteatro VI da Faculdade de Ciências e Tecnologia, tendo como Orientador o Prof.Dr. Irineu Aliprado Tuim Viotto Filho, do Deptº de Educação da FCT/Unesp.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
A dissertação de Mestrado/Matemática Aplicada e Computacional desenvolvida por Eloisa do Nascimento Fazinazzo foi orientada pela Profª.Drª.Vanessa Avancini Botta Pirani, do Deptº de Matemática e Computação da FCT/Unesp.

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP

ago 03

Em pleno mês de julho – 26 a 29 – Presidente Prudente sediou o Congresso Nacional da Primeira Infância “Pelo direito de brincar”. O evento foi aberto na noite de 26 de Julho no Centro Cultural Matarazzo (Teatro Paulo R.Lisboa), com a presença de Docentes e Pesquisadores que representaram diversas Universidades integradas ao Programa de Pós-Graduação em Educação. Na abertura solene, presença e participação do Prof.Dr.Marcelo Messias (Diretor da FCT/Unesp), Psicóloga Sirlândia Reis de Oliveira Teixeira, que pronunciou a 1ª conferência da noite.

Essa realização se deve ao Fórum Regional Permanente de Educação da Infância (de 0 a 12 anos)/FORPED, que tem por principal finalidade assegurar o acesso da população infantil a um atendimento educacional de qualidade. Bem como, fortalecer esse campo de conhecimentos e de atuação profissional na região de Presidente Prudente. Soma-se a esse empenho o GEPP – Grupo de Estudos e Pesquisa sobre a 1ª.Infância – ligado à Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp – Câmpus de Presidente Prudente/SP, que tem por objetivo desvelar a realidade da 1ª.Infância no Brasil. Assim como, as alternativas institucionais para defendê-la e desenvolvê-la com a qualidade.

A Coordenação geral do evento está sob a responsabilidade da Profª.Drª. Cínthia Magda Fernandes Ariosi, do Departamento de Educação da FCT/Unesp. O evento é realizado em parceria com a UNESCO, SESC, Instituto Alana, Fundação Maria Cecília Souto Vidigal e apoio da União dos Dirigentes Municipais de Educação – UDIME – São Paulo – A Associação Brasileira de Brinquedotecas/Internacional Toy Library Association/ITLA e o Programa de Pós-Graduação da USP foram representados no ato de abertura, juntamente com os participantes e convidados.

O congresso visa promover um diálogo entre pesquisadores e profissionais de ambientes escolares – sobre o brincar de qualidade na primeira infância – e formas de garantir esse direito às crianças. Trata-se de uma realização conjunta envolvendo a Unesp, PPGE e NEAD/Unoeste. Apoio do Jornal ‘’O Imparcial’’ e Conselho de Pedagogia e Departamento de Educação da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp – Câmpus de Presidente Prudente – SP.

Os organizadores do evento elaboraram a programação de tal forma, que começou com atividades culturais, mesas redondas, debate, palestras e conferências no Centro Cultural Matarazzo. Depois se estendeu ao Câmpus Universitário da FCT/Unesp com a realização de quinze mini-cursos e duas palestras, de conformidade com o que foi previamente agendado. No 2º dia, foram desenvolvidas duas mesas redondas. A primeira sob o título “A brincadeira como fonte de expressão, criação e desenvolvimento”. Participação dos docentes: Fernando Donizete Alves (UFSCAR/São Carlos-SP) e José Milton de Lima (FCT/Unesp).

No período da tarde do dia 27/Julho, a mesa redonda desenvolvida no Teatro Paulo R.Lisboa versou sobre “Diferentes tendências e suas brincadeiras”, envolvendo: Márcia Ramos – Setor de Educação do MST – Prof.Dr.Roberto Sanches Mubarac Sobrinho (UEA-Amazonas) s Profª.MS Ivonete Aparecida Alves – Educação no Movimento Negro. À noite – Video debate – no Bosque do SESC/Thermas de Prudente sob o título: “ No bosque – Territórios do brincar”. No Auditório da FCT/Unesp, palestra proferida pela Profª.Drª.Aline Sommerhlder (UFSCAR/S.Carlos-SP).

No 3º dia, na FCT/Unesp (na parte matinal) realizou-se mesa redonda com enfoque em “Bebês e os livros infantis – ações para brincar de ler”- com a Profª.Drª.Renata Junqueira de Souza (FCT/Unesp); Profª.Drª. Elieuza Aparecida de Lima (Unesp/Marília). Depois, apresentação de trabalhos e dois mini-cursos, 1ª e 2ª. etapas. Outra mesa redonda, foi desenvolvida no período noturno, no Auditório/Disc.V da Unesp, sobre: Espaços Lúdicos escolares e não escolares, pelo docente Adriana Freyberger – Doutora em Educação e Arq.Lúdica (UNICEF/SP) e Rodolfo Henrique Fischer – Rudi (Projeto Ana Laura-Parque para todos). Por fim, palestra:”Como desenvolver um ambiente inclusivo na educação infantil – o brincar como foco“, no Anfiteatro I pelo Profª.Drª.Daniele Aparecida Nascimento dos Santos (FCT/Unesp).

No 4º e último dia do Congresso em 29/Julho foram agendadas atividades culturais e mesa redonda a partir das 8h30 no Centro Cultural Matarazzo. Ref.”A formação do Professor para o brincar” pela Profª.Drª. Luciana E.Ostetto (UFF/RJ) e Profª.Drª.Maria do Carmo Monteiro Kobayashi (Unesp-FC/Bauru. No fechamento do evento, a partir das 14h30: Conferência de encerramento: “As infâncias e suas expressões” com o Prof.Dr.Jader Janer Moreira Lopes (UFF/RJ) e Profª.Drª.Sandra Regina Simonis Richter (UNISC/Santa Cruz do Sul/RS.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Na abertura do Congresso Nacional da Primeira Infância, presença e participação do Diretor da FCT/Unesp, Prof.Dr.Marcelo Messias, ao lado da Psicóloga Sirlanda Reis de Oliveira Teixeira, da Asssoc.Brasileira de Brinquedotecas.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
No ato solene de abertura realizado no Teatro Paulo R.Lisboa, personalidades especialmente convidadas tomaram parte no evento que busca promover a articulação entre o discurso acadêmico e a pratica cotidiana da escola.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Prestigiando o evento, docentes e pesquisadores que representam algumas Universidades Federais e Estaduais. Pela FCT/Unesp, a Profª.Drª. Renata Junqueira de Souza, com apoio da Rede Nacional de Primeira Infância e outros.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
O Congresso ora realizado, nasceu da necessidade de seguir alimentando processos criativos e criadores. A proteção e o direito de brincar estão bem definidos na Constituição brasileira. É o caso do Estatuto da Criança e do Adolescente/ECA.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Os temas deste evento foram divrsificaados.. Mocambo Nzinga AfroBrasil trouxe uma questão polêmica que diz respeito aos jogos e brincadeiras de matriz africana na Educação Infantil. A Profª.MS Ivonete Aparecida Alves, deu o recado.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Os debates – seguidos de mesas redondas – com especialistas, favoreceram a discussão de vários temas que envolvem a criança ou o adolescente; a começar pelas brincadeiras como fonte de expressão, criação e desenvolvimento.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Ao lado das atividades culturais desenvolvidas durante o Congresso Nacional da Primeira Infância, realizou-se também uma exposição de obras voltadas à criança. Aliás, é dever do Estado garantir o atendimento em creches e pré-escola.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Já na etapa final do Congresso dedicado à Educação Infantil, também se falou da formação do Professor para o brincar. As mesas redondas tiveram excelente aceitação por parte dos docentes, pesquisadores e convidados.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
O balanço final da realização foi gratificante, pois reuniu pesquisadores renomados – desde a Amazônia – até os maiores centros universitários do país. Saldo foi positivo: diz Marta Campos de Quadros pela Comissão Organizadora.

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP

jul 16

No período compreendido entre 07 e 08 de Julho, realizou na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp – Câmpus de Presidente Prudente – um evento da mais alta importância: o 20º aniversário do Centro de Estudos de Geografia do Trabalho –CEGeT. A programação especial foi desenvolvida com a participação de inúmeros convidados, com abertura oficial na manhã de 07 de Julho e encerramento no dia seguinte (08/Julho), com uma Mesa Redonda sob a coordenação do Prof.Dr.Antonio Thomaz Junior, da FCT/Unesp.

Na 1ª rodada de palestras – das 8 às 12h00 – do 1º dia, houve participação dos docentes convidados: Ana Maria Soares de Oliveira, da UFMS; Jorge Ramon Montenegro Gomes, da UFPR; Marcelo Dornelis Carvalhal, da UNESP; Marcelo Rodrigues Mendonça, da UFG e Therezinha Brumati Carvalhal, da UNESP. Coordenação: Sidney Cássio Todescato Leal, da CEGeT/CETAS.

No período da tarde – entre 14 e 18h00 – houve debate sobre as linhas de pesquisas do CEGeT, envolvendo três temas principais: Conflito pelo acesso à terra e a água, por Tássio Carreto Cunha e Gerson de Souza Oliveira; Degradação e saúde ambiental do trabalho na cidade e no campo, por Fernanda Keiko Ikuta e Fernando Mendonça Heck e finalizando, o tema:Educação, Trabalho e Gênero, com Ângela Katuta e Robizon Piñeiros Lizarazo.

No espaço noturno – das 19h30 às 22h00 – Mesa de Debate – sob o tema: Trabalho, lutas e resistências na conjuntura golpista, tendo como convidados: Marildo Menegat, da UFRJ e Zelitro Luz da Silva, do MST. Cooordenação de Guilherme Perpetua Marini, do CEGeT/CETAS. A programação previamente elaborada, tendo como local o Auditório/Discente V da FCT/Unesp, teve continuidade no dia seguinte, com o CINE-CEMOS – das 8 às 10h00 – “Dois dias e duas noites” (Jean Pierre e Luc Dardenne 2014, tendo como Debatedor: Thiago Pereira de Barros, do CEGeT.

O evento no 2º dia de realização

Na apresentação das atividades agendadas pela Rede CEGeT – entre 10 e 12h30 do dia 08/Julho, participaram como convidados: Luzimar Barreto de França, do CEGeT/ Pres.Prudente; Diógenes Rebello, do CEGeT/CELTAS; Thiago Leite Brandão de Queiroz, do CEGeT/João Pessoa; Maria Gabriela Damas, do ENCONTTRA e Ricardo Junior de Assis Fernandes Gonçalves, do GETeM. Coordenação: Larissa Tavares Moreno, do CEGeT.

No mesmo dia, o evento se desenvolveu das 14h20 às 17h00, um debate sobre os efeitos das pesquisas concluídas e em curso no CEGeT, tendo como convidado especial, Marcelo Rodrigues Mendonça, da UFG. No período noturno – das 19 às 22h00 – Mesa de Encerramento, com o tema: “CEGeT para os próximos 20 anos: novos desafios para a Geografia do Trabalho e para os Movimentos Sociais”. Coordenação do Prof.Dr.Antonio Thomaz Junior, da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp/Presidente Prudente-SP.

Na etapa final, houve participação de outras personalidades especialmente convidadas: Jorge Ramon Montenegro Gomes, da UFPR; Ana Flores Matos, da CUT – subsede de Presidente Prudente – SP; Cledson Mendes, do MST e Rubens, do STR/Presidente Venceslau.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Pelo 20º ano consecutivo, a Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp/Pres.Prudente, sediou um dos mais importantes encontros do CEGeT.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
O evento realizado este ano – nos dias 07 e 08 de Julho – foi coordenado pelo Prof.Dr.Antonio Thomaz Junior e trouxe destacados docentes e pesquisadores.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
A presença dos convidados valorizou sobremaneira os debates e o desenvolvimento de mesas redondas, envolvendo as mais famosas Universidades.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Em cada período, um tema diferente, o que movimentou o desenrolar dos temas enfocados durante o evento comemorativo dos 20 anos do CEGeT.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
A CUT – subsede de Presidente Prudente – foi representada por Ana Flores Matos. Destaque para os desafios da Geografia do Trabalho, com a coordenação do Prof.Thomaz.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
De todos os Estados vieram representações das principais Universidades integradas ao CEGeT (Centro de Estudos de Geografia do Trabalho). O evento está repercutindo!

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Aqui, as opiniões são as mais diversificadas. Cada um se expressa democraticamente (até mesmo para contestar a política governamental), com boa receptividade.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Poucas vezes, um evento como este recebe tanta adesão como aconteceu nesta oportunidade em que o CEGeT comemora seus 20 anos de atuação no território brasileiro.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
A platéia representada em sua maioria por docentes e pesquisadores de Universidades Federais acompanhou com o maior interesse os temas debatidos.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Opiniões abalizadas se fizeram ouvir durante a realização deste evento comemorativo aos 20 anos do Centro de Estudos de Geografia do Trabalho/CEGeT.

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP

jul 05

Encerrando o 1º semestre do ano na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp – Câmpus de Presidente Prudente – desenvolveu-se no Anfiteatro VI em 27 de Junho (após as 14hs), a última dissertação de Mestrado/2016 relativo ao Programa de Pós-Graduação em Matemática Aplicada e Computacional. A dissertação foi defendida publicamente pela candidata Ellen Silva Gervazoni.

A Orientadora foi a Profª.Drª.Analice Costacurta Brandi, do Departamento de Matemática e Computação da FCT/Unesp. Integrando a Comissão Examinadora – além da Orientadora já citada – a Profª.Drª.Gilcilene Sanchez de Paulo, do Departamento de Matemática e Computação da FCT/Unesp e Prof. Dr.Leandro Franco de Souza, do Departamento de Matemática Aplicada e Estatística, da Universidade de São Paulo/USP.

O tema defendido pela Mestranda diz respeito à “Análise de estabilidade linear de escoamentos de fluidos viscoelásticos”. De acordo com o resumo apresentado à Banca Examinadora, os resultados numéricos obtidos para escoamento são comparados com os resultados de escoamento de fluídos Newtonianos, que estão bem documentados na comunidade científica. Além disso, uma equação de Orr-Sommerfeld modificada, é deduzida para um escoamento viscoelástico, utilizando a Teoria de Estabilidade Linear.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
A candidata Ellen Silva Gervazoni, do Programa de Pós-Graduação em Matemática Aplicada e Computacional, fez sua defesa pública de dissertação de Mestrado, dia 27/Junho na FCT/Unesp.

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP