nov 15

À medida que o final do ano vai se aproximando, as sessões de defesas de tese de Doutorado e dissertação de Mestrado começam a diminuir gradativamente. Foi o que aconteceu na 1ª quinzena de Novembro na FCT/Unesp. De acordo com o Programa de Pós-Graduação em Geografia e Educação, respectivamente. Como conseqüência, foram desenvolvidos nesse período, apenas dois trabalhos de defesa pública (Doutorado e Mestrado).

A candidata Janaína Natali Antonio se apresentou perante a Comissão Examinadora para defender sua de tese de Doutorado em Geografia no dia 14/Novº (a partir das 14 hs), no Anfiteatro VII. Orientador: Prof. Dr. José Tadeu Garcia Tommaselli, do Departamento de Geografia da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp – Câmpus de Presidente Prudente.

A tese defendida publicamente versou sobre o tema “Antropossolos em áreas de antigos depósitos de resíduos sólidos urbanos/RSU em Presidente Prudente – SP – contribuição metodológica”. No local, reuniram-se amigos e familiares da Doutoranda, que vieram especialmente para prestigiá-la com suas presenças.

Além do Orientador (acima citado), fizeram parte da Comissão Examinadora, os seguintes docentes: Prof. Dr. João Osvaldo Rodrigues Nunes e do Deptº de Geografia da FCT/Unesp e Profª.Drª.Isabel Cristina Moroz Caccia Gouveia, ambos do Deptº de Geografia da FCT/Unesp; Profª.Drª.Regina Célia de Oliveira, do Deptº de Geografia/IG-UNICAMP, de Campinas/SP e Profª.Drª. Marquiana de Freitas Vilas Boas Gomes, do Deptº de Geografia/UNICENTRO-Guarapuava/PR.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
A candidata do Programa de Pós-Graduação em Geografia, Janaína Natali Antonio se apresenta perante a Comissão Examinadora, para sua defesa de tese de Doutorado.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
O Anfiteatro VII da FCT/Unesp acolheu a candidata, os membros da Comissão Examinadora, amigos, familiares e colegas da Doutoranda em Geografia.

MESTRADO/EDUCAÇÃO: ELIJANE DOS SANTOS FAZ SUA DEFESA PÚBLICA

Durante a 1ª quinzena de Novembro, a única dissertação de Mestrado que foi desenvolvida no dia 6 às 13h30 no Anfiteatro VI envolvendo a candidata do Programa de Pós-Graduação em Educação, Elijane dos Santos. Sua Orientadora foi a Profª.Drª. Rosiane de Fátima Ponce, da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp – Câmpus de Presidente Prudente.

O tema desenvolvido pela Mestranda versou sobre “TDAH: Transtorno de déficit de atenção e hiperatividade – uma análise a partir da atividade de estudo”. Integrando a Comissão Examinadora – além da Orientadora já citada – os seguintes membros: Prof.Dr.Ângelo Antonio Abrantes, do Deptº de Psicologia da Faculdade de Ciências da Unesp/Bauru-SP e Profª.Drª. Silvana Calvo Tuleski, do Deptº de Psicologia da Universidade Estadual de Maringá/UEM – PR.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
A única dissertação de Mestrado da 1ª quinzena de Novembro de 2017 foi defendida publicamente pela candidata Elijane dos Santos, do Programa de Pós-Graduação em Educação da FCT/Unesp.

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP

nov 02

No período de 18 a 30 de Outubro/2017 na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp – Câmpus de Presidente Prudente – foram desenvolvidas dez dissertações de Mestrado e uma tese de Doutorado/Geografia. O candidato Sebastião Souza Oliveira, do Programa de Pós-Graduação em Geografia defendeu tese no Anfiteatro VII, que versou sobre: “O avanço do capitalismo no Cerrado brasileiro e a metamorfose do latifúndio no município de Pedro Afonso/TO. Orientador: Prof.Dr.Marcelo Dornelis Carvalhal, da Unesp/Câmpus de Ourinhos-SP.

As dissertações de Mestrado foram defendidas publicamente pelos seguintes candidatos: Dia 20/Outº/2017 – Lucas Silvestre dos Santos, que desenvolveu o tema: “Corpos Juvenís e Escola: Uma relação intrínseca na constituição do corpo social” (Orientadora:Profª.Drª.Márcia Regina Canhoto de Lima). Dia 23/Outº/2017: Ana Laura Dias de Souza – Tema: “Abordagem sistêmica no currículo de MS e nos livros didáticos de Ciências: Uma análise documental”. Orientador: Prof.Dr.Paulo César de Almeida Raboni.

No dia 24/Outº/2017, defesa de dissertação de Mestrado por Fernanda Ribeiro de Souza. Tema: “Representações sociais sobre Cyberbullying: a realidade de uma Escola de ensino médio”, tendo como Orientadora, a Profª.Drª.Cláudia Maria de Lima. Dia 25/Outº/2017, dissertação de Mestrado defendida pela candidata Gabriela Amorim Ferruzzi, sob o tema: “As representações sociais sobre o consumo infantil para as mães e crianças de Álvares Machado e suas relações com a propaganda televisiva”.Orientação da Profª.Drª.Cláudia Maria de Lima.

No dia 26/Outº/2017, a dissertação de Mestrado foi defendida pela candidata Kelly da Silva Oliveira, com o tema: “Jovens alunos do ensino médio e as culturas juvenis: valorizar para ressignificar a experiência”. Orientadora: Profª.Drª.Márcia Regina Canhoto de Lima. Ainda no dia 26/Outº/2017, dissertação de Mestrado defendida por Luis Fernando Carvalho. Tema: “A escolha da licenciatura em Matemática na Unesp: o que dizem os ingressantes”, sob orientação da Profª.Drª. Maria Raquel Miotto Morellati.

No dia 28/Outº/2017, defesa de dissertação de Mestrado por Laís dos Santos di Benedetto, sob o tema: “A disciplina de Libras na modalidade EAD: Necessidades formativas e possíveis caminhos”. Orientadora: Profª. Drª.Elisa Tomoe Moriya Schlünzen. Dia 30/Outº/2017 – nova dissertação de Mestrado defendida pela candidata Elaine Mussi Hunzecher Quaglio. Tema: “TDIC e mediação pedagógica em ambiente hospitalar: Realidade, sonhos e possibilidades”, sob orientação do Prof.Dr.Klauss Schlünzen Junior.

Finalmente no dia 30/Outº/2017 – duas dissertações de Mestrado foram desenvolvidas na FCT/Unesp. A primeira, defendida pela candidata Évelyn de Paula Souza, sob o tema: “TDAH: Transtorno de déficit de atenção e hiperatividade – um análise a partir da atividade de estudo”. Orientadora: Profª.Drª.Rosiane de Fátima Ponce. A última dissertação de Mestrado do mês de Outubro foi defendida pela candidata Geise Mara Souza da Silva, cujo tema versou sobre: “Paulo Freire e juventudes: uma interlocução necessária”. Atuação da Profª.Drª.Márcia Regina Canhoto de Lima, como Orientadora da Mestranda.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
As dissertações de Mestrado da 2ª quinzena de Outº/2017 foram desenvolvidas com maior freqüência, chegando a dez no total.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Em cada dissertação de Mestrado, um tema diferente dos demais com abordagem dos assuntos de maior importância da atualidade.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Os candidatos previamente inscritos se apresentam nos locais determinados, perante os membros das Comissões Examinadoras.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
A cada dia, uma ou duas convocações e os Mestrandos se mostram preparados para a defesa, tendo o apoio de seus Orientadores.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Na FCT/Unesp todas as sessões de defesa de tese de Doutorado ou dissertação de Mestrado, são franqueadas ao público.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Os candidatos inscritos para a defesa pública de tese ou dissertação, muitas vezes procedem de regiões as mais distantes do país.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Para cumprir sua missão, alguns Orientadores e membros das Comissões Examinadoras – viajam centenas de kms – a fim de garantir presença nas sessões da FCT/Unesp.

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP

nov 01

EVENTO TRADICIONAL: XII SMAT

Evento Comentários desativados

Sua realização verificou-se de 25 a 27 de Outubro/2017 no Auditório/Discente V da FCT/Unesp.

Como vem acontecendo há 12 anos, o Departamento de Matemática e Computação (DMC) e Conselho do Curso de Licenciatura em Matemática da FCT/Unesp promoveu o XII Simpósio de Matemática, com excelente aproveitamento. Minicursos, Palestras, Oficinas e Mesa Redonda fizeram parte da programação, tendo a presença e participação de convidados especiais que abordaram temas os mais diversificados. Abertura pelo Prof.Dr.Marcelo Messias, Diretor da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp – Câmpus de Presidente Prudente. Também integrando a mesa que presidiu os trabalhos, o Prof.Dr.Rogério Eduardo Garcia, Diretor eleito para o próximo quatriênio.

A programação elaborada especialmente, destacou logo após a abertura e pronunciamento de integrantes da mesa diretora, a palestra proferida pela Profª.Drª.Cleonice Fátima Braciali relacionada com as “Frações contínuas e a construção de calendários”. A palestra que tornou-se a 1ª realizada na noite de 4ª feira (25/Outº), foi muito interessante e prendeu a atenção da platéia presente. No dia seguinte (26/Outº), o palestrante foi o Prof.Dr.José Claudinei Ferreira e o tema versou sobre: “Completude do conjunto de números reais e decomposição de operadores em valores singulares”.

No dia 27 o XII SMAT realizou uma Exposição de trabalhos no “Boulevard Messias Meneguette Junior” e registrou outra importante palestra que ocorreu a partir das 14hs no Anfiteatro 4/Discente V e foi pronunciada pelo Prof.Dr.Marcos Tadeu Oliveira Pimenta. Tema: “O espaço das funções de variação limitada e aplicações às EDP’s elípticas”. A palestra teve por objetivo introduzir e motivar o estudo do espaço das funções de variação limitada. Bem como, apresentar algumas aplicações à resolução de equações diferenciais parciais quasilineares do tipo elíptico.

A palestra que marcou o encerramento do evento, ocorreu a partir das 19hs do dia 27/Outº no Auditório/Discente V, tendo como convidada a Profª.Drª.Sueli Liberatti Javaroni, que desenvolveu o tema: “Aula de Matemática e Tecnologias Digitais: um retrato de escolas públicas paulistas”. A Comissão Organizadora do XII Simpósio de Matemática foi constituída pelos seguintes Docentes: Prof.Dr.José Carlos Rodrigues; Prof.Dr.Aylton Pagamisse; Profª.Drª.Gilcilene Sanchez de Paulo; Prof.Dr.José Roberto Nogueira; Prof.Dr.Suetônio de Almeida Meira e Profª.Drª. Maria Raquel Miotto Morelatti.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
O Simpósio de Matemática da FCT/Unesp que chega à sua 12ª.Edição é realizado todos os anos no Câmpus de Presidente Prudente.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Na Abertura do evento, pronunciamentos do Diretor, Prof.Dr.Marcelo Messias; do Diretor eleito p/o próximo quatriênio, Prof.Dr.Rogério Eduardo Garcia e Coordenadores.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
O evento deste ano foi marcado pela abordagem de temas atuais durante as palestras; e contou ainda com Mini-cursos, Oficinas Exposição de trabalhos e Mesa redonda.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Em sua palestra sobre Calendários, a Profª.Drª.Cleonice F.Braciali disse que “o calendário gregoriano que é usado até hoje, omite 3 anos bissextos em 400 anos; e nem todos os anos múltiplos de 4 são bissextos”.

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP

out 25

Seminário realizado na FCT/Unesp através de convênio, teve suas ações voltadas ao gerenciamento na região.

A região de Presidente Prudente, abrangida por um acordo entre o Ministério Público Federal, Ministério Público Estadual e Cia. Energética de do Estado de São Paulo – no âmbito de ações entre a Unesp e Secretaria Estadual do Meio ambiente – promoveu Seminário de resíduos sólidos urbanos no dia 18. Presentes, representações de toda a região e também: dos Governos Federal e Estadual. Na Abertura (presidida pelo Vice-Diretor da FCT/Unesp, Prof.Dr.José Carlos da Silva Camargo Filho), palestra com atuação do Ministério Público e Caixa Econômica Federal, em relação ao gerenciamento municipal de resíduos sólidos na área do acordo.

No Seminário, presença do prefeito Nelson R.Bugalho; Maurício Brusadin, Secretário de Estado do Meio Ambiente; Gabriel Lino de Paula Pires, Promotor de Justiça do GAEMA (Grupo de Atuação Especial de Defesa do Meio Ambiente/MPE; Gilson Paduletto, Superintendente Regional Substituto, representando o Sr.João Paulo Gomes de Amorim (Superintendente da Caixa); o Prof.Dr.Sílvio Rainho Teixeira, Coordenador do Laboratório de Caracterização de Resíduos, da FCT/Unesp e Sra.Maria Aparecida Assis Silva, Presidente da Cooperativa de Trabalhadores de Produtos Recicláveis de Presidente Prudente (COOPERLIX).

Os primeiros a se manifestar foram: o Prefeito Municipal e os representantes do Ministério Público Federal, Luís Roberto Gomes e da Caixa Econômica Federal, Camila Frazati Rodrigues Felício. As palestras seguintes foram pronunciadas pelo representante da FCT/Unesp, Fernando Sérgio Okimoto, seguindo-se Mesa redonda com abordagem sobre “Experiências municipais em gerenciamento de resíduos sólidos urbanos e de organização regional de catadores de materiais recicláveis. Coordenação do Prof.Dr.Antônio Cézar Leal, da FCT/Unesp e Nelissa Garcia Balarim, representando a Prefeitura Municipal de Presidente Prudente.

Da mesa redonda – realizada no período da tarde – também participaram: Mateus Martins Godoi e Jorge Guazzi pela Companhia Prudentina de Desenvolvimento/Prudenco; Antonio Domingos Dal Más, representando a Prefeitura Municipal de Presidente Epitácio e Érica Eloisa Petrúcio, do Comitê Oeste Paulista do Movimento Nacional de Catadores de Materiais Recicláveis. Na etapa final, debates “Síntese e Proposta para o gerenciamento de resíduos sólidos urbanos na região de Presidente Prudente” sob moderação da Professora Maria Cristina Rizk, da FCT/Unesp.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
No Auditório/Discente V da Faculdade de Ciências e Tecnologia, o Vice-Diretor, Prof.Dr.José Carlos Silva Camargo Filho fez a abertura oficial do evento.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Coube ao Prefeito Nelson Roberto Bugalho de se congratular com a presença de destacadas autoridades Federais, Estaduais e Municipais (da região), prestigiando o Seminário.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Os Coordenadores do evento anunciaram a realização do Seminário desse evento, como resultado de um acordo no âmbito de ações entre a Unesp e a SEMEA.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Ministério Público Federal e Ministério Público Estadual e Caixa Econômica Federal foram aqui representados juntamente com o Comitê Regional dos Catadores de Materiais Recicláveis.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
O Prof.Dr.Silvio Rainho Teixeira – Coordenador do Laboratório de Caracterização de Resíduos da FCT/Unesp teve excelente atuação na Mesa redonda, aqui realizada.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Durante o dia inteiro (12/Outº), as atenções estiveram voltadas exclusivamente para essa questão ambiental que envolveu desde cedo, personalidades ligadas ao Governo.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Nesse debate não poderia faltar a representante da mulher e Presidente da Cooperativa de Trabalhadores de Produtos Recicláveis/COOPERLIX, Sra. Maria Aparecida Assis Silva e outras.

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP

out 21

No dia 17 de Outubro no Auditório/Discente V foi lançado oficialmente o novo Atlas.

Para quem se dedica ao ensino superior e/ou pesquisa ambiental, está começando uma nova era. Reunidos, geógrafos e pesquisadores trouxeram como inovação da mais alta tecnologia – através da computação gráfica – um Atlas Virtual que é modelo para São Paulo e para o Brasil. A Biblioteca Virtual da FAPESP registrou o acontecimento e anunciou os Pesquisadores Associados: Artur Magon Whitacker; Encarnita Salas Martin; Isabel Cristina Moroz Caccia Gouveia; João Lima Sant’anna Neto; José Mariano Caccia Gouveia; José Tadeu Garcia Tommaselli; Jurandir Luciano Sanches Ross; Margarete Cristiane de Costa Amorim; Paulo César Rocha e Rosângela Aparecida de Medeiros Hespanhol. Pesquisador Responsável: João Osvaldo Rodrigues Nunes.

O cerimonial fez a Abertura do evento anunciando o lançamento e ao mesmo tempo a formação da mesa constituída pelo Prof.Dr.João Osvaldo Rodrigues Nunes; Profª.Drª.lsabel Cristina Moroz Caccia Gouveira; Prof.Dr.José Mariano Caccia Gouveia; Prof.Dr.Ronaldo Celso Messias Correia (Desenvolvedor); Mário Augusto Maldonado e Haroldo Shigueaki Teruya (Desenvolvedor do Atlas). O primeiro a falar foi o Prof.Dr.João Osvaldo, seguido de outros oradores. .

O Atlas Ambiental Escolar de Presidente Prudente, São Paulo, Brasil é o resultado de um trabalho coletivo envolvendo profissionais de diferentes áreas do conhecimento. Coordenação dos Prof.Dr. João Osvaldo Rodrigues Nunes (Livre Docente); Profa. Drª. Isabel Cristina Moroz Caccia Gouveia e Prof. Dr. José Mariano Caccia Gouveia, todos do Departamento de Geografia da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp.

Além dos desenvolvedores do site, o Prof. Dr. Ronaldo Celso Messias Correia, do Graduando em Ciências da Computação Haroldo Shigueaki Teruya e do Assistente Administrativo e produtor Audiovisual Mario Augusto Maldonado, do Departamento de Matemática e Computação. O Atlas (virtual), foi elaborado e está sendo disponibilizado para todos os interessados. Basta acessar: www.fct.unesp.br/atlasambiental ou http://portaldoprofessor.fct.unesp.br:9000/

A principal proposta do Atlas é mostrar à comunidade prudentina e demais interessados, formas diferentes de compreensão do uso e ocupação do solo urbano e rural do município, não somente nos aspectos de densidade populacional, mas em qualidade de serviços e equipamentos coletivos. O processo histórico de produção do espaço geográfico urbano e rural transformou as paisagens do município gerando alterações socioambientais, tais como: impactos hidrológicos, morfológicos, climáticos, biogeográficos, socioeconômicos e culturais.

Esses problemas são abordados no presente Atlas Ambiental Escolar, procurando mostrar uma análise integrada da realidade local, com uma linguagem de fácil compreensão, especialmente para os estudantes da educação básica (fundamental e média) com fins pedagógicos.

Neste sentido, entende-se que a concepção ambiental que integra aspectos históricos, físicos, sociais e culturais. É mais um referencial para uma compreensão conjunta do ambiente de Presidente Prudente – SP, na forma de um Atlas Ambiental Escolar. Com isso, torna-se um importante recurso de apoio pedagógico, de gestão e planejamento do espaço geográfico.

A organização dos dados socioambientais do município em um Atlas Ambiental Escolar – no formato digital – contribuirá para a análise integrada dos dados supracitados, bem como das condições ambientais atuais do município e para o desenvolvimento de práticas educativas voltadas para o estudo local. Assim, o atlas pode ser um importante mecanismo de sensibilização, chamando à corresponsabilidade para com o ambiente, bem como potencializando processos de Educação Ambiental (EA).

Nesse sentido, por meio do Atlas busca-se encontrar caminhos que visam construir espaços de diálogo que irão contribuir para a compreensão menos superficial da realidade; e que possam colaborar para o educando se reconhecer na sua cidade e município. E mais: sentir-se nele pertencente; e com isso, se tornar capaz de criar novas possibilidades de ser e agir no seu espaço vivido.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Profissionais de diferentes áreas do conhecimento participaram desse projeto pioneiro com o novo Atlas Ambiental Escolar de Presidente Prudente, lançado dia 17 de Outubro de 2017.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Participando da mesa, os principais dirigentes desse trabalho de produção e apresentação do Atlas que mostra os principais aspectos do uso e ocupação do solo rural e urbano. É só acessar!

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
De acordo com os pesquisadores que desenvolveram esse projeto, o processo histórico de produção do espaço geográfico, transformou as paisagens do município de Presidente Prudente.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
O Pesquisador Responsável, João Osvaldo Rodrigues Nunes (Livre Docente do Deptº de Geografia da FCT/Unesp), diz que o Atlas Virtual poderá ser importante mecanismo de sensibilização.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Os que participaram desse lançamento estão convencidos de que foi dado um grande passo rumo ao futuro e que o novo Atlas será de grande utilidade não só para a Escola, mas para toda a comunidade.

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP

out 19

No período de 12 a 15 de Outubro, realizou-se em Porto Alegre/RS o XII Encontro Nacional da Anpege (ENANPEGE), que reuniu participantes de todo o país. Representando a Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp – Câmpus de Presidente Prudente – inscreveu-se a Licenciada, Bacharel, Mestre e Doutora em Geografia, Melina Fushimi. Ela concorreu com uma tese intitulada: “Vulnerabilidade Ambiental aos processos erosivos lineares de parte dos municípios de Marabá Paulista e Presidente Epitácio/SP”.

O resultado final foi surpreendente e a representante da FCT /Unesp obteve “Menção Honrosa” no Encontro Nacional da Anpege – ENANPEGE – atribuindo essa conquista ao seu Orientador, Prof.Dr. João Osvaldo Rodrigues Nunes, do Programa de Pós-Graduação em Geografia. O prêmio a ela atribuído nesse evento de âmbito nacional, tem como Patrono o saudoso Geógrafo brasileiro, Professor Aziz Nacib Ab’Saber.

O conclave anterior (XI Encontro Nacional da ENANPEGE), realizou-se em 2016 em Presidente Prudente e reuniu no Auditório/Discente V, Geógrafos e demais interessados procedentes de todos os pontos do país.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
O Prof.Dr.João Osvaldo Rodrigues Nunes, do Programa de Pós-Graduação em Geografia da FCT/Unesp foi o Orientador de Melina Fushimi – “Menção Honrosa” – Prêmio Aziz Nacib Ab’Saber/2017.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Em 2016 o Campus da FCT/Unesp em Presidente Prudente sediou o XI Encontro Nacional da ANPEGE (ENANPEGE) e reuniu as personalidades de maior destaque em Geografia, com destaque especial para o RS.

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP

out 14

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Internacionalização: Transformando escolas rurais em comunidades de aprendizagem para melhorar a sustentabilidade territorial na região dos Lagos/Chile. (Na foto, a Profª.Drª.Ana Maria Osório Araya)

Docentes da Universidade de Santiago do Chile, juntamente com a Profª.Drª. Ana Maria Osório Araya, do Departamento de Física, Química e Biologia da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp – Câmpus de Presidente Prudente – vem desenvolvendo um projeto no marco das novas metodologias de aprendizagem. Nossa Docente Ana Maria, participa ativamente; não só desse projeto como especialista, mas também de outras atividades desenvolvidas no 2º semestre deste ano na localidade de Hornopiren/Chile, com continuidade assegurada até Março de 2018. O grande beneficiado será o Colégio Sagrada Família, de Hornopirem/Província chilena de Palena.

Através de um modelo pedagógico construído sobre as características da região de Los Lagos, Chile, acadêmicos da Universidade de Santiago e colaboradores externos, procuram um impacto positivo na área, estabelecendo comunidades de aprendizado em que o setor produtivo, a educação e a sociedade convergem. Desta forma, eles esperam que possam enfrentar melhor os desafios econômicos, sociais e ambientais das próximas décadas.

Após a concessão de recursos da Innova Chile de Corfo, uma equipe interdisciplinar da Universidade de Santiago do Chile está trabalhando em uma proposta para transformar as escolas rurais em comunidades de aprendizado para melhorar a sustentabilidade territorial na região de Los Lagos. O projeto se encontra na segunda faze de desenvolvimento e terá 15 meses para entregar uma proposta pedagógica integral, o que pretende reduzir o abandono escolar na área. O beneficiário, nesta primeira etapa, será o Colegio Sagrada Família de Hornopiren, localizado na província de Palena, por ter um modelo educacional que mostra interesse na formação de jovens líderes e identidade para o território.

Hornopiren é a capital da comuna de Hualaihué, província de Palena, localizada na região dos Lagos, e fica a 1.149 km de Santiago, Capital do Chile. Um dos elementos distintivos do projeto foi a formação interdisciplinar da equipe executora que conta com a participação de diferentes especialistas em temas ambientais, educacionais e de inovação. O projeto é liderado pela Dra. Carla Hernández do Departamento de Física e Dr. Alexandre Carbonnel da Escola de Arquitetura, especialista em desenvolvimento e sustentabilidade local, ambos da Universidad de Santiago. Também tem o aconselhamento internacional da Dra. Ana Maria Osorio Araya, acadêmica da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”/UNESP, com experiência em Aprendizado das Ciências e Metodologias que envolvem o contexto e significância do ensino das Ciências.

A proposta da equipe de trabalho é desenvolver um protótipo de inovação social que consiste em um modelo pedagógico territorialmente contextualizado que criará valor para a sociedade. Inicialmente, capacitando os alunos como futuros temas de mudança. Depois, gerando vínculos entre o setor acadêmico e produtivo da área, facilitando colaborações entre escolas, comunidade e empresas. O projeto atualmente se encontra na 2ª fase de desenvolvimento. Teve início em novembro de 2016, com 15 meses de prazo para entrega de uma proposta pedagógica integral, o que reduzirá o abandono escolar na área.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Província de Palena, onde se localiza Hornopiren na região dos Lagos, no Chile.

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP

out 13

Há quase dois anos, todos os meses na última 6ª feira/16hs. A platéia não é grande, mas satisfatória! São Professores e Estudantes que se reúnem numa das salas do Discente V ou VI. Motivação: debate de um tema que envolve o Projeto de Extensão Universitária, na área de Filosofia e Educação. Até agora – de acordo com os cálculos – foram aproximadamente 20 palestras voltadas especialmente para alunos de todos os níveis, ministrados na FCT/Unesp. O ideal é que eles participem de todas as palestras.

Cumpre ressaltar que o encontro é organizado pelo grupo do Projeto Filosofia e Ciência e reúne mensalmente um bom número de participantes formado principalmente por docentes e discentes; ficando também aberto a eventuais interessados. O último tema desenvolvido na Sala 6 (Disc.VI), esteve relacionado à Arte e Razão. Daí a interrogação: Qual a relação entre a Arte e verdade? A Arte deve ser usada como instrumento ideológico?

Há alguns meses, tivemos a oportunidade de acompanhar uma palestra proferida pelo Prof.Dr.Nery Alves. Tema: “O que é a vida”? O tema foi extenso e está contido em vários livros. Entre os quais: “O aspecto físico da célula viva”, de Erwin Schröding, da Editora Unesp. E mais: “O que é vida?” – 50 anos depois, de Michael P.Murphy e Luke A.J.O’neill – Especulações sobre o futuro da Biologia.

Neste mês de Outubro, a palestra veio no início do mês, isto é na 1ª sexta-feira e certamente terá repetição na última sexta-feira, dia 27 de Outubro. Quem conduziu a última palestra foi o Prof.Dr.Messias Meneguette Junior e o título: “A beleza salvará o mundo”, do livro “As grandes catedrais”, de Auguste Rodin. O palestrante explica que não é privilégio de professores, mas também dos alunos com base em algum livro que o estudante já tenha lido.

Em termos de palestra, o Professor Meneguette disse: “As grandes catedrais foram constituídas a exemplo dos corpos vivos: suas concordâncias, seus equilíbrios são exatamente na ordem da natureza, procedendo de leis gerais. As catedrais impõem o sentimento de confiança, de segurança, de paz. Pela harmonia.

Os grandes mestres que edificaram essas maravilhas monumentais possuíam toda a ciência e podiam aplicá-la, porque haviam bebido em suas fontes naturais, primitivas, e porque ela (natureza) havia permanecido neles.

As cores em que os pintores então molhavam os pinceis são a luz e a sombra dos dias e dos crepúsculos. Tudo se relacionava, o mais ínfimo elemento de verdade sugere verdade inteira, o belo não é distinto do útil: é a força que produz a graça: é uma perversão do gosto ou uma perversidade do espírito buscar a graça na debilidade”.

A próxima palestra já tem um convidado especial: o Professor Rodrigo, que no dia 27 de Outubro (última 6ª feira do mês), às 16hs na Sala 6 do Discente VI da FCT/Unesp, falará sobre “Filosofia da Educação”.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
O Prof.Dr.Messias Meneguette Junior foi o convidado especial para proferir palestra pelo Projeto Filosofia & Ciência, no início deste mês na FCT/Unesp.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
O Encontro realizado na Sala 6 do Discente VI, reuniu Professores e Estudantes interessados na questão relacionada à Arte e Razão.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Em período anterior, o Prof.Dr.Nery Alves foi convidado a falar sobre o aspecto físico da célula viva. O que é vida? Especulações sobre o futuro da biologia.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Em sua palestra, o Professor Meneguette abordou a relação entre Arte e Verdade (a Arte e a Razão). E citou o livro: “As grandes catedrais”.

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP

out 12

NA 1ª QUINZENA DE OUTº: MESTRADO

Pesquisa Comentários desativados

Defendidas cinco dissertações de Mestrado na FCT/Unesp.

Durante o mês de Outubro de 2017 foram agendadas para defesas de Mestrado nada menos que cinco dissertações, envolvendo Geografia (3) e Educação (2). Os candidatos inscritos se apresentaram perante as Bancas Examinadoras nos Anfiteatros: I, VI e VII, bem como a Sala de Reuniões Gasperr e Sala de Projeção da Biblioteca da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp – Câmpus de Presidente Prudente – SP. No dia 05 de Outubro/15hs, a dissertação de Mestrado foi defendida pela candidata Indira Aparecida Santana Aragão, do Programa de Pós-Graduação em Educação.

O tema desenvolvido pela Mestranda no Anfiteatro VII, versou sobre “A organização da prática pedagógica do Professor de Pré-Escola: Contribuições dos projetos de trabalho segundo Hernández (1998)”. Orientadora Profª.Drª. Célia Maria Guimarães, do Departamento de Educação da FCT/Unesp. Membros integrantes da Comissão Examinadora:Profª.Drª./zilma de Moraes Ramos de Oliveira, da FE/USP/PPG e Profª.Drª.Edileuza Aparecida de Lima, do Departamento de Didática e Programa de Pós-Graduação em Educação da FFC/Unesp-Câmpus de Marília-SP.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
A 1ª dissertação de Mestrado do mês de Outubro foi defendida pela candidata Indira Aparecida Santana Aragão, do Progr.dePós-Grduação em Educação.

No dia 06/Outubro às 14hs, na Sala de Reuniões do Gasperr, o candidato Washington Paulo Gomes, do Programa de Pós-Graduação em Geografia fez sua defesa pública de dissertação de Mestrado perante a Comissão Julgadora, tendo como Orientadora a Profª.Drª. Margarete Cristiane de Costa Trindade Amorim, do Departamento de Geografia da FCT/Unesp. Como membros da Comissão, os seguintes Docentes: Prof.Dr.Vincent Dubreuil, da Géographie et Amenagement/ Universidade de Rennes 2 e Prof.Dr.João Lima Santanna Neto, do Departamento de Geografia da FCt/Unesp. Tema desenvolvido: “Características da temperatura na zona costeira: análise do clima urbano em Ubatuba-SP”.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
A defesa seguinte ocorreu em 06/Outº e a defesa, desenvolvida no Gasperr pelo Mestrando Washington Paulo Gomes, do Progr.de Pós-Graduação em Geografia.

O tema seguinte, desenvolvido no mesmo dia (06/Outº), na Sala de Projeções da Biblioteca da FCT/Unesp/14hs versou sobre: “ Análise do uso da terra e suas implicações na qualidade microbiológica da areia destinada à construção civil, nos municípios de Ourinhos/SP, Jacarezinho/PR e Ribeirão Claro/PR”. Na defesa da dissertação, a candidata Angélica Scheffer da Motta Abrantes, do Programa de Pós-Graduação em Geografia. A Mestranda teve como seu Orientador, o Prof.Dr.Édson Luís Piroli, da Coordenadoria Executiva/ Unidade de Ourinhos, da Unesp. Componentes da Banca Examinadora: a Profª.Drª.Maria Cristina Perussi, da Unidade Ourinhos, da Unesp e Prof.Dr.João Osvaldo Rodrigues Nunes, do Departamento de Geografia, da FCT/Unesp-Presidente Prudente – SP.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
A candidata Angélica Scheffer da Motta Abrantes fez sua defesa pública de dissertação de Mestrado/Geografia dia 06/Outº.

No dia 10/Outº no Anfiteatro VI da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp/Presidente Prudente, apresentou-se a candidatada Denise Watanabe, do Programa de Pós-Graduação em Educação, tendo como seu Orientador, o Prof.Dr.José Milton de Lima, do Departamento de Educação da FCT/Unesp. Tema desenvolvido pela Mestranda:”A Interactividade como fomentadora da ludicidade: Tudo fica “típico” quando as crianças brincam na Educação Infantil” Compondo a mesa que presidiu os trabalhos e a Comissão Examinadora, a Profª.Drª.Cínthia Magda Fernandes Ariosi, do Departamento de Educação da FCT/Unesp/Presidente Prudente e Prof.Dr.Marcos Vinicius Francisco, do Departamento de Educação – Programa de Pós-Graduação em Educação – da Universidade do Oeste Paulista/UNOESTE.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
A candidata do Programa de Pós-Graduação em Educação, Denise Watanabe se apresentou para sua defesa de dissertação de Mestrado no dia 10/Outº.

Fechando a quinzena de Outubro/2017, a dissertação de Mestrado defendida pela candidata Natália Poiani Henriques, do Programa de Pós-Graduação em Geografia. Orientador: Prof.Dr. Raul Borges Guimarães, do Departamento de Geografia da FCT/Unesp e membros da mesa e da Comissão Julgadora, os seguintes docentes: Profª.Drª.Encarnita Salas Martin, Don Departamento de Planejamento, Urbanismo e Ambiente da FCT/Unesp – Câmpus de Presidente Prudente – e Profª.Drª.Cláudia Marques Roma, do Departamento de Geografia, da Universidade Federal da Grande Dourados/MS. Tema desenvolvido no Anfiteatro II pela Mestranda: “Leishmaniose Tegumentar Americana e a relação doença-espaço geográficos: aportes para a gestão dos Parques Estaduais do Aguapeí e do Rio do Peixe – SP”.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Para o fechamento da quinzena no dia 11/Outº, a Mestranda Natália Poiani Henriques (do Progr.de Pós-Graduação em Geografia), da FCT/Unesp.

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP

out 05

Em comemoração ao “Centenário” de Pres.Prudente, houve lançamentos simultâneos do Museu de Arqueologia Regional da FCT/Unesp.

Foi uma surpresa das mais agradáveis para quem esteve no Centro Cultural Matarazzo, na noite de abertura do 8º Salão do Livro em Presidente Prudente. Dois títulos dos mais sugestivos foram mostrados aos primeiros visitantes, marcando assim o lançamento simbólico de novos livros que constituem importante subsídio para o ensino da História, Geografia e Sociologia do Ensino Médio.

Um desses lançamentos – Paisagens culturais do Estado de São Paulo (Coleção – Os primeiros que chegaram), tem 335 páginas e segundo a autora, Profª.Drª.Neide Barrocá de Faccio “é produto de esforço acadêmico do Laboratório de Arqueologia Guarani e Estudos da Paisagem da UNESP (LAG-FCT/Unesp) e do Museu de Arqueologia Guarani e Estudos da Paisagem que atende a distintos objetivos. Em primeiro lugar, contempla a necessária atividade de divulgação científica, na medida em que expressa e exterioriza o resultado de estudos realizados pelos pesquisadores do LAG e do MAR em diferentes projetos. Formatados, constituem o 3º volume da Coleção “Os primeiros que chegaram”.

A Professora Neide explica que os 13 capítulos do livro, foram organizados de forma a manter certa independência, o que facilita o fim didático. Mesmo assim, ”Paisagens Culturais do Estado de São Paulo” – Coleção os primeiros que chegaram –busca claramente apresentar o estado da arte da pesquisa arqueológica – com especial ênfase nas regiões norte e oeste paulista. Tudo a partir da produção e reflexão do Grupo de Pesquisas, sediado no LAG e no Museu MAR da FCT/Unesp.

Em termos de avaliação, nesse sentido, são apresentados temas como: estudo da paisagem da área de sítios arqueológicos Guarani, lídicos lascados de grupos de caçadores-coletores e outros animais, envolvendo grupos de caça provenientes do norte de São Paulo e do Vale do Paranapanema Paulista. Em termos de assentamentos pré-coloniais, Etnohistória Kaingang no Estado de São Paulo, traz importante subsídio com reflexões sobre a Arqueologia Regional.

Panorama do Norte paranaense

O Livro: Cultura, Arqueologia e Etno-história nos mostra um panorama daquela faixa de terras com ênfase especial nos “Primeiros” que chegaram, atendendo a distintos objetivos. Em 1º lugar contempla a necessária atividade de divulgação científica na medida em que expressa e exterioriza o resultado nas áreas de: Arqueologia, Étnohistória e Patrimônio em parte do Estado do Paraná. Matérias constantes: trabalho paradidático em 2º lugar. Disciplinas: História, Geografia e Sociologia do Ensino Fundamental e Médio.

Outras explicações dadas pela Curadora e Organizadora do evento que incluiu o lançamento de livros: 1º capítulo – de Lúcio Tadeu Mota apresenta a Etnohistória do Vale do Paranapanema (região de Paranavaí), com pesquisas arqueológicas. O 2º capítulo – de Luiz Antonio Barone, Juliana Aparecida Rocha Luz, Paula Gabriel de Lima e Neide Barrocá de Faccio – trata de um inventário preliminar de bens materiais. O 3º capítulo, de Juliana Aparecida Rocha Luz, Danilo Alexandre Galhardo e Neide Barrocá de Faccio aborda os Grupos caçadores, coletores do Baixo Paranapanema com domicilio na microrregião de Paranavaí/PR, revelando aspectos da cultura desses grupos indígenas. O 4º capítulo de Lucio Tadeu Mota evidencia dados ref.sabotadores no Vale do Paranapanema com destaque p/a microrregião de Paranavaí, onde se sobressai a cultura indígena. No 5º capitulo: André Felipe Alves e Neide Barrocá de Faccio apresentam uma introdução ao estudo de Arte Rupestre.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
O Livro “Paisagens culturais do Estado de São Paulo” está sendo lançado pela Profª.Drª.Neide Barrocá de Faccio no 8º Salão do Livro, em sua 2ª Edição.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Neste evento que marca a comemoração do Centenário de Presidente Prudente, outro lançamento de destaque foi representado por este novo Livro.

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP