dez 30

No encerramento do ano de 2015, na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp – Câmpus de Presidente Prudente – registrou-se grande número de candidatos previamente inscritos para a realização de exames relativos à conclusão de cursos de Pós-Graduação: Mestrado e Doutorado. Como foi divulgado em matéria anterior, na 1ª quinzena de Dezembro foram desenvolvidas 11 defesas de dissertações de Mestrado e 4 teses de Doutorado. Nesta 2ª quinzena que marca o encerramento do ano, tivemos outras 11 dissertações de Mestrado e 4 defesas de teses de Doutorado em Geografia (2); Educação (1) e Cartografia (1), totalizando 30 defesas.

No espaço compreendido entre 16 a 22 de Dezembro, foram realizadas 5 dissertações de Mestrado em Ensino de Física, 4 em Fisioterapia e 2 em Geografia, num total de 11 defesas públicas pelos seguintes candidatos: Antonio da Silva Mendonça; Bruno Pagliarani Mattiazo; Fábio Luiz Andrade; João Henrique Moura Neves e Jefferson Toschi – Ensino de Física. Em Fisioterapia: Jéssica Kirch; Edner Fernandes Zanuto; Paulo Costa Júnior e Crystian Bitencourt Soares de Oliveira. Geografia: Paulo Miguel de Bodas Terassi e Suelí Aparecida de Souza.

Docentes que atuaram como Orientadores dos Mestrandos: Ensino de Física – Moacir Pereira de Souza Filho; Angel Fidel Vilches Peña; Celso Xavier Cardoso; Agda Eunice de Souza Albas e Carlos Marcelo Pastre. Curso de Fisioterapia – Docentes: Diego Giuliano Destro; Ruben de Faria Negrão Filho; José Tadeu Garcia Tommaselli e Rosângela Custódio Cortez Thomaz. Esta última, Coordenadora do curso de Turismo/Rosana-SP.

Doutorandos/2015

Defesas de teses de Doutorado na FCT/Unesp – entre 18 a 22/Dezº – Programa de Ciências Cartográficas: Érika Akemi Saito Moriya, tendo como Orientador o Prof.Dr.Nilton Nobuhiro Imai, do Deptº de Cartografia da FCT/Unesp. Geografia: Ana Terra Reis, com orientação do Prof.Dr.Antonio Thomaz Junior, do Deptº de Geografia da FCT/Unesp; Cesar Cardoso Ferreira, com orientação do Prof.Dr.Édson Luis Pirolli, da Unidade Unesp – Câmpus de Ourinhos. Educação – Sandra Regina Reis, orientada pelo Prof.Dr.Klaus Schlüzem Júnior, do Deptº de Matemática, Estatística e Computação da FCT/Unesp –Presidente Prudente-SP.

Os temas defendidos pelos Doutorandos versaram sobre os seguintes assuntos: 1 – Caracterização espectral da cultura de cana-de-açúcar, utilizando imagens de Câmera Digital Aerotransportada; 2 – Trabalho, Políticas Públicas e Resistência em Assentamentos do Est.de SP: um estudo do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA); 3 – Estabilidade ambiental para fins de zoneamento da bacia hidrográfica do Alto Sucuriu/MS – Brasil; 4 – Estágio supervisionado no curso de Pedagogia a distância: aproximações e diferenças do ensino presencial.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Érika Akemi Saito Moriya, do Programa de Pós-Graduação em Ciências Cartográficas, foi uma das ultimas candidatas a se apresentar perante a Comissão Examinadora a fim de defender tese de Doutorado.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Tendo como Orientador o Prof.Dr.Nilton Nobuhiro Imai, do da FCT/Unesp, a Doutoranda desenvolveu um tema voltado à cultura da cana-de-açúcar, utlizando Câmera Digital Aerotransportada.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
A candidata Ana Terra Reis, do Programa de Pós-Graduação em Geografia também se apresentou perante a Banca Examinadora para sua defesa de tese de Doutorado.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Presidindo os trabalhos e integrado à Comissão Examinadora, o Prof.Dr.Antonio Thomaz Junior, do Departamento de Geografia da FCT/Unesp foi o Orientador da Doutoranda.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Cesar Cardoso Ferreira, do Programa de Pós-Graduação em Geografia fez sua defesa pública de tese de Doutorado na FCT/Unesp, tendo como Orientador o Prof.Dr.Édson Luis Piroli, da UNESP/Ourinhos.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
O tema desenvolvido pelo Doutorando diz respeito à instabilidade ambiental para fins de zoneamento da Bacia Hidrográfica do Alto Sucuriu,Estado de Mato Grosso do Sul/Brasil.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
A candidata do Programa de Pós-Graduação em Educação, Sandra Regina Reis se apresentou à Comissão Examinadora no CPIDES da FCT/Unesp, para defender sua tese de Doutorado.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
O Orientador da Doutoranda foi o Prof.Dr.Klaus Schlüzen Junior, do Deptº de Matemática, Estatística e Computação da Unesp.Tema: Estágio Supervisionado do curso de Pedagogia a distância.

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP

dez 30

Caminhando para o encerramento do ano 2015, a Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp – Câmpus de Presidente Prudente – registrou somente na 1ª quinzena de Dezembro um total de 15 defesas públicas: Mestrado e Doutorado. Foram 11 dissertações e 4 teses, previamente agendadas pelo Programa de Pós-Graduação em Física (6); Geografia (6); Fisioterapia (2) e Educação (1). Os candidatos inscritos se apresentaram em companhia dos Orientadores e demais membros da Comissão Examinadora.

As defesas públicas foram desenvolvidas nos locais determinados: Anfiteatros II, III, VI e VII, CPIDES; Biblioteca, bem como a Sala de Vídeoconferência. Os trabalhos foram desdobrados em dois períodos: manhã e tarde, com maior incidência no Anfiteatro VI, com 5 sessões de Mestrado e Doutorado.
Candidatos que desenvolveram defesas de dissertação de Mestrado: Éverton Piza Perez, Rodrigo Cândido Alves, Mariana Romanholi Palma, Vinícius Moura Mendonça, Gabriel Scoparo do Espírito

Santo, Taís Roque Giacon, Priscila Estevam Engel, Osmar Pereira Silva Júnior, Sérgio Roberto Mantovani, Danilo Cardoso Ferreira e Rayana Loch Gomes. Doutorado: Luis Carlos Braga, Jodenir Calixto Teixeira, Rudolph dos Santos Gomes Pereira e Eduino Rodrigues da Costa.

Integrando as diversas Comissões Examinadoras, atuaram na 1ª quinzena de Dezº os seguintes orientadores: Angel Fidel Vilche Peña; Moacir Pereira de Souza Filho; Cristina Helena Prado Fregonesi e Ana Maria Osório Araya Balan (todos da FCT/Unesp) e Vitor Engracia Valenti (FFCM/Unesp), Marilia/SP – Ref. Mestrado. Seguem-se os Orientadores nas teses de Doutorado:Dr.Marco Aurélio Saquet (UNIOESTE/PR); Dr.Antonio Nivaldo Hespanhol (FCT/Unesp); Dr.Klaus Schlunzen Junior (FCT/Unesp); e Dr.José Tadeu Garcia Tommaselli (FCT/Unesp).

Os temas desenvolvidos pelos Mestrandos versaram principalmente sobre assuntos os mais diversificados, como: Proposta para o ensino da Astronomia; O ensino de Física com Louza Digital; Repensando as situações de aprendizagem em Física; Clima Urbano de Londrina; Desloctºs Pendulares, consumo e Shopping Centers em cidades médias de SP; O mirabolante mundo das partículas elementares; Sequência didática como instrumento para aprendizagem significativa do efeito elétrico; Modulação autonômica cardíaca de mulheres pós-cirurgia de câncer de mama; Caixa Experimentotécnica:uma proposta para o ensino da Astronomia; Elaboração de material didático e Efeitos do estímulo auditivo musical sobre a resposta autonômica cardíaca e parâmetros cardiorespiratórios.

TESES DE DOUTORADO

Os temas desenvolvidos pelos candidatos inscritos para a defesa de tese de Doutorado, foram os seguintes: As temporalidades que caracterizam a agricultura familiar no município de Marmeleiro/PR; A produção da diferenciação socioespacial em Mossoró/RN; Os efeitos socioespaciais da expansão canavieira na Bacia Hidrográfica do Rio Ivinhema/MS; O campo térmico e a qualidade ambiental urbana em Chapecó/SC; Educação à distância e a formação continuada de Professores de Matemática, dentre outras.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
O Prof.Dr.Marco Aurélio Saquet da Universidade Estadual do Oeste do Paraná, atuou como Orientador do candidato que defendeu tese de Doutorado em Geografia, Luiz Carlos Braga.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Jodenir Calixto Teixeira se apresentou perante a Comissão Examinadora para defesa de Tese de Doutorado/Geografia. Orientador: Prof.Dr.Antonio Nvaldo Hespanhol, da FCT/Unesp.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
– O Prof.Dr.Klaus Schlunzen Junior, do Deptº de Matemática, Estatística e Computação da FCT/Unesp foi o Orientador do candidato Rudolph dos Santos Gomes Pereira, em sua defesa de tese/Educação.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
O Prof.Dr.José Tadeu Tommaselli, do Deptº de Geografia da FCT/Unesp foi o Orientador do candidato Eduino Rodrigues da Costa,do Programa de Pós-Graduação em Geografia, defendeu tese de Doutorado.

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP

dez 24

No transcurso dos últimos meses, de Setembro a Dezembro na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp – Câmpus de Presidente Prudente – nada menos que quatro docentes conquistaram suas aposentadorias. Pela ordem, a primeira a ser contemplada com esse benefício foi a Profª.Drª.Maria Rita Maselli, seguida pela Profª.Drª.Marília Coelho e Profs.Drs.: Jaime de Oliveira Gomes e Homero Marques Gomes.

Na escala do calendário de 2015, a Professora Maria Rita se aposentou no dia 16 de Setembro. A Professora Marília teve sua aposentadoria sacramentada no dia 22 de Outubro. Dr.Jaime de Oliveira Gomes se aposentou no dia 2 de Novembro; e no dia 14 do mesmo mês, o Prof.Dr. Homero Marques Gomes. A apresentação dos novos aposentados junto à Diretoria da FCT/Unesp, verificou-se no dia 21 de Dezembro, sendo recepcionados pelo Prof.Dr.Marcelo Messias.

Maria Rita Maselli é graduada em Fisioterapia pela UEL (1982). Realizou Mestrado em Biologia e Patologia Buco-Dental pela Faculdade de Odontologia de Piracicaba (Univ.Estadual de Campinas) em 1985 e Doutorado em Biologia e Patologia Buco-Dental pela mesma Faculdade em 1995. E ainda: Pós-Doutorado pela Texas A & M University – College Station – no Texas/EUA (1997). De 1989 a 2015 atuou como docente do Departamento de Fisioterapia da FCT/Unesp.

Marília Coelho é graduada em Comunicação Social pela Universidade Braz Cubas (1978); Mestrado em Pós-Graduação em Sociologia Política pela Universidade Nacional Autônoma do México (1984); Bolsista eleita pelo CONECYT da cidade do México (1982-1.984).Mestrado em Ciências Sociais pela UNESP – Câmpus de Araraquara (1991) e Doutorado em Sociologia pela mesma Universidade (1999). É Professora-Assistente Doutora do Deptº de Planejamento, Urbanismo e Ambiente da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho – Campus de Presidente Prudente – desde 1991.

Jaime de Oliveira Gomes é graduado em Medicina pela UNESP (1971); Mestrado em Saúde Pública pela Universidade de São Paulo/USP (1994) e Doutorado em Saúde Pública pela USP (2000). Atualmente é Médico Sanitarista do Governo do Estado de São Paulo e Professor Assistente Doutor pela Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”. Tem experiência na área de Saúde Coletiva, com ênfase em Saúde Pública, atuando principalmente nos seguintes temas: doenças crônicas não transmissíveis, epidemiologia, meio ambiente e mortalidade infantil.

Homero Marques Gomes é graduado em Bacharelado em Química pela UNESP (1979); Mestrado em Bioquímica pela Universidade de São Paulo/USP (1987) e Doutorado em Química Analítica (ARAR) pela Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (1994). Desde 1980, ou seja: durante sua Pós-Graduação, foi contratado para atuar em Presidente Prudente em Disciplinas na área de Química. Ele foi também considerado o maior exemplo de dedicação e paixão pela arte de ensinar. Pelas mãos do dedicado Mestre Homero, passaram nove turmas de formandos, que jamais o esquecerão.

Clique para ampliar!
Maria Rita Maselli, depois de uma atuação destacada na FCT/Unesp como Docente em Fisioterapia (1989 a 2015), conquista sua merecida aposentadoria e recebe cumprimentos do Diretor, Prof.Dr.Marcelo Messias.

Clique para ampliar!
Professora Assistente Doutora, Marília Coelho foi contemplada com sua merecida Aposentadoria, depois de um trabalho dedicado e eficiente desde 1991 na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp. Homenagens do Prof.Dr.Marcelo Messias.

Clique para ampliar!
Jaime de Oliveira Gomes, graduado em Medicina pela Unesp desde 1971; médico sanitarista do Governo de São Paulo, com experiência na área de Saúde Coletiva, também se aposenta e recebe homenagens do Diretor da FCT, Prof.Dr. Marcelo Messias.

Clique para ampliar!
Desde 1980 na Faculdade de Ciências e Tecnologia, atuando na área de Química (com Doutorado em Química Analítica), Homero Marques Gomes se aposenta. Com as congratulações do Prof.Dr.Marcelo Messias – Diretor – em nome da FCT/Unesp.

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP

dez 21

No decorrer deste ano que está terminando foram realizados no país, importantes eventos na área de Química, Física e Biologia, sediados em Barra dos Coqueiros/SE e Vitória/ES, respectivamente. Nesses dois importantes eventos foram recebidas inscrições de candidatos dedicados à Fisica, Quimica e Biologia de todos os Estados brasileiros. A aluna de Mestrado em Química, Gisele Santos Silveira participou dos dois concursos representando a Unesp (de Pres.Prudente e São José do Rio Preto). Ela obteve excelente classificação. As promoções tiveram apoio do CNPq, CAPES e FAPESP.

Entre 17 a 20 de Maio realizou-se o 59º Congresso Brasileiro de Cerâmica, onde Gisele – sob orientação da Profª.Drª.Silvânia Lanfredi – participou com o trabalho: Síntese e caracterização estrutural da Nanoparticular do tipo Core/Shwll ZnO@Ni. “Menção honrosa” pela participação. Em seguida, a Mestranda se inscreveu no 6º Congresso Brasileiro de Carbono (realizado de 24 a 27/Novº na capital do Espírito Santo), classificando-se em 1º lugar com o “Melhor Trabalho de Apresentação Oral do Ano 2015”. Títulos: “Sínteses e caracterização estrutural de Nanopartículas do Tipo CORE/Shell ZnO@Ni” e “Propriedades fotocatalíticas do Compósito C/Zno@Cr”. Esse último, apresentado a três mãos por: Gisele Santos Silveira (PG); Marcos Augusto Lima Nobre (PQ) e Silvânia Manfredi (PQ).

Apoio e colaboração de 2 docentes

Integrante do Departamento de Física, Química e Biologia da Faculdade de Ciências e Tecnologia Laboratório de Compósitos e Cerâmicas Funcionais / LaCCeF), a premiada aluna Gisele Santos Silveira contou com a colaboração do Prof.Dr.Marcos Augusto de Lima Nobre, docente da FCT/Unesp. Tanto a Mestranda premiada, como sua Orientadora (Professora Silvânia) estão vinculadas ao Programa de pós-graduação em Química, de Presidente Prudente e São José do Rio Preto. Os docentes – Silvânia e Marcos Augusto – são coordenadores do Grupo de Pesquisas. Tanto no Congresso Brasileiro de Cerâmica, como no concurso CARBONO 2015 da Associação Brasileira de Carbono com apresentações orais e Posters, foi conferido à premiada (além dos Certificados), um Tablet.

O evento Carbono é realizado anualmente, sendo promovido em parceria com a Universidade Federal do Espírito Santo/UFES. O Laboratório que se identifica pela sigla LaCCeF pertence à FCT/Unesp de Presidente Prudente e conta com uma infraestrutura que abrange três Laboratórios de Pesquisa, atuando em áreas como: Síntese química de nanopós; caracterização estrutural e elétrica de eletrocerâmicas em altas temperaturas; caracterização dielétrica e térmica de nanopartículas, nanofluído e blendas à base de biodiesel e aditivos anti-congelantes, fotocatálise e catálise heterogênea.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Gisele Santos Silveira, aluna de Mestrado do Programa de pós-graduação da FCT/Unesp exibe seu Poster pela 1ª vez, com o qual conquistou “Menção Honrosa” em concurso realizado em Sergipe.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
O 1º Certificado (Menção Honrosa), foi conquistado no 59º Congresso Brasileiro de Cerâmica realizado pela Associação Brasileira de Cerâmica, sediada em Barra dos Coqueiros/SE.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Nos últimos dias de Novembro, o mais importante Congresso Brasileiro de Carbono foi promovido em Vitória/Espírito Santo e Gisele competiu representando a Unesp/Prudente e S.J.do Rio Preto.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Além da premiação única, p/apresentação do MELHOR TRABALHO DE QUÍMICA DE 2015, Gisele foi contemplada com Certificado e um Tablet, como homenagem dos organizadores e patrocinadores.

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP

dez 16

Provocados a pensar a Educação sobre a Pedagogia, centenas de Professores participaram de um evento marcante na história da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp – Câmpus de Presidente Prudente: a XXV Semana da Educação e Pedagogia, realizada no período de 8 a 11 de Dezembro no Auditório do Discente V. A abertura – embora tenha sido realizada no Feriado de 8 de Dezembro – foi bastante prestigiada, tendo como tema: Formação e atuação dos Professores na Escola Pública.

O Encontro do 1º ao último dia do evento foi enriquecido com a presença de convidados especiais dedicados à atividade cultural, a começar pelo Grupo composto por alunos de Arquitetura e Urbanismo, Geografia, Química e Pedagogia, sob denominação de “Quarta Justa”. Esse grupo é constituído pelos seguintes alunos: Rappael Capponero, do curso de Arquitetura e Urbanismo Mestre da Bateria Furiosa); Jhelfry Paulo, aluno do curso de Geografia (pandeiro); Luan Costa, aluno do curso de Química (toca vários instrumentos de percussão – rebolo – integrante da Banda Furiosa); Victor Carnevali, aluno do curso de Geografia (pandeiro) e Maria Letícia, aluna do curso de Pedagogia (Canta desde os 7 anos, sendo formada em música).

Depois, houve reflexão sobre as perspectivas para o desenvolvimento de uma atuação com qualidade na escola pública atual; valorização e importância dos profissionais formados no curso de Pedagogia no contexto educacional; desafios e integração à graduação, pós-graduação e sistemas de ensino, sendo também anunciados os nomes dos componentes da mesa. Seguiu-se a execução do Hino Nacional Brasileiro (cantado por todos), com pronunciamentos do Prof.Dr.Marcelo Prattes, que representou o Diretor da FCT/Unesp, Prof.Dr.Marcelo Messias; Paulo Henrique da Silva Leonardo, em nome dos alunos e alunas do curso de Pedagogia e as Profªs.Cinthia Magda Fernandes Ariosi, da Comissão Organizadora, Raquel Gomes de Oliveira e Drª Vanda Machado Moreira Lima.

O aluno que criou o logotipo da XXV Semana da Educação e Pedagogia, Rogério Ferreira Coelho, mereceu singela homenagem prestada pela Professora Vanda, Coordenadora do curso de Pedagogia. Em seguida, a conferência de abertura proferida pela Profª.Drª.Lilian Mércia de Oliveira Pacheco. A continuidade dos trabalhos ficou sob coordenação da Profª. Drª.Marta Campos de Quadros, que convidou a conferencista, Professora Lilian Márcia de Oliveira Pacheco – Coordenadora do Projeto Rede de Economia Solidária de Turismo de Base Comunitária da Chapada Diamantina – para a conferência de Abertura.

Na programação da semana, convidados especiais como o Prof.Dr.Shirleide Pereira da Silva Cruz, da Universidade de Brasilia; Prof.Júlio Maria Xavier Simões, Biólogo e Pedagogo da Waldorf; Profª.Drª. Patrícia Couto Gemael, Pesquisadora na área de Psicologia do desenvolvimento humano de Bauru e Profª.Drª.Célia Maria Guimarães, da área de Educação Infantil – programa de pós-graduação em Educação – da FCT/Unesp. O evento foi mais uma realização do Conselho de curso de Pedagogia/Departamento de Educaçao da Faculdade de Ciências e Tecnologia/Unesp.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
A XXV Semana da Educação e Pedagogia realizou-se no período de 8 a 11 de Dezembro na FCT/Unesp.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
O evento foi bastante prestigiado, contando inclusive com a presença e participação de inúmeros convidados.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
As atividades culturais foram enriquecidas com o Grupo “Quarta Justa”, com alunos da FCT/Unesp.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
A Profª.Drª.Vanda Moreira Lima (Membro do Conselho) faz seu pronunciamento na abertura do evento.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Seguem-se com a palavra, outras integrantes da mesa de abertura da XXV Semana da Educação e Pedagogia.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Dois aspectos em observação: estudantes que se inscreveram para participar do evento, dirigentes e convidados.

Outras atividades desenvolvidas na Semana da Educação e Pedagogia

Durante a realização desse evento dedicado à Formação e Atuação dos Professores na Escola Pública, contou com uma extensa programação, desenvolvendo atividades com 17 minicursos de diferentes temáticas, com vários trabalhos na modalidade “comunicação oral”. Destaque especial para a palestra sobre Pedagogia Griô, na qual se fez pensar a educação sob outra perspectiva. Posteriormente, houve momentos de rica discussão sobre a atuação e formação do Professor para os alunos nos anos iniciais do ensino fundamental. A polivalência foi debatida e a Pedagogia Waldorf inquirida sobre suas potencialidades educativas.

No último dia (11 de Dezembro), ocorreu o desfecho dessa jornada cultural, com duas mesas redondas, onde foram debatidas diversas questões ligadas diretamente à formação e atuação de professores na educação infantil, com uma abordagem mais acadêmica; e outra voltada para a educação, atenta aos cuidados do bebê. Foi dada uma pausa, a fim de permitir a apresentação e representação teatral do Grupo Experimental de Teatro da FCT, sob a coordenação e direção de Robson Guimarães de Farias, aluno do curso de Pedagogia.

Na excelente apresentação teatral “Performance” – que começou no Boulevard “Messias Meneguette Jr – ao lado do Discente V, com estudantes conduzindo “guarda-chuvas” e características futuristas com rostos pintados. A primeira exibição foi desenvolvida no Auditório, ao som de músicas e ritmos exóticos complementados por efeitos de expressão corporal. O grupo, bastante aplaudido foi constituído pelos alunos: Karoline Trevisan Maia e Fabiana Alves dos Santos, do curso de Pedagogia; Kissy Luan Pereira Silva Camargo, Maria Luiza Martins dos Santos e André Paulino, do curso de Geografia; Elderban Barbosa Lopes, Roberto da Costa Cruz e Jaqueline Antunes Cortes, do curso de Estatística; Elsyen Marian Nogueira da Silva, Victor Miranda Oliveira e Gabriel Galdino, do curso de Arquitetura e Urbanismo.

Homenagens especiais

Convidada a fazer parte da mesa de trabalhos, a Professor Kátia Kodama conduziu o cerimonial para homenagear ilustres personalidades, dignas do reconhecimento pelo desempenho de uma missão que teve por principal finalidade a formação de Professores de qualidade. De acordo com a apresentadora, tornou-se possível a colheita de muitos e bons frutos dessa atividade, sendo contempladas com a escolha cinco das mais importantes figuras do Magistério Público. Desta maneira, foram homenageadas as Professoras: Maria Peregrina Fátima Rotta Furlanetti; Maria de Fátima Salum Moreira; Ilíada Pires da Silva; Sonia Maria Coelho e Maria Suzana de Stefano Menin.
Concluída a cerimônia – com uma foto coletiva – para documentar a autenticidade de um evento cultural voltado à XXV Semana da Educação e Pedagogia na FCT/Unesp, realizou-se o lançamento de livros (no Espaço de Convivência do Discente V). Com destaque para os seguintes autores: 1) – Profª.Drª.Arilda Inês Miranda Ribeiro; 2) – Profª.Drª.Eliane Vani Ortega; 3) – Profª. Drª.Onaide Schwaetz Correa de Mendonça; 4) – Prof.Dr.Fábio Camargo Bandeira Villela; 5) – Profª.Drª.Vanda Moreira Lima; 6) – Profª.Drª. Yoshie Ussami Ferrari Leite.

No mesmo local destinado ao lançamento editorial, realizou-se uma interessante exposição de trabalhos elaborados por alunos do 1º ano, sob a denominação de “Criação dos livrinhos didáticos artesanais”. Simultaneamente, alunos do 2º ano participaram da mostra didática, com “Expedições formativas” do curso de Pedagogia. Também foram realizadas vendas de livros com autógrafos de seus autores; além de troca na Sala 2, a qual recebeu o título de “Escambo cultural”. Todos os visitantes e participantes do evento foram brindados com sucos, refrigerantes, salgadinhos, pipoca, paçoquinha, algodão doce, pirulitos, crepes e outros.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Outra importante atração foi representada pelo Grupo Experimental de Teatro (formado por estudantes) da FCT/Unesp .

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
O que não poderia faltar:justas homenagens prestadas a cinco docentes da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Seguem-se as homenagens a outros dedicados professores, reconhecidos publicamente pela sua dedicação à causa da Educação.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
E aqui, a manifestação dos escritores e professores que trouxeram livros para lançamento no Espaço de Convivência/Disc.V

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Reunidos para uma foto histórica, os participantes da XXV Semana da Educação e Pedagogia, têm agora outra agradável missão.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
No Boulevard “Messias Meneguette Jr”, uma ampla exposição de livros. Alguns com lançamentos programados no local.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Entre dezenas de escritores inscritos no evento, destaque especial para o novo lançamento da Profª.Drª. Arilda Inês Miranda Ribeiro.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Outra escritora que também inscreveu sua obra para um re-lançamento: Profª.Drª. Eliane Vani Ortega em parceria c/Kátia Kodama.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
E finalizando: um aspecto do local onde se realizou esse importante evento, no Espaço de Convivência do Discente V da FCT/Unesp.

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP

dez 08

O desastre ecológico que surpreendeu o país tendo como foco principal o Rio Doce – que se transformou num “Mar de lama”- foi assunto de debate na última 4ª feira (2 de Dezº), na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp – Câmpus de Presidente Prudente. A iniciativa teve excelente acolhida, com a participação dos Professores: Drª. Isabel Cristina Moróz Caccia Gouveia, Dr. Everaldo Santos Melazzo e Dr. José Mariano Caccia Gouveia. O evento foi prestigiado por grande número de estudantes – cerca de 250 – superlotando as dependências do Anfiteatro I. “Os impactos de Mariana/MG”, foi uma promoção do Centro Acadêmico Mariana Braga, do curso de Engenharia Ambiental da FCT/Unesp.

A Professora Doutora Isabel abriu o tema do debate, discorrendo sobre Aspectos Técnicos relacionados à atividades da mineração, através da extração e beneficiamento, rejeitos e contaminação por metais pesados , segurança de barragens, sismos induzidos e planos de emergência. O Professor Doutor José Mariano discutiu os impactos nos meios físico, biótico e antrópico, decorrentes da atividade de extração. Sobretudo, os impactos causados pelo rompimento das barragens. Tanto na escala local, quanto na bacia hidrográfica do Rio Doce e no Oceano Atlântico.

O Professor Doutor Everaldo Melazzo – Economista e Docente – do Deptº de Planejamento, Ambiente e Urbanismo do Programa de Pós-Graduação em Geografia, da FCT/Unesp, analisou a questão do impacto econômico da tragédia e valorização econômica dos impactos gerados pela catástrofe, que ele assim definiu: “Passados pouco mais de 30 dias da tragédia social e ambiental produzida pela empresa Samarco no município de Mariana/MG, chamam a atenção. De um lado, o ainda grande número de pessoas pouco ou mal informadas sobre a complexidade daquele evento e, de outro, o papel que a grande mídia vem desempenhando para elaborar uma narrativa que distorce, escamoteia e deturpa. Não apenas a extensão e a gravidade dos danos mas, sobretudo, as responsabilidades, principalmente das privadas envolvidas.

As matérias jornalísticas e os discursos dos responsáveis teimam em sugerir, apontar ou mesmo afirmar que as responsabilidades seriam mais da própria natureza que de um modelo de uso predador de recursos ambientais, transformados em mercadorias de alto valor estratégico na economia contemporânea. A Samarco é uma empresa constituída no ano de 1977, controlada em partes iguais por dois acionistas: BHP Billiton Brasil Ltda. (grande empresa de mineração de origem australiana) e Vale S.A. (empresa criada por Getúlio Vargas em 1942, privatizada em 1997 no governo FHC e que a partir do final do ano de 2007 passou a se chamar apenas Vale S/A). Trata-se, sem qualquer sombra de dúvida, de duas das maiores empresas mineradoras do mundo, que inclusive atuam em várias outras áreas e segmentos econômicos, tendo suas ações negociadas nas principais bolsas de valores do mundo.

A escala de produção, o tamanho das unidades produtivas, o alcance dos mercados para seus produtos e a força econômica destas empresas no mercado nacional e internacional é correspondente aos impactos sociais e ambientais negativos que já vinham produzindo (inclusive nos reiterados desastres ambientais anteriores não tão propalados ou à vezes escondidos pela grande mídia) ou que foram produzidos agora pelo rompimento de duas de suas barragens de rejeitos. A concentração econômica e o poder empresarial dos agentes envolvidos coloca em xeque o modelo de sua atuação.

Assim, sem conhecer corretamente as empresas, seu peso e importância econômica e sua força frente a governos, uma imensa rede de fornecedores e compradores e suas influências inclusive sobre a mídia não é possível começar o debate sobre suas responsabilidades frente ao desastre por elas produzidos. E, por enquanto, pouco ou nada se avançou da determinação destas responsabilidades frente às vidas perdidas, à destruição de vilas inteiras, ao desaparecimento de patrimônio histórico, ao comprometimento de rios, nascentes, mangues e mar, à eliminação de atividades econômicas de agricultura e pesca dentre outras, à contaminação da água, inclusive para seu uso mais nobre que é o abastecimento humano, sem contar os impactos invisíveis que ainda serão detectados e avaliados apenas com o passar do tempo”.

Concluindo seu pronunciamento, afirma o Prof.Dr.Everaldo Santos Melazzo: Do ponto de vista econômico, qualquer tentativa séria e responsável de mensurar monetariamente o conjunto de tais impactos em suas diferentes dimensões exigirá um longo trabalho de pesquisas e investigação séria. Do ponto de vista social e ambiental, está claro que não mais serão repostas as condições anteriores. Mas é do ponto de vista político que a pergunta mais importante precisa sempre relembrada: Quem controla e com quais instrumentos se pode controlar de perto empresas que produzem tantos riscos à sociedade e que se recusam a assumir suas responsabilidades? – finalizou.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
“Os impactos de Mariana/MG” – foi o tema das discussões promovido na FCT/Unesp, por iniciativa do Centro Acadêmico Mariana Braga – curso de Engenharia Ambiental.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Estudantes e professores debateram o tema no Anfiteatro I, levantando a causa que criou esse desastre ambiental que transformou o Rio Doce num autêntico “Mar de lama”.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
O debate teve a participação dos Professores Doutores: José Mariano Caccia Gouveia, Everaldo Santos Melazzo e Isabel Cristina Moróz Caccia Gouveia e reuniu cerca de 250 estudantes.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
O Professor Doutor Everaldo analisou “a questão do impacto econômico da tragédia e valorização econômica dos impactos gerados numa extensa área territorial de MG e ES” ,inclusive fx marítima.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
A área física do Anfiteatro I da Faculdade de Ciências e Tecnologia foi disputada palmo a palmo pelos participantes deste debate, na noite de 2 de Dezembro do ano de 2015.

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP

dez 04

Durante o mês de Novembro de 2015 na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp – Câmpus de Presidente Prudente – foram desenvolvidas 8 dissertações de Mestrado: duas de Ensino de Física, uma de Educação e cinco do Programa de Pós-Graduação em Geografia. Os candidatos inscritos se apresentaram perante a Comissão Examinadora nos dias: 3, 10, 16, 20, 24, 26 e 27 de Novembro. No dia 10, especificamente ocorreram duas defesas públicas de dissertação de Mestrado, num mesmo local (Anfiteatro VI), em horários diferenciados.

Os candidatos: Luis Fernando Lopes, Antonio Silva Mendonça e André Felipe Vilas de Castro fizeram suas defesas de dissertação de Mestrado de Ensino de Física (2) e Geografia, nos dias 3 e 10 de Novº, tendo como Orientadores, os Profs.Drs.: Ana Maria Osório Araya Balan, Moacir Pereira de Souza Filho, ambos do Deptº de Física, Química e Biologia da FCT/Unesp e Profª. Drª. Maria Encarnação Beltrão Spósito, do Deptº de Geografia da FCT/Unesp. Local: Anfiteatro VI.

Em seguida, nos dias: 16 e 20/Novº – dissertações de Mestrado/Geografia, defendidas pelas candidatas: Juliana Alves dos Santos e Fernanda Bonfim Soares, sob orientação dos docentes: Profª.Dra.Maria Cristina Peruzzi, da Coordenadoria Executiva da Unesp – Unidade de Ourinhos e Prof Dr. Antonio Cezar Leal, do Deptº de Geografia, da FCT/Unesp. Local: Anfiteatro II.

Nos dias 24, 26 e 27/Novº, as candidatas: Larissa Piffer Dorigon, Jéssica Kurak Ponciano e Liriane Gonçalves Barbosa fizeram suas defesas públicas de dissertação de Mestrado/Programas de Pós-Graduação em Educação e Geografia, respectivamente. Orientadores: Profª.Drª.Margarete Cristiane de Costa Trindade, do Deptº de Geografia da FCT/Unesp; Profª.Drª .Arilda Inês Miranda Ribeiro, do Deptº de Educação da FCT/Unesp e Prof.Dr.Messias Modesto dos Passos, da FCT/Unesp. Local: Sala de Videoconferência.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Para a defesa de sua dissertação de Mestrado/Ensino de Física, o candidato Antonio da Silva Mendonça teve como seu Orientador, o Prof.Dr.Moacir Pereira de Souza, do Deptº de Física, Química e Biologia da FCT/Unesp.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
A candidata Juliana Alves dos Santos se apresentou para sua defesa de dissertação de Mestrado/Geografia, tendo como Orientadora a Profª.Drª.Maria Cristina Perussi, da Coord.Executiva da Unesp/Ourinhos.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Fernanda Bonfim Soares se apresentou perante a Comissão Examinadora para defesa de dissertação de Mestrado/ Geografia, sob orientação do Prof.Dr. Antonio Cezar Leal, do Deptº de Geografia da FCT/Unesp.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
A candidata Jéssica Kurak Ponciano, do Programa de Pós-Graduação/Educação se apresentou à Comissão Examinadora para defender sua dissertação, orientada pela Profª.Drª.Arilda Inês Miranda Ribeiro, do Deptº de Educação da FCT/Unesp.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Larissa Piffer Dorigon fez sua defesa pública de dissertação de Mestrado/Geografia, por orientação da Profª.Drª. Margarete Cristiane de Costa Trindade, do Deptº de Geografia da Faculdade de Ciências e Tecnologia/Unesp.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Liriane Gonçalves Barbosa, do Programa de Pós-Graduação/Geografia, fez sua defesa pública de dissertação de Mestrado sob orientação do Prof.Dr.Messias Modesto dos Passos, da FCT/Unesp – Câmpus de Presidente Prudente.

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP

dez 01

O Programa de Pós-Graduação em Geografia, da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp – Câmpus de Presidente Prudente – promoveu durante o mês de Novembro mais uma tese de Doutorado, defendida publicamente no último dia 20. Candidata: Juniele Martins Silva, tendo como Orientadora a Profª.Drª.Rosângela Aparecida de Medeiros Hespanhol, do Deptº de Geografia da FCT/Unesp. Local da defesa: Anfiteatro VII, com início às 08h30.

Da Comissão Examinadora, fizeram parte – além da Orientadora já citada – os seguintes docentes: Dr.Luiz Antonio Barone, do Deptº de Planejamento, Urbanismo e Ambiente da FCT/Unesp; Dr.Carlos de Castro Neves Neto, Pós-Doutorando da FCT/Unesp; Dr.Adriano Rodrigues de Oliveira, do Instituto de Estudos Sócio-Ambientais da Universidade Federal de Goiás/GO e Drª. Ruth Youko Tsukamoto, do Deptº de Geociências da Universidade Estadual de Londrina/PR.

Tema abordado

Juniele Martins Silva em sua defesa pública de tese de Doutorado/Programa de Pós-Graduação em Geografia desenvolveu o tema: “As dimensões econômica e simbólica/cultural dos Agricultores familiares do município de Catalão/Goiás”. Nesse contexto ela afirma que o meio rural brasileiro passou por intensas transformações – principalmente na década de 1970 – em virtude do processo de modernização da agricultura.

Esse processo ocorreu de forma desigual, favorecendo os produtos destinados à exportação, nas regiões: Sul, Sudeste e posteriormente, o Centro-Oeste aos grandes e médios produtores rurais, em detrimento dos pequenos. Juniele cita o caso de Catalão no Estado de Goiás, por ter vivenciado o processo de expansão da modernização da agricultura, ocorrendo também de forma desigual. Depois, a Doutoranda cita as comunidades rurais de Custódia, Ribeirão, São Domingos e Tambiocó, no município de Catalão.

Nas comunidades rurais pesquisadas – diz Juniele Martins Silva – são importantes os rendimentos provindos de atividades não agrícolas, como: a participação e comercialização dos produtos agropecuários em feiras livres e o benefício da Previdência Social Rural. Destaque também para a diversificação de produtos agrícolas e criação de animais.

Políticas públicas como o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (PRONAF) e o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) são relevantes para o desenvolvimento e, por conseguinte, para a comercialização dos produtos agropecuários.

Por fim, a Doutoranda salienta em sua defesa de tese: “Os agricultores familiares das comunidades pesquisadas, possuem um sentimento de pertencimento ao lugar, constituindo suas identidades através das relações de sociabilidade, fundadas nos eventos comunitários (festas e terços religiosos); e nos vínculos de parentesco, amizade e vizinhança”.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
A candidata Juniele Martins Silva se apresentou perante a Comissão Examinadora para a defesa pública de tese de Doutorado/ Geografia, tendo como Orientadora a Profª.Drª.Rosângela Aparecida de Medeiros Hespanhol, da FCT/Unesp.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
O tema desenvolvido pela Doutoranda está relacionado com o processo de desenvolvimento do meio rural brasileiro, com enfoque especial no processo de expansão no município de Catalão e comunidades rurais do Estado de Goiás.

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP

nov 28

Como vem ocorrendo há alguns anos, realizou-se em Novembro (16 a 20) a V Semana da Química na FCT/UNESP com a cerimônia de abertura no Auditório do Discente V que envolveu como 1ª palestrante a Profª.Drª.Ana Maria Pires, do Deptº de Física, Química e Biologia. O tema que ela desenvolveu se relacionou com o Ano Internacional da Luz, comemorado em 2015 não só no Brasil, mas também em vários países do mundo. Seguiu-se como principal atração, a Trupe Quimiatividade – Química na cara, que deu “um show” de brincadeiras e muito humor, na abertura e encerramento do evento. A programação prosseguiu a semana inteira,com minicursos, oficinas, palestras e mesas redondas.

Nos minicursos: Formação inicial dos Professores de Química; A metodologia Lúdica nas aulas de Química e Química das Sensações. Atuação da Profª.Drª.Ana Cláudia Kasseboehmer (IQ-USP), Profª MS Thalita Arthur Pascuallon (IFSP) e Prof.Dr.Pedro Faria. As palestras seguintes foram pronunciadas pelos Profs.Drs: Sérgio Antonio Marques de Lima; Beatriz Eleutério Gois e as Oficinas: “Origin para iniciantes” e “Animações no Ensino de Química – Produções e possibilidades” com os Profs.Ms: Murilo Paiano e Diego Parra, juntamente com o Prof.Dr. Gustavo Bizarria Gibin.

Numa alusão ao tema: 2015, ANO INTERNACIONAL DA LUZ se desenvolveu o evento no Câmpus Universitário da FCT/Unesp, com a participação de convidados especiais de vários pontos do país e a participação costumeira de alunos e ex-alunos do Departamento de Fisica, Química e Biologia. Como contribuição cultural e esportiva, a realizaçao de um Campeonato de Volei marcou o encerramento da Semana. Não faltou ainda, para surpresa de muitos a promoção do I Sarau da Química, que se constituiu numa interessante atração. Esta foi a melhor oportunidade para se promover eventos paralelos, realizados com êxito. Essa iniciativa foi de agrado geral, considerando que ao longo da graduação dos cursos de exatas, não há muitas oportunidades e incentivos para os estudantes participarem dos esportes ou eventos culturais. A V SEQUIPP deu a eles essa excepcional oportundade.

Quimiatividade – cultura, diversão e educação científica

O Grupo Teatral de Ciências, formado por acadêmicos do curso de Licenciatura Plena em Química, foi fundado em 2006 junto à FCT/Unesp, sob a denominaçao de “Trupe Quimiatividade”. É responsável pela divulgação da ciência através do estímulo à curiosidade científica e da popularização de informações de tecnologia. Por isso, promove um Show de Química – interativo – em teatros, escolas públicas, centros de ciências e eventos de natureza científico-cultural.

A Trupe utiliza experimentos interativos de Química, que abrangem: conceitos desde o equilíbrio químico a reações orgânicas, perfazendo as quatro áreas básicas da Química: Analítica, Físico-Química, Inorgânica e Orgânica, além de músicas, slides e a Interatividade. Os conceitos envolvidos após cada ensaio químico são explicados de forma simples: buscando relacioná-los com aspectos do dia-a-dia, para que sejam facilmente entendidos. As apresentações públicas são feitas de forma divertida e interativa.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
A V Semana da Química de Presidente Prudente/SEQUIPP foi aberta oficialmente na noite de 16 de Novembro no Auditório do Discente V da FCT/Unesp.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
O evento voltou com força total, com pleno apoio do Departamento de Fisica, Quimica e Biologia da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
A palestra de abertura foi ministrada pela Profª.Drª. Ana Maria Pires e versou sobre o “Ano Internacional da Luz” comemorado festivamente em 2015.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Para a platéia presente no Auditório do Discente V, a principal atração foi a apresentação da Trupe Quimiatividade – Quimica na cara – que faz sucesso.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Com o sorriso de todos, já é possível avaliar o estilo da brincadeira articulada p/ Trupe Quimiatidade, onde o importante é a participação de voluntários.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Aqui, tudo termina num final engraçadíssimo ! Os voluntários que se habilitam a realizar as competições programadas são personagens importantes.

Um homenagem digna de registro

A coordenação da V Semana de Química de Presidente Prudente formulou convite ao Prof.Dr.Homero Marques Gomes para tomar parte na programaçao alusiva ao encerramento do evento, na noite de 19/Novembro. Mas o que o convidado não esperava, aconteceu: uma homenagem como surpresa. E além da manifestação expontânea de cada um dos presentes, algumas lembranças entregues pessoalmente e sob aplausos, estando também presentes vários familiares do homenageado.

A manifestação alegrou ainda mais o querido mestre, que falou bastante sobre sua convivência no decorrer dos anos, sendo abraçado e cumprimentado pelos mais íntimos. Esta foi a forma de reconhecimento (numa feliz iniciativa da Profª.Drª. Ana Maria Pires), pela brilhante atuação do Professor Homero em sua carreira profissional. No momento em que ele se aposenta, nada mais justo do que uma manifestão como esta, de júbilo, reconhecimento, apoio e solidariedade. O que foi feito na presença de todos, incluindo diretores e ex-diretores da FCT/Unesp, docentes, amigos e companheiros de todos os tempos, alunos e ex-alunos.

O perfil de um grande mestre

O Prof. Dr. Homero Marques Gomes possui graduação em Bacharelado em Química pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1979); Mestrado em Bioquímica pela Universidade de São Paulo (1987) e Doutorado em Quimica Analitica (Arar) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1994). Desde 1980 – portanto durante sua pós-graduação – foi contratado pela FCT/Unesp para atuar em Disciplinas da área de Química, oferecidas em cursos existentes na unidade.

Ele foi o precursor, juntamente com a Profa. Maria de Lourdes Corradi, da criação do curso de Licenciatura em Química em 2003, sendo portanto o primeiro coordenador do curso até o início de 2009. Antes das contratações dos demais professores da área de Química se efetivarem, ministrou todas as disciplinas iniciais do curso, se desdobrando em mil e dando aulas até aos Sábados.

Professor Homero foi também o maior incentivador, sempre incansável na busca da consolidação do curso, com a construção da Central de Laboratórios Didáticos equipado com reagentes, mobiliário, vidrarias e equipamentos necessários para as aulas experimentais de qualidade. Ele é considerado sempre, o maior exemplo de dedicação e paixão pela arte de ensinar. E ainda: pelas mãos do dedicado e grande mestre Homero Marques Gomes passaram nove turmas de formandos, que – com toda certeza – jamais o esquecerão!

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Na etapa final da V SEQUIPP – Semana da Química de Presidente Prudente – uma surpresa para o Prof.Dr.Homero Marques Gomes, do DFQB da FCT/UNESP.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Diretores, ex-Diretores, Docentes, Alunos, Amigos, Alunos e ex-Alunos vieram especialmente para homenagear o Grande Mestre, que agora e aposenta.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Manifestações através de diversos pronunciamentos, foram de regozijo e congratulações ao Professor Homero pela sua dedicação à causa do ensino.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Como sempre, o Prof.Dr.Homero Marques Gomes mostrou-se feliz por ser lembrado e homenageado por tantos amigos e companheiros de jornada.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Nessa manifestação expontânea que marcou a atuação de um Professor, não poderia faltar o netinho, trazendo seu abraço; e os amigos com lembranças.

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP

nov 27

Esta semana no Câmpus Universitário da FCT/UNESP ocorreu um fato sui-gêneris: Pesquisadores de duas grandes Universidades da China e Holanda, respectivamente, foram recepcionados às primeiras horas da manhã de 2ª.feira, pelo Diretor, Prof.Dr. Marcelo Messias. Os visitantes tiveram o acompanhamento – desde o desembarque no Aeroporto Estadual de Presidente Prudente – do Prof.Dr. Erivaldo Antonio da Silva, Assessor da Pró-Reitoria de Pesquisa da Unesp (Docente da FCT) e do Prof.Dr.Maurício Galo, do Departamento de Cartografia da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp.

Para os holandeses que foram os primeiros a chegar, a recepção ocorreu na Sala da Diretoria, tendo a frente o Diretor, Prof.Dr.Marcelo Messias. Os visitantes vieram acompanhados pelo Prof.Dr.Maurício Galo. Depois das apresentações de praxe, os docentes holandeses da TU-Delft University of Techbology – Eberhard Gill, Sandra Verhagen, H.P.Paul Urbach e Carel Van der Poel – foram convidados para o “cafezinho matinal” servido pelo pessoalmente pelo Professor Marcelo, utilizando-se uma das máquinas cafeteiras de seu gabinete.

Momentos depois, os docentes – chineses e holandeses – devidamente acompanhados se dirigiam ao Fundacte – Anfiteatro VI – onde o Prof.Dr.Antonio Maria Garcia Tommaselli (Professor Titular do Deptº de Cartografia da Unesp), pronunciou conferência no idioma inglês, especialmente para os visitantes da Universidade de WUHAN/China (Profs.Drs: Li Deren, Gong Jianyawasborn) e da Universidade TU-Delft/ Holanda e outros integrantes das delegações estrangeiras. A conferência versou sobre atividades do grupo de pesquisa em Fotogrametria, da Unesp/Presidente Prudente, que é curso único no Estado de São Paulo, desde 1977.

Através de uma projeção áudio-visual, o Professor Tommaselli mostrou os resultados das pesquisas realizadas nos últimos dez anos, bem como projetos em cooperação com empresas e publicações realizadas em periódicos internacionais. Na sequência, os Professores dessas Universidades visitaram os Laboratórios e conheceram “in loco”, os resultados e equipamentos desenvolvidos.

Na Sala da Diretoria, o Prof.Dr.Marcelo Messias recepcionou por volta das 16hs a representação da China, que foi constituída – além dos docentes já citados – Professor Catedrático da WUHAN University, Li Deren e Gong Jianyawasborn – pelos seguintes membros: Profª.Drª. Yixuan Zhu; Sra.Lite Shi (Secretária de Assuntos Internacionais) e Sra. Liefei Cai (Secretária de Graduação).

Acompanhantes da delegação chinesa: Prof.Dr.Edmur Azevedo Pugliese e Prof.Dr.Erivaldo Antonio da Silva, ambos representando o Departamento de Cartografia da FC T/Unesp.

Acordo de cooperação

A visita concretizada na FCT/ Unesp – Câmpus de Presidente Prudente – já trouxe resultados positivos. O objetivo, segundo fomos informados foi o de retribuir a visita do Assessor de Pró-Reitoria da Unesp, Prof.Dr.Erivaldo Antonio da Silva e do Doutorando Guilherme Pina Cardim à Universidade de WUHAN/China. No mês de Outubro próximo passado foram realizadas reuniões técnico-científicas, visando o estabelecimento de parceria entre o LIESMARS/WUHAN e o Departamento de Cartografia da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp.

Com essa importante visita, ficou acertado que as duas Instituições terão um Acordo de Cooperação. Desta forma, o principal objetivo é o de propiciar o desenvolvimento de pesquisas científicas na FCT, usando imagens digitais do Satélite chinês Z Y – 3 para o estudo da qualidade geométrica do produto chinês. Isso permitirá também o intercâmbio entre Pesquisadores e Estudantes das duas Instituições.

O acordo terá a coordenação do Prof.Dr.Erivaldo Antonio da Silva pela Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp; e pelo Docente e Pesquisador chinês, Prof.Dr.Gong Jianya, da WUHAN University.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
A primeira Delegação a chegar no Câmpus da FCT/Unesp veio com quatro docentes da TU-Delft University of Technology, diretamente da Holanda.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Acompanhados pelo Prof.Dr.Maurício Galo, do Deptº de Cartografia, os visitantes foram recepcionados pelo Diretor, Prof. Dr. Marcelo Messias.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
O 1º contato teve por principal finalidade relatar as atividades atuais desenvolvidas pela TU-Delft /Universidade de Tecnologia, sediada na Holanda.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Concretizadas todas as apresentações, verificou-se a 1ª reunião na Sala de Apresentação de Projetos da Cartografia pelo Prof.Dr.Maurício Galo.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Posteriormente, apresentou-se a representação da China, constituída por três Docentes e duas Secretárias de Assuntos Internacionais e Graduação.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Os integrantes da Delegação chinesa tiveram um diálogo franco e cordial com o Diretor da FCT/Unesp, tratando de importantes assuntos.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Estabelecidos os critérios de maior relevância, foi acertado um “Acordo de cooperação”, estabelecendo-se um intercâmbio que favorece Pesquisadores e Estudantes.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
No Anfiteatro VII da Fundacte, realizou-se importante encontro que reuniu docentes da China e da Holanda, com estudantes e docentes da FCT/Unesp.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
O Professor Catedrático da WUBAN University, da China fez ampla exposição sobre o Projeto de Intercâmbio que acaba de ser firmado com a FCT/Unesp.

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP