jul 16

No período compreendido entre 07 e 08 de Julho, realizou na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp – Câmpus de Presidente Prudente – um evento da mais alta importância: o 20º aniversário do Centro de Estudos de Geografia do Trabalho –CEGeT. A programação especial foi desenvolvida com a participação de inúmeros convidados, com abertura oficial na manhã de 07 de Julho e encerramento no dia seguinte (08/Julho), com uma Mesa Redonda sob a coordenação do Prof.Dr.Antonio Thomaz Junior, da FCT/Unesp.

Na 1ª rodada de palestras – das 8 às 12h00 – do 1º dia, houve participação dos docentes convidados: Ana Maria Soares de Oliveira, da UFMS; Jorge Ramon Montenegro Gomes, da UFPR; Marcelo Dornelis Carvalhal, da UNESP; Marcelo Rodrigues Mendonça, da UFG e Therezinha Brumati Carvalhal, da UNESP. Coordenação: Sidney Cássio Todescato Leal, da CEGeT/CETAS.

No período da tarde – entre 14 e 18h00 – houve debate sobre as linhas de pesquisas do CEGeT, envolvendo três temas principais: Conflito pelo acesso à terra e a água, por Tássio Carreto Cunha e Gerson de Souza Oliveira; Degradação e saúde ambiental do trabalho na cidade e no campo, por Fernanda Keiko Ikuta e Fernando Mendonça Heck e finalizando, o tema:Educação, Trabalho e Gênero, com Ângela Katuta e Robizon Piñeiros Lizarazo.

No espaço noturno – das 19h30 às 22h00 – Mesa de Debate – sob o tema: Trabalho, lutas e resistências na conjuntura golpista, tendo como convidados: Marildo Menegat, da UFRJ e Zelitro Luz da Silva, do MST. Cooordenação de Guilherme Perpetua Marini, do CEGeT/CETAS. A programação previamente elaborada, tendo como local o Auditório/Discente V da FCT/Unesp, teve continuidade no dia seguinte, com o CINE-CEMOS – das 8 às 10h00 – “Dois dias e duas noites” (Jean Pierre e Luc Dardenne 2014, tendo como Debatedor: Thiago Pereira de Barros, do CEGeT.

O evento no 2º dia de realização

Na apresentação das atividades agendadas pela Rede CEGeT – entre 10 e 12h30 do dia 08/Julho, participaram como convidados: Luzimar Barreto de França, do CEGeT/ Pres.Prudente; Diógenes Rebello, do CEGeT/CELTAS; Thiago Leite Brandão de Queiroz, do CEGeT/João Pessoa; Maria Gabriela Damas, do ENCONTTRA e Ricardo Junior de Assis Fernandes Gonçalves, do GETeM. Coordenação: Larissa Tavares Moreno, do CEGeT.

No mesmo dia, o evento se desenvolveu das 14h20 às 17h00, um debate sobre os efeitos das pesquisas concluídas e em curso no CEGeT, tendo como convidado especial, Marcelo Rodrigues Mendonça, da UFG. No período noturno – das 19 às 22h00 – Mesa de Encerramento, com o tema: “CEGeT para os próximos 20 anos: novos desafios para a Geografia do Trabalho e para os Movimentos Sociais”. Coordenação do Prof.Dr.Antonio Thomaz Junior, da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp/Presidente Prudente-SP.

Na etapa final, houve participação de outras personalidades especialmente convidadas: Jorge Ramon Montenegro Gomes, da UFPR; Ana Flores Matos, da CUT – subsede de Presidente Prudente – SP; Cledson Mendes, do MST e Rubens, do STR/Presidente Venceslau.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Pelo 20º ano consecutivo, a Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp/Pres.Prudente, sediou um dos mais importantes encontros do CEGeT.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
O evento realizado este ano – nos dias 07 e 08 de Julho – foi coordenado pelo Prof.Dr.Antonio Thomaz Junior e trouxe destacados docentes e pesquisadores.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
A presença dos convidados valorizou sobremaneira os debates e o desenvolvimento de mesas redondas, envolvendo as mais famosas Universidades.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Em cada período, um tema diferente, o que movimentou o desenrolar dos temas enfocados durante o evento comemorativo dos 20 anos do CEGeT.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
A CUT – subsede de Presidente Prudente – foi representada por Ana Flores Matos. Destaque para os desafios da Geografia do Trabalho, com a coordenação do Prof.Thomaz.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
De todos os Estados vieram representações das principais Universidades integradas ao CEGeT (Centro de Estudos de Geografia do Trabalho). O evento está repercutindo!

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Aqui, as opiniões são as mais diversificadas. Cada um se expressa democraticamente (até mesmo para contestar a política governamental), com boa receptividade.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Poucas vezes, um evento como este recebe tanta adesão como aconteceu nesta oportunidade em que o CEGeT comemora seus 20 anos de atuação no território brasileiro.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
A platéia representada em sua maioria por docentes e pesquisadores de Universidades Federais acompanhou com o maior interesse os temas debatidos.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Opiniões abalizadas se fizeram ouvir durante a realização deste evento comemorativo aos 20 anos do Centro de Estudos de Geografia do Trabalho/CEGeT.

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP

jul 05

Encerrando o 1º semestre do ano na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp – Câmpus de Presidente Prudente – desenvolveu-se no Anfiteatro VI em 27 de Junho (após as 14hs), a última dissertação de Mestrado/2016 relativo ao Programa de Pós-Graduação em Matemática Aplicada e Computacional. A dissertação foi defendida publicamente pela candidata Ellen Silva Gervazoni.

A Orientadora foi a Profª.Drª.Analice Costacurta Brandi, do Departamento de Matemática e Computação da FCT/Unesp. Integrando a Comissão Examinadora – além da Orientadora já citada – a Profª.Drª.Gilcilene Sanchez de Paulo, do Departamento de Matemática e Computação da FCT/Unesp e Prof. Dr.Leandro Franco de Souza, do Departamento de Matemática Aplicada e Estatística, da Universidade de São Paulo/USP.

O tema defendido pela Mestranda diz respeito à “Análise de estabilidade linear de escoamentos de fluidos viscoelásticos”. De acordo com o resumo apresentado à Banca Examinadora, os resultados numéricos obtidos para escoamento são comparados com os resultados de escoamento de fluídos Newtonianos, que estão bem documentados na comunidade científica. Além disso, uma equação de Orr-Sommerfeld modificada, é deduzida para um escoamento viscoelástico, utilizando a Teoria de Estabilidade Linear.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
A candidata Ellen Silva Gervazoni, do Programa de Pós-Graduação em Matemática Aplicada e Computacional, fez sua defesa pública de dissertação de Mestrado, dia 27/Junho na FCT/Unesp.

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP

jul 02

Projeto desenvolvido conjuntamente pelo Deptº de Educação Física da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp e Instituto de Biociências da Unesp/Rio Claro, premiou um grupo de alunos de Mestrado em Presidente Prudente. O trabalho premiado na área temática de Promoção e Saúde, realizou-se no Lar Santa Filomena pelos estudantes: Vinicius Yukio Botelho Suetake, Bruna Thamyres Ciccotti Saraiva, Paulo Costa Junior, Gabriela Oliveira Vilela. Coordenação e Orientação do Prof.Dr.Diego Giuliano Destro Christófaro, do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Motricidade. Os melhores trabalhos apresentados fizeram parte do 3º Congresso de Educação Física e II Simpósio de Atividade Física e Saúde, da região Sudeste/MG.

O evento de premiação ocorreu de 15 a 17/Junho e foi promovido pela UEMG, FAPEMIG e Instituto Federal do Sul de Minas, em Muzambinho/MG. Os alunos laureados fazem parte do Grupo de Estudos em Atividades Físicas de Saúde/GEAFS. Para participar do Congresso Científico, eles se inscreveram previamente, justificando que na cidade de Presidente Prudente (em razão de um convênio), são realizadas diversas atividades no Lar Santa Filomena. Às 3ªs e 5ªs feiras, Judô no período da manhã e Muai Thai no período da tarde. Crianças e Adolescentes frequentam a Instituição no período oposto ao escolar. Quem vai à escola pela manhã, freqüenta o projeto à tarde e vice-versa.

A Instituição filantrópica (Lar Santa Filomena) fornece para execução do projeto universitário, uma série de atividades, como: Informática, Educação Física e Educação Artística. A área temática alusiva à Promoção de Saúde, destaca o efeito dessa prática que dura 9 meses na variabilidade da freqüência cardíaca em Crianças e Adolescentes saudáveis. Através dessa parceria com o Grupo de Estudos em Atividade Física e Saúde, os alunos de Mestrado (ora premiados), proporcionam lutas gratuitas em troca da oportunidade de realização de suas pesquisas. Esse é um trabalho que já faz parte da próxima dissertação de Mestrado, que o estudante de pós-graduação, Vinícius Yukio Botelho Suetake está preparando para defender proximamente.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Vinicius Yukio Botelho Suetake e Paulo Costa Junior tiveram brilhante participação no Projeto em parceria da FCT/Unesp com o Lar Santa Filomena em Presidente Prudente. Premiação confirmada.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Bruna Thamyres Ciccotti Saravaia e Gabriela Oliveira Vilela, foram importantes aliadas para a participação e obtenção do título de premiação para a Unesp/Rio Claro e Presidente Prudente – SP.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Prof.Dr.Diego Giuliano Destro Christófaro e a logomarca correspondente ao trabalho premiado, que foi desenvolvido pelo GEAFS em diversas atividades físicas proporcionadas a Crianças e Adolescentes.

Clique para ampliar!
Clique para ampliar!
Num aspecto geral, uma mostra do interesse demonstrando por crianças e adolescentes assistidos pelo Lar Santa Filomena, uma instituição filantrópica que na prática esportiva recebe todo o apoio dos universitários da FCT/Unesp.

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP

jul 02

Nos dias 24 e 25 de Junho, realizou-se no Auditório/Disc.V da Faculdade de Ciências e Tecnologia, o IV Fórum de Empreendedorismo de Presidente Prudente, voltado ao Empreendedorismo Social. O evento abordou os mais importantes aspectos da economia e desenvolvimento, com a participação de estudantes e convidados especiais. O objetivo dos organizadores foi de oferecer atividades que despertem o interesse profissional e empreendedor dos universitários e microempresários para desenvolver modelos de negócios de impacto social.

A organização do Fórum de Empreendedorismo foi confiada à Empresa Júnior dos cursos de Engenharia Ambiental e Geografia/GeoAmbiental Jr. da FCT/Unesp, com o apoio de empresários e palestrantes de sucesso no mundo empreendedor. Assim como, Instituições de prestígio como: a FGV e SEBRAE, Organizações Globais CHOICE E ENACTUS. Além da Equipe Acadêmica foi enaltecido o trabalho realizado pelos integrantes da Empresa Junior GeoAmbiental, tendo Wellington Hilário, atuando como Diretor do evento.

Com o excelente resultado obtido na realização do IV Fórum de Empreendedorismo de Presidente Prudente, já se anuncia a realização de um grande Encontro Nacional de Empresas Juniores – setor de Geotecnologias. Esse evento está programado o período de 12 a 14 de Agosto de 2016. Encontros dessa natureza já foram realizados em Rio Claro (2013), Seropédica no Rio de Janeiro (2014) e Viçosa/MG (2015).

Agora é a vez de Presidente Prudente, sendo organizado pela EJECART, uma empresa composta exclusivamente por Graduandos do curso de Engenharia Cartográfica da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp. É a 1ª.Empresa Junior de Engenharia Cartográfica do Brasil e daí, a pergunta: Qual é seu Norte ? As inscrições para o Encontro Nacional de Empresas Juniores estão abertas até o dia 08 de Julho para Empresários Juniores – no valor de R$90,00 – e de 14 a 21 de Julho para alunos, cujo valor é de R$100,00. Credenciamento no dia 12 de Agosto no Espaço Aquarela (das 17 às 19hs). Local do evento: Cidade da Criança em Presidente Prudente.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Nos dias 24 e 25 de Junho no Auditório/Discente V da FCT/Unesp realizou-se o IV Fórum de Empreendedorismo promovido pela EJ GeoAmbiental.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
O evento reuniu estudantes dos cursos de Engenharia Ambiental e Geografia da FCT/Unesp, assim como palestrantes especialmente convidados.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Com o êxito obtido nessa promoção de Junho/2016, as atenções se voltam agora para o Encontro Nacional de Empresas Juniores, de 12 a 14 de Agosto

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
No encerramento deste evento voltado para o Empreendedorismo Social, mais um convidado especial que ministrou uma importante palestra.

Clique para ampliar!
Esta é a Comissão Organizadora do Evento Nacional organizado pela EJeCart. Da esquerda para a direita: Lorena, Sharon, Nathália, José Pedro, Thaís, Mariana, Celso e Verônica.

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP

jun 27

Num espaço inferior a duas semanas do mês de Junho de 2016, foram defendidas publicamente na FCT/Unesp, nada menos que seis teses de Doutorado, através do Programa de pós-graduação em Educação (4) e Geografia (2). Todos os candidatos inscritos se apresentaram juntamente com seus Orientadores. Locais das defesas: Anfiteatro VII:3; Sala de Videoconferência:2 e Anfiteatro 6:1.

Para cumprir esse agendamento, ou seja: a defesa das teses de Doutorado foram designados os seguintes candidatos: Dia 10/Junho – Ronaldo Natalino Ciciliato e Diego de Souza Mendes; Dia 16/Junho – Jamily Nicácio Nicolete; Dia 17/Junho – Melina Fushimi e Dia 22/Junho – Thaisa Sallum Bacco e Rogério do Amaral. Orientadores: Prof.Dr.Luis Piroli (Deptº de Geografia da FCT/Unesp); Prof.Dr.Mauro Betti (Deptº de Educação Física da FCT/Unesp); Profª.Drª.Arilda Inês Miranda Ribeiro (FCT/Unesp); Prof.Dr.João Osvaldo Rodrigues Nunes (Deptº de Geografia da FCT/ Unesp); Profª.Drª.Cláudia Maria de Lima (Deptº de Educação da FCT/ Unesp) e Prof.Dr.Divino José da Silva (Deptº de Educação da FCT/Unesp).

Os temas defendidos pelos Doutorandos foram: “Análise dos Impactos /sócio-ambientais na área de influência do Reservatório de Capivara, rio Paranapanema-Brasil”; “(Re)ver-se e (Re)criar-se em imagens: o Estágio na Literatura em Educação Física em perspectiva semiótica”; “Escritos de Mary Dascomb – A atuação educacional feminina inupta no Projeto Presbiteriano do Brasil”; “Vulnerabilidade Ambiental aos processos erosivos lineares de parte dos municípios de Marabá Paulista e Presidente Epitácio/SP”; “Grupo colaborativo e o uso da mídia na escola – Avaliação de uma proposta formativa de Professores”.

Integrantes das Comissões Examinadoras

Nas defesas de teses por Doutorados nesse período de 13 dias – além dos Orientadores acima citados – atuaram os seguintes membros das comissões examinadoras: Docentes – Nilza Aparecida Freres Stipp, Rodrigo Lilla Manzione, Raul Borges Guimarães e José Tadeu Garcia Tommaselli; Giovani de Lorenzi Pires, Lúcia Helena Ferraz Santoagostino, José Milton de Lima e Yoshie Ussami Ferrari Leite; Maria de Fátima Salum Moreira, Jane Soares de Almeida, Stela Maris Scatena Franco Vilardaga e Tânia Suely Antonelli Marcelino Brabo; Maria Cristina Perusi, José Tadeu Garcia Tommaselli, Regina Célia de Oliveira e Leda Correia Pedro Miyazaki; Mônica Fantin, Guaracira Gouvea de Sousa, Leny Rodrigues Martins Teixeira e Maria Raquel Miotto Morelatti; Pedro Ângelo Pagni, Cláudia Maria de Lima, Alex Sandro Gomes Pessôa e Renata Maria Coimbra.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
No dia 10/Junho, o candidato do Programa de pós-graduação em Geografia, Ronaldo Natalino Ciciliato defendeu tese de Doutorado, no Anfiteatro 6 da FCT/Unesp.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Também no dia 10/Junho, Diego de Souza Mendes, do Programa de pós-graduação em Educação fez sua defesa pública de tese de Doutorado, na Sala de Videoconferência da FCT/Unesp.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
No dia 16/Junho, no Anfiteatro 7, a candidata Jamily Nicácio Nicolete enfrentou a Comissão Examinadora para a defesa de sua tese de Doutorado/Progr.de pós-graduação em Educação.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
No dia 17/Junho a candidata Melina Fushini – do Programa de pós-graduação em Geografia da FCT/Unesp – fez sua defesa pública de tese de Doutorado, na Sala de Videoconferência.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
No Anfiteatro 7, a candidata Thaisa Sallum Bacco, do Programa de pós-graduação em Educação da Faculdade de Ciências e Tecnologia/Unesp, defendeu sua tese de Doutorado.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
O candidato do Programa de pós-graduação em Educação, Rogério do Amaral compareceu no dia 22/Junho no Anfiteatro 7 da FCT/Unesp para a defesa pública sua tese de Doutorado.

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP

jun 25

Em viagem de trabalho empreendida ao Reino Unido, o Prof.Dr.Irineu Aliprando Tuim Viotto Filho, do Departamento de Educação Física e Coordenador do Programa de pós-graduação da FCT/Unesp, apresentou-se na Universidade de Oxford/Inglaterra. Pelas informações, ele teve excelente receptividade, não só por docentes daquela tradicional Universidade, como também pelos discentes de todos os países do mundo, que lá se encontram nos dias atuais.

Na Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” existe um Programa de Apoio para a realização de Estágio no Exterior – PAREex – que tem por principal objetivo o auxílio financeiro, de acordo com o Edital Nº 03/2016PROPG. Esse auxílio se destina a docentes permanentes dos Programas de pós-graduação da Unesp. Trata-se de um fator positivo, como apoio para se realizar estágios no exterior em Instituições de reconhecida excelência científica e tecnológica. Por sorte, dentre os inúmeros candidatos inscritos, o escolhido foi o docente Irineu Aliprando Tuim Viotto Filho, da FCT.

O Professor Tuim desenvolveu na região de Presidente Prudente um trabalho de intervenção e pesquisa no Lar e nas Escolas de Ensino Fundamental, junto ao seu Grupo de Pesquisa. O assunto despertou o maior interesse em termos regionais, razão pela qual foi escolhido para ser levado ao Exterior. Com isso, espera-se importante manifestação do setor acadêmico de Oxford e outras Universidades britânicas a respeito do assunto.

Em sua atividade acadêmica na FCT/Unesp, ele tem sido bastante requisitado para as mais diversas atividades. Inclusive como Orientador dos candidatos que defendem – através dos Programas de pós-graduação – dissertações de Mestrado ou teses de Doutorado em Educação e outros cursos. Sua atuação se dá especialmente como membro atuante do Grupo de Estudos, Intervenção e Pesquisa em Educação Escolar e Teoria histórico-cultural/GEIPP.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
O Prof.Dr.Irineu Aliprando Tuim Viotto Filho, da FCT/Unesp tem sido bastante requisitado pelo Programa de pós-graduação como Orientador dos candidatos aos titulos de Mestrado ou Doutorado.

Clique para ampliar!
Depois dessa escalada como docente, o Professor Tuim foi especialmente convidado para realizar estágios numa Instituição de reconhecida excelência científica e tecnológica, que é a Universidade de Oxford/Inglaterra.

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP

jun 23

Tendo como autores Édison Trombeta de Oliveira e Arilda Inês Miranda Ribeiro, foi lançado no Auditório/Discente V da Faculdade de Ciências e Tecnologia, um novo livro: “Memórias docentes sobre o início da Unesp em Presidente Prudente”. A nova publicação da Editora CRV está à disposição de todos os interessados, ao preço promocional de R$ 47,90. http://www.editoracrv.com.br/index.ph?f=produto detalhes&pid=31460
Segundo os autores, o público do livro é bem heterogêneo. Pelo lado acadêmico, pesquisadores da área de história, de educação e de comunicação podem se interessar, por tratar da intersecção entre essas três áreas e ter contribuições, tanto metodológicas quanto de conteúdo específico a elas. No entanto, o público em geral pode lê-lo, uma vez que, para além da teoria, o objetivo do livro é algo próximo de todos; e, na parte mais “prática” da obra, ela assemelha-se um pouco a uma narrativa da história da Unesp no período, os principais acontecimentos e conseqüências.

Há várias curiosidades no livro… Mas tem uma bem legal – diz Édison Trombeta de Oliveira – que acrescenta: “É que nós gostaríamos de ter conversado com a Atriz Aracy Balabanian, pois o irmão dela, Armén Mamigonian, foi docente da Instituição no período de instalação da UNESP e ela veio até Presidente Prudente em uma manifestação pela manutenção dos cursos na cidade”. Então, segundo os relatos, ela veio e houve bastante gente nesse evento. Foi marcante para alguns entrevistados.

A entrevista que não aconteceu

Édison acrescenta em sua explicação sobre o que escreveu juntamente com a Profª.Drª. Arilda Inês Miranda Ribeiro: Insisti bastante com a Assessoria de Imprensa dela (Aracy Balabanian), que poderia ser até uma entrevista por telefone; e quando estava tudo certo, uma série de imprevistos acabou impedindo que a entrevista ocorresse… Uma pena ! Édison Trombeta é Doutorando em Educação – USP – Mestre em Educação – FCT/UNESP – e Designer Instrucional.

O ato de lançamento do livro: “Memórias docentes sobre o início da Unesp em Presidente Prudente” verificou-se na tarde de 20 de Junho de 2016. Presença dos autores junto à Mesa Diretora, presidida pelo Prof.Dr.Marcelo Messias, Diretor da FCT/Unesp, prestigiados com a participação de vários docentes que integram a Congregação da Faculdade.

Prefácio a dois

O Prefácio é assinado respectivamente pelo Diretor e Vice-Diretor da FCT/UNESP, Profs.Drs.Marcelo Messias e José Carlos Silva Camargo Filho. Ocupando duas páginas e meia da publicação, acentuam que a Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Presidente Prudente foi criada em 1957, vindo a funcionar dois anos depois, isto é, em 1959. Os primeiros cursos autorizados foram: Geografia e Pedagogia. Posteriormente os cursos de licenciaturas em Ciências e Estudos Sociais.

No ano de 1976, o Governo do Estado de São Paulo uniu os Institutos Isolados de Ensino espalhados pelo interior (incluindo a FFCL), criando a UNESP – Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”. A partir dessa encampação, a FFCL passou a ser denominada IPEA – Instituto de Planejamento e Estudos Ambientais – da Unesp. Finalmente em 1989, recebeu a denominação definitiva de Faculdade de Ciências e Tecnologia, ou FCT/UNESP. Nesse sentido, em 2016, tanto a Unesp como a Faculdade de Ciências e Tecnologia comemoram 40 anos como Instituição de Ensino Superior (público) no Estado de São Paulo.

Expectativa pelo Centenário da cidade

Em 2017 Presidente Prudente chegará aos 100 anos de fundação. Numa relação de reciprocidade, a Faculdade de Ciências e Tecnologia foi influenciada e exerceu influência sobre a região de Presidente Prudente. Há – conforme escreve o Professor Marcelo Messias – sob esse ponto de vista, vários motivos para comemorações. E é nesse momento que a FCT brinda a comunidade prudentina com o presente livro: ‘’MEMÓRIAS DOCENTES sobre o início da UNESP em Presidente Prudente”- busca por meio de imagens (1975-1980). Autoria de Édison Trombeta de Oliveira e Arilda Inês Miranda Ribeiro.

Pesquisa levou 2 anos para ser concluída

Os autores do livro informaram que a pesquisa de mestrado desenvolvida, até sua conclusão levou dois anos de duração. “Depois disso, começamos a pensar da publicação desse material. Considerando que a defesa de mestrado ocorreu no 2º semestre de 2014 e o livro ficou pronto no 1º semestre de 2016, soma-se aí mais um ano e meio pra mais ou pra menos”.

Entrevistados

Foram entrevistados: Leny Teixeira (professora aposentada da casa); Eliseu Savério Spósito (foi aluno e funcionário da Unesp e ainda Professor); Maria Encarnação Beltrão Spósito (esposa de Eliseu,também e ainda professora); Ruth Künzli (professora aposentada da Unesp,que continua na vida acadêmica); Helena Faria de Barros (professora aposentada da casa); Marcos Alegre (professor aposentado e ex-Diretor da FCT); Theresa Marini (professora aposentada da casa); Alvanir de Figueiredo (professor aposentado da casa e ex-Diretor da FCT, falecido recentemente) e Lúcia Ferri (professora aposentada).

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
“Memórias docentes sobre o início da Unesp em Pres.Prudente”, constituiu o mais recente lançamento editorial. O ato foi presidido pelo Diretor, Prof.Dr.Marcelo Messias.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
O ato de lançamento realizado no Auditório/Discente V da FCT/Unesp reuniu na mesa diretora, o autores: Édison Trombeta de Oliveira e Arilda Inês Miranda Ribeiro.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
O Prof.Dr.Marcos Alegre (ex-Diretor da FCT/Unesp e Professor Emérito, foi um dos primeiros a receber o novo livro, o que o levou a tecer considerações a respeito.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
A sessão de autógrafos verificou-se logo após a cerimônia de apresentação pelos seus autores, prestigiados com a presença de inúmeros docentes da antiga e nova geração.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Os familiares do Jornalista, Mestre e Doutorando/ Educação, Édison Trombeta de Oliveira (incluindo o avô), compareceram ao lançamento do livro em tarde de autógrafos.

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP

jun 22

Com a presença da “Velha Guarda” e docentes da nova geração, foi entregue à Profª.Drª.Theresa Marini o título de ‘’Professor Emérito’’, concedido pela Douta Congregação da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp – Câmpus de Presidente Prudente/SP. A honraria aconteceu no Auditório do Discente V, onde se desenvolveu a Sessão Solene, presidida pelo Prof.Dr.Marcelo Messias, Diretor da FCT/Unesp. Esse título, por tradição é conferido aos Professores Aposentados, que tenham alcançado Grau Eminente no Ensino e na Pesquisa.

Com a formação da mesa, constituída por docentes do Departamento de Educação, Comissão de Honra e Chefes de Departamentos, foi anunciada juntamente com o cortejo, a entrada ao Recinto da homenageada. A Professora Doutora Theresa Marini ingressou no Auditório, ladeada pelos docentes: Onaide Schwartz Correa de Mendonça; Yoshie Ussami Ferrari Leite; Maria Cristina Rizk; Silvânia Lanfredi Nobre e Alberto Albuquerque Gomes. A abertura da cerimônia foi presidida pelo Prof.Dr.Marcelo Messias.

Instalada a Sessão Solene, foi concedida a palavra inicial à Profª.Drª.Yoshie com o pronunciamento panegírico à homenageada. A seguir, falaram: o Prof.Dr.Miguel Madeira – docente do Câmpus da Unesp/Araçatuba – parceiro da docente homenageada no Projeto “Pedagogia Universitária” – Profª.Drª.Maria Encarnação Beltrão Spósito (ex-aluna da docente homenageada), o discente Hélio Santos Alves Maria – membro da Congregação – e finalizando a 1ª parte da cerimônia, a leitura do Termo de Outorga pela Diretora Técnica Acadêmica da FCT/Unesp, Sra.Antonia Aparecida Escaioni.

O ato seguinte foi a entrega do “Capelo”, que representa o Domínio do Conhecimento de uma determinada área da Ciência, pelo Prof.Dr.Marcelo Messias, que se pronunciou logo após; no caso, a área de Ciências Humanas da Professora homenageada. Finalizando a solenidade, usou da palavra a Professora Theresa Marini, com seu aguardado pronunciamento. Ela agradeceu a presença e o apoio da Congregação e de todos os membros que atuaram e continuam atuando na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp – Câmpus de Presidente Prudente.

O discurso do Diretor da FCT/Unesp

O Prof.Dr.Marcelo Messias, iniciou seu discurso ressaltando os momentos difíceis em que passou a FCT/Unesp, desde sua criação até os dias de hoje, com várias fases. “Teve vários nomes: criou, extinguiu e criou novamente diferentes cursos. Passou por momentos difíceis (como os que estamos vivenciado hoje); e por momentos de intenso progresso. E a Professora Theresa, mais do que qualquer um de nós neste Auditório, vivenciou muitos desses momentos”. Professor Marcelo destacou em seu discurso, a importância da FCT/Unesp – uma das maiores e mais importantes unidades do Estado de São Paulo.

Em seguida, o orador destacou os 12 cursos de graduação (alguns funcionando em dois períodos); 10 programas de pós-graduação; cerca de 220 professores; 215 servidores técnico-administrativos e mais de 3.600 alunos. A trajetória percorrida para chegar a esse patamar – disse – se fez com o trabalho de muitos: docentes, servidores, alunos e o reconhecimento da comunidade local e regional. Na sua essência, uma Instituição é representada, reconhecida e identificada com as pessoas que a constituem.

“Na mais justo, então, do que homenagearmos aqueles, que com o seu trabalho e dedicação, deram significativa contribuição para que a FCT se desenvolvesse, progredisse em todas as suas dimensões; e chegasse onde hoje se encontra – como é o caso da Professora Theresa Marini, nossa homenageada neste dia. Segundo uma fonte que consultei, Professor Emérito é um título conferido por uma entidade de ensino a seus professores já aposentados, que atingiram o grau de projeção no exercício de sua atividade acadêmica”. É concedido de forma rigorosa àqueles profissionais que se destacaram em sua área de atuação pela relevância e ou magnitude de sua produção e atividade científica, desfrutando de grande reconhecimento pela comunidade acadêmica. E o texto termina assim: “Trata-se da maior honraria existente hoje no meio acadêmico”.

Um título que muito nos orgulha !

Na continuidade de seu pronunciamento, o Prof.Dr.Marcelo Messias ressaltou: “Finalizo, parabenizando a Profª.THERESA, por esse título tão importante, que muito nos orgulha. Em nome da Professora Theresa, neste momento especial, parabenizo também a todos os demais professores que atuaram e atuam na nossa FCT/UNESP, por sua dedicação e empenho”.

Concluindo: “Que todos possamos ao final da caminhada, olharmos para trás e dizermos: VALEU A PENA! É o pensamento, que acredito, passa pela cabeça de todos nós em momentos como esse. São exemplos como o da Professora Theresa Marini e de muitos outros, que se destacam em suas atividades em prol da Educação, em todas as suas dimensões”. Muito Obrigado! (Marcelo Messias).

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
No Auditorio/Discente V da FCT/Unesp, realizou-se uma sessão solene da Congregação, para outorga do título de “Professor Emérito” conferido à Profª.Drª.Theresa Marini.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
O ato aconteceu na manhã de 17 de Junho e foi bastante prestigiado. Não só pela Diretoria e Congregação da Faculdade, mas também por servidores, docentes e ex-docentes.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Representando a Unesp – Câmpus de Araçatuba – a saudação do Prof.Dr.Miguel Madeira – parceiro da homenageada – num Projeto denominado “Pedagogia Universitária” .

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
A solenidade em homenagem à Professora Theresa Marini, foi abrilhantada pela “Camerata” do Maestro Luizão, que deu um toque de beleza e sensibilidade nesse evento.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Aqui, o momento de maior importância nesse evento significativo: a entrega do Capelo e do Título à Professora homenageada, pela brilhante atuação entre 1965/1993.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Palavras de agradecimento da homenageada, Profª. Drª.Theresa Marini, de atuação destacada na Unesp – e por todos os méritos – digna do reconhecimento público.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Nestsa homenagem tributada a uma docente incomparável, presença de personalidades marcantes de nossa história: Professores Benjamin Resende e Armén Mamigonian.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Cirton Genaro – famoso pela sua criatividade nas artes plásticas – juntamente com os Profs.Yoshie, Marcelo Messias e Helena Faria de Barros, abraçando a homenageada.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Amigos e ex-companheiros que se reencontram no Câmpus Universitário da Unesp, num dia inesquecível: Profs.: Eliseu, Maria Encarnação (Carminha),Ruth Künzli e outros.

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP

jun 20

Nos dias 7, 8 e 9 de Junho, realizou-se no Boulevard “Messias Meneguette Jr” e no Auditório Discente V da FCT/Unesp o 1º Ciclo de Seminários Cientifico e Cultural, com palestras proferidas por vários docentes e convidados de outras unidades educacionais. Os temas abordados foram os mais diversificados, especificamente voltados para os setores que fazem parte do circuito cientifico e cultural, fizeram parte das comemorações alusivas à Semana do Meio Ambiente em Presidente Prudente.

Química, Física, Solos e Geologia destinados a alunos de graduação , pós-graduação, bem como, Professores e Profissionais da área, aos quais foram conferidos Diplomas como participantes. Nas Oficinas que foram desenvolvidas durante o período, houve participação aproximada de 60 candidatos. A informação foi dada por Nikele Maiara Milani, integrante do CEMAARQ – Deptº de Planejamento da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp – Câmpus de Presidente Prudente – SP.

No balanço geral: 482 alunos provenientes de Escolas públicas e particulares, de Presidente Prudente e região; 14 Profissionais de Educação Básica; 8 alunos de graduação da FCT/Unesp. Nesse evento, que durou três dias, houve representação de 7 comunidades em termos de participação, evidenciando que o assunto ganhou prestígio de maior interesse pelos temas abordados.

Diga-se de passagem: a participação escolar foi muito bem desenvolvida por estudantes de várias cidades, que se deslocaram até Presidente Prudente. A maioria, freqüentando o Ensino Fundamental e Médio. Daí, a importância desse Seminário voltado à comunidade, que alcançou ampla repercussão em toda a região. Presença honrosa de pais de alunos, professores, coordenadores de ensino. Entre os quais, graduandos dos cursos da FCT/Unesp e outras Instituições de Ensino Técnico e Superior.

Palestras e Mesa Redonda

Na programação de abertura do Ciclo Científico e Cultural (dia 08/ Junho), a 1ª palestra versou sobre: “A utilização dos Experimentos no Ensino de Ciências”, às 19 hs no Auditório do Discente V. No dia 09/Junho – no mesmo horário noturno – a palestra: “Panorama da Cerâmica Latinoamericana – Vestígios e memórias”. No último dia (10/Junho),às 9hs: Mesa redonda no Anfiteatro I, com o tema: “Geologia, Meio Ambiente e Ensinando solos”. Às 14hs, no Laboratório de Geologia – Oficina Prática – “Pintando com solos”.

Conforme relato de Nikele Maiara Milani – do CEMAARQ – que organizou o evento cultural sob a coordenação da Profª.Drª. Ruth Künzli, houve participação dos seguintes Educandários: dia 7/Junho: Colégio São Paulo – Ensino Médio: 50 alunos; Colégio Gisele Dalefi – 4º ano – 25 alunos; MA-José Barbosa Castro Toledo/Pirapozinho – 2º ano: 60 alunos; ETEC Prof. Milton Gazzeti – Presidente Venceslau – 50 alunos.

No dia 8/Junho – EE Olga Yassuko Yamashito – 49 alunos; ETEC Prof.Milton Gazzeti – Presidente Venceslau – 80 alunos; EMEF Maria Madia Poleto – Indiana – 3º ano do Ensino Fundamental : 16 alunos. No último dia -9/Junho – Colégio Cristo Rei – Pres.Prudente – 6º ano – 36 alunos; Colégio Escoteco – 6º ano – 23 alunos; EE Olga Yassuko Yamashita – Pirapozinho – 9º ano – 75 alunos e Escola Teófilo Gonzaga: 18 alunos. Realização: Circuito Científico e Cultural, em convênio com o MEC/SESU – Siconv – PROEXT.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Na Semana do Meio Ambiente, o CEMAARQ da FCT/Unesp promoveu o 1º Ciclo de Seminários do Circuito Cientifico e Cultural.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
O evento consistiu na realização de três palestras proferidas por convidados especiais que abordaram temas os mais diferentes.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
A programação de palestras se desenvolveu no Auditório/ Disc. a partir do dia 7/Junho – às 14hs – e no final,10/Junho: Mesa redonda.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
As atividades culturais e científicas despertaram o maior interesse parte dos estudantes que vieram de várias cidades da região de Prudente.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Para entretenimento de centenas de participantes do evento promovido pelo CEMAARQ, uma nova apresentação da “Troupe Quimiatividade”.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
No Anfiteatro I e Laboratório de Geologia, foram desenvolvidas outras atividades no encerramento do evento” Semana do Meio Ambiente”.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Nos intervalos de cada noite ou dia, sempre houve uma “pausa” para o Coffee Break, no Boulevard – anexo ao Auditório do Discente V.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
No local de realização do 1º Ciclo de Seminários do Circuito Científico e Cultural, uma ampla exposição de peças do acervo da Arqueologia Indígena.

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP

jun 19

Sob a coordenação e mediação do Prof.Dr.Hélio Hirao, do Deptº de Planejamento, Ambiente e Urbanismo da FCT/Unesp/Câmpus de Presidente Prudente, realizou-se no dia 15 de Junho – no Auditório do Discente V – o Seminário: Paisagem, Patrimônio e Projeto – Preservação e Intervenção. Presença e participação de conferencistas especialmente convidados. Entre eles, docentes da UEM, UEL, FAAC/Unesp e bolsistas de graduação em Arquitetura e Urbanismo, Ciência da Computação e Engenharia Cartográfica.

A abertura verificou-se às 14hs com a Intervenção Projetual, pela Profª.Drª.Karim Schwabe Meneguetti, da Universidade Estadual de Maringá/UEM-PR. A seguir: Preservação das paisagens históricas – Inventário e Avaliação pelo Prof.Dr.Humberto Yamaki, da Universidade Estadual de Londrina/ UEL-PR, seguido pela Mestranda da UEM, Laís Hanro A.Lima, que abordou aspectos da preservação de bens históricos,através dos espaços livres urbanos. No período das 16 às 17h20, abordagem do Projeto “Memória Ferroviária e a experiência com SIG”pelo Prof.Dr Éverton Henrique Morais –Mestre da FAAC/Unesp.

Na etapa final – após as 17h20 – Inventário do Cemitério Típico Japonês de Álvares Machado/SP. Banco de dados, sítio Internet e aplicativo-Projeto PROExt/Mec2013, com os bolsistas de graduação: Maria A.Frizarim e Natália M.F.Moraes; Gabriel C.Santana, Thiago G.Lima e Beatriz G.Ataíde.

Paisagem e Patrimônio

O Seminário desenvolveu as polêmicas questões da Paisagem e Patrimônio, debatendo as possibilidades de preservação e intervenção, tanto do ponto de vista téorico-metodologico como do estudo de casos de cidades de pequeno e médio porte do estado de São Paulo e Paraná. Assim como, possibilitou ao projeto de extensão ProExt Mec 2013 “O inventário como preservação do patrimônio histórico e arquitetônico do oeste paulista: o cemitério da colônia japonesa de Álvares Machado SP” apresentar o resultado parcial de suas atividades recebendo contribuições para seu desenvolvimento.

A Profa. Dra. Karin Schwabe Meneguetti da Universidade Estadual de Maringá na sua palestra Preservação do Patrimônio Paisagístico abordou o conceito de Paisagem na geografia e na teoria da Restauração e analisou o estudo de caso da cidade de Maringá e a preservação e intervenção do seu patrimônio paisagístico. A organização desse evento se deve ao NEPP – Núcleo de Estudos em Patrimônio e Projeto do Departamento de Planejamento, Ambiente e Urbanismo.
O Prof. Dr. Humberto Yamaki da Universidade Estadual de Londrina na sua palestra Caráter de Paisagens Históricas, Inventário e Avaliação (Paisagem Cênica e Etnográfica) apresentou seu procedimento metodológico de avaliação das Paisagens e demonstrou aplicações em dois estudos de caso, um em Londrina e outro em Álvares Machado.

A Mestranda Laís Hanson A. Lima da Universidade Estadual de Maringá desenvolveu a palestra Patrimônio e Paisagismo- a preservação de bens históricos através dos espaços livres urbanos. Falou sobre a questão das preservações de paisagens de ruínas e as suas várias vertentes, tanto da teoria da restauração como da geografia, analisando estudos de casos nacionais e estrangeiros.

O Mestre Ewerton Henrique de Morais pela FAAC/ UNESP fez a palestra: Projeto Memória Ferroviária e a experiência com SIG. Tratou do desenvolvimento da pesquisa do projeto Memória Ferroviária e o percurso téorico-metodologia na construção de um inventário do Patrimônio Ferroviário Paulista através da construção de um SIG e suas várias camadas.

Os alunos bolsistas do ProExt Mec 2013-SESU falaram sobre o projeto de extensão: Inventário do Cemitério Japonês de Álvares Machado, banco de dados e portal web. Foram mostrados os resultados parciais da pesquisa desenvolvida, desde o processo de construção do inventário. Passando pelo Banco de Dados até o Portal Web, para computadores e celulares. Conduzindo o debate nos momentos finais, o Prof. Dr. Hélio Hirao/ FCT UNESP que fez a mediação.

Evento inédito

Esse evento inédito realizado em Presidente Prudente, surgiu como um importante momento transitório para o desenvolvimento da questão relacionada à Preservação e Intervenção sobre as Paisagens. As ações preservacionistas enfocam por demais o edifício. Esquecendo dos espaços, entre construídos e a transformação de seus significados ao longo do tempo. Bem como sua adaptação às necessidades do mundo contemporâneo.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Conferencistas especialmente convidados vieram participar deste importante evento promovido pelo Núcleo de Estudos em Patrimônio e Projeto/NEPP da FCT/Unesp.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
O assunto despertou a atenção de professores, estudantes e profissionais de Engenharia e Arquitetura. O Anfiteatro 6 da Faculdade de Ciências e Tecnologia/Unesp esteve superlotado.

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP