fev 27

A Seção Técnica de Pós-Graduação da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp – Campus de Presidente Prudente /SP – registrou no decorrer dos meses de Janeiro e Fevereiro de 2015, nada menos que 20 dissertações de Mestrado e 7 teses de Doutorado defendidas publicamente. Os temas foram os mais diversificados e envolveram estudantes, orientadores e docentes previamente designados para compor as Comissões Examinadoras que se reuniram em sua maior parte no Anfiteatro II da FCT/Unesp.

As teses de Doutorado foram defendidas pelos candidatos: dia 13/Janº: Reinaldo José de Souza (Programa de Pós-Gradução em Geografia), tendo como Orientador o Prof.Dr.Messias Modesto dos Passos. Tema:”Raia divisória ou raia socioambiental? Uma (re) definição baseada na análise da paisagem, através do Sistema GTP”. No dia 21/Janº: Sérgio Pereira de Souza (Programa de Pós-Graduação em Geografia), tendo como Orientadora a Profª.Drª.Rosângela Aparecida de Medeiros Hespanhol. Tema: “Políticas públicas e desenvolvimento territorial: o Programa de Territórios da Cidadania no Estado de São Paulo”.

No dia 02/Fevº, apresentou-se perante a Comissão Examinadora, o candidato Jean Italo de Araujo Cabrera, para sua defesa de tese de Doutorado (Programa de Pós-Graduação em Geografia), tendo como Orientadora a Profª.Drª. Ruth Künzli. Tema:”O espaço ocupado pelo homem pré-histórico no Oeste Paulista: o caso do Sitio Arqueológico Lagoa São Paulo – 02”. No dia 04/Fevº: Andreia Nunes Militão defendeu tese de Doutorado (Programa de Pós-Graduação em Educação), tendo a Profª.Drª.Yoshie Ussami Ferrari Leite, como Orientadora. Tema:”A complexidade da administração/gestão escolar em sua dimensão pedagógica: limites e possibilidades”.

Na continuidade dos trabalhos desenvolvidos na FCT/Unesp, outras sessões de defesa pública de teses de Doutorado/Geografia, por Aline Weber Sulzbacher (dia 06/Fevº), sob orientação do Prof.Dr.Antonio Nivaldo Hespanhol. Tema:”Política, Território, Poder e Agroindustrialização em Assentamentos de Reforma Agrária no Rio Grande do Sul”. No dia 12/Fevº apresentou-se à Banca Examinadora, o candidato Allaim Wilham Silva de Oliveira, do Programa de Pós-Graduação em Geografia, tendo o Prof.Dr.Antonio Nivaldo Hespanhol, como seu Orientador. Tema escolhido:”Inovação social e sua relação nas políticas públicas”.

Finalmente, no dia 23/Fevº foi desenvolvida mais uma defesa de tese de Doutorado/Programa de Pós-Graduação em Geografia, pela candidata Sandra Medina Benini. A Orientadora foi a Profª.Drª.Encarnita Salas Martn e o tema defendido: “Infraestrutura verde como prática sustentável para subsidiar a elaboração de planos de drenagem urbana: um estudo de caso da cidade de Tupã/SP”.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Perante a Comissão Examinadora, a candidata Sandra Medina Benini do Programa de Pós-Graduação em Geografia defendeu tese de Doutorado no Anfiteatro II, dia 23/Fevº.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
A tese defendida publicamente teve a orientação da Profª.Drª. Encarnita Salas Martin, do Departamento de Planejamento, Urbanismo e Meio Ambiente, da FCT/Unesp.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
A tese de Doutorado/Geografia, defendida pelo candidato Jean Italo de Araujo Cabrera noAnfiteatro II da FCT/Unesp, realizou-se no dia 02/Fevº, sendo uma das primeiras do ano.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Para desenvolver sua tese nesta defesa pública, o candidato ao Doutorado/recebeu total orientação da Profª.Drª. Ruth Künzli, da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp.

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP

fev 27

Para marcar a abertura do ano de 2015 na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp – Câmpus de Presidente Prudente – o curso de Pós-Graduação em Fisioterapia promoveu sua aula inaugural na última terça-feira, dia 24 de Fevereiro no Anfiteatro 2. O Anfiteatro ficou superlotado. Foi um trabalho desenvolvido sob a coordenação do Professor Doutor Carlos Marcelo Pastre, da FCT/Unesp; e reuniu grande número de estudantes, bem como docentes de Fisioterapia e Educação Física. Da nova turma do curso de Pós-Graduação compareceram 12 alunos, além de dezenas de veteranos.

Especialmente convidada, a Profª.Drª.Tânia de Fátima Salvini, da UFSCar -Universidade Federal de São Carlos – se fez presente, representando como docente da Fisioterapia, toda a Diretoria da FAPESP. Ao ministrar a aula inaugural (que durou cerca de duas horas), a docente desenvolveu o tema: “Desafios para a pesquisa no Brasil e implicações para a área de Fisioterapia”. O encontro foi aberto especialmente para alunos e professores da FCT/Unesp e teve como público principal os Departamentos de Fisioterapia e Educação Física.

Tal iniciativa faz parte das estratégias para a consolidação do Programa de Pós-Graduação em Fisioterapia, A palestra desenvolvida com ampla abordagem sobre os desafios da pesquisa em Fisioterapia (sob a ótica da FAPESP), traçou um panorama dos investimentos e produção de impacto para a área do mundo, do país e do Estado de São Paulo.

A Professora Tânia de Fátima Salvini foi questionada por vários estudantes de Pós-Graduação. E respondeu a todas as questões técnicas sobre o processo de avaliação pela Agência de Fomento (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo), sobre expectativa dos financiadores, a respeito das demandas a serem encaminhadas.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Representando a Diretoria da FAPESP, a Profª.Drª.Tânia de Fátima Salvini (UFSCar), ministrou a 1ª aula de Pós-Graduação/2015 em Fisioterapia, na FCT/Unesp.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Além de estudantes de Pós-Graduação (novos e veteranos), também houve participação na aula-inaugural de docentes dos cursos de Fisioterapia e Educação Física.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Após concluir sua palestra, a Professora Tânia foi questionada por vários alunos de Pós-Graduação em Fisioterapia e Educação Física. Coordenação do Prof.Dr.Carlos Marcelo Pastre.

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP

fev 16

O índice de comparecimento de calouros para matrículas aos 12 cursos de graduação deste ano na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp – Câmpus de Presidente Prudente – foi surpreendente: 522, de um total e 640 vagas. Geografia foi o curso de maior procura, restando agora apenas uma vaga no período noturno, seguido de Educação Física, que disponibiliza duas últimas vagas.

A escolha de cursos de graduação se faz no local de funcionamento das disciplinas, o que privilegia os candidatos aprovados na 1ª chamada do Vestibular Vunesp nos dias 11 e 12 de Fevereiro. A próxima chamada ocorre nos dias 19 e 20 de Fevereiro; e uma 3ª e última chamada nos dias: 26 e 27 de Fevereiro. O início das aulas está previsto para 27 de Abril de 2015.

Guilherme Uchoa – Supervisor Técnico de Graduação da FCT/Unesp – informou que o número de matrículas verificado no 1º dia (11/Fevº) foi de 383 e no dia seguinte, outras 139 matrículas, totalizando assim, 522. Para realizar o trabalho de acolhida e atendimento aos visitantes, a Seção Técnica de Graduação mobilizou 9 funcionários, além da cooperação do SETAEP (Seção Técnica de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Extensão) com 6 funcionários, Diretório e Centro Acadêmicos, Empresas Juniores, Atlética e Banda Furiosa.

O que mais chamou a atenção dos visitantes foi o desempenho da Seção Técnica de Graduação, juntamente com servidores, alunos, professores e voluntários. Todos eles se disponibilizaram a receber da melhor forma todos os calouros e seus acompanhantes em número bem elevado. Muitos deles vieram de pontos distantes, a começar pela Capital do Estado e grandes centros regionais, assim como outros Estados, especialmente o Paraná, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais.

Clique para ampliar!

Trote proibido

Como já é habitual, todos os anos os Calouros são recepcionados no 1º dia de aula. Muitas vezes de forma indisciplinada e desrespeitosa, sendo ofendidos e até agredidos com violência. Não é este o conceito válido para quem quer que seja. A Diretoria da FCT/Unesp condena veementemente o Trote e está advertindo mais uma vez que “não será tolerado qualquer tipo de ato estudantil que cause, a quem quer que seja, agressão cívica, moral ou outras formas de constrangimento, dentro ou fora do espaço físico da Universidade”.

No Artigo 3º – Parágrafo 1º: “A transgressão ao contido no caput deste Artigo será considerada falta grave, importando na aplicação das penalidades de expulsão ou suspensão previstas no regime disciplinar da Universidade, após processo administrativo, assegurados o contraditório e o direito de ampla defesa”. Todo e qualquer ato desrespeitoso será objeto de sindicância e de eventual punição, conforme Resolução Unesp 86/89.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Na chegada ao Câmpus da FCT/Unesp todos são acolhidos com os votos de Boas Vindas, em nome da Diretoria, Docentes e Discentes.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Veteranos e calouros se encontram pela primeira vez -, e juntos a partir de 27 de Abril – com certeza, todos se sentirão em casa.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Os que se encontram ou todos aqueles que aqui chegam recebem completa orientação da Assistência Social a respeito de bolsa e moradia.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Os novos calouros da Unesp – além da boa acolhida – tiveram total orientação dos Veteranos e também de Professores, Servidores e Voluntários.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Para as matrículas dos aprovados na 1ª chamada do Vestibular Unesp, foi montado um esquema especial com a participação do Diretório e Centro Acadêmicos.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Os 12 cursos de graduação da FCT/Unesp têm hoje projeção nacional e internacional. Por isso, muitos vieram com a missãode apoio e solidariedade.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Cada Departamento da FCT/Unesp se mobilizou para acolher e orientar os novos alunos de graduação. Lembrando-os que o Trote está proibido!.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Todos que vieram e outros calouros que serão chamados para a vida universitária a partir de 27/Abril, receberam as boas vindas de Guilherme Uchoa.

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP

fev 15

Foi realizado no dia 06 de Fevereiro de 2015, no Anfiteatro 1 da FCT/Unesp em Presidente Prudente – SP o 2º CartoHelp, desta vez com o tema Empreendedorismo. O evento foi organizado pela EJECart – Empresa Júnior de Engenharia Cartográfica, e contou com o Apoio da MundoGEO, GEOeduc, Grupo de Educadores Google – Presidente Prudente, FCT/Unesp e a Liga das Empresas Juniores de P. Prudente. O evento teve início as 14h tendo a presença de três palestrantes, sendo eles Diego Andreasi, Fábio Parigi e EJECart.

O primeiro palestrante foi Diego Andreasi, ele que é professor de marketing no centro Paulo Sousa, e conselheiro organizacional para pequenas empresas. Graduado em Administração e MBA em Marketing e Gestão de Vendas. É colunista do portal Administradores.com, o maior site de Administração do Brasil, além de escrever semanalmente em seu blog.

O segundo palestrante foi Fábio Parigi, apaixonado por empreendedorismo e pela compreensão de competências necessárias para o sucesso no ambiente deste. É sócio fundador da Parigi Consultoria, de atuação focada em consultoria em Sistemas de negócios. Graduado em Informática Industrial e Ciência da Computação pela FCT/Unesp, atuou por quatro anos na Empresa Júnior do seu curso, no cargo de Diretor de Projetos. Atualmente escreve como colunista no blog do Instituto de empreendedores Universitários, no qual também participa do Programa de Formação de Instrutores.

O terceiro palestrante foi a própria Empresa Júnior, sem fins lucrativos, na área da Engenharia Cartográfica. Tem por objetivo prestar serviços e dar consultoria em projetos cartográficos. A diretoria é composta exclusivamente por alunos do curso de graduação em Engenharia Cartográfica da Unesp de Presidente Prudente-SP. A EJECart, primeira Empresa Júnior de Engenharia Cartográfica do Brasil, une o espírito empreendedor e a capacitação técnica proporcionados pela melhor faculdade em sua área. A empresa cumpre sua função social, retornando a sociedade que nos custeia serviços de qualidade a baixos custos operacionais.

Após a palestra o evento teve uma atividade dinâmica elaborada pelo Palestrante Diego Andreasi, que colocou os participantes para pensar, e encontrar a melhor solução para uma dada situação problema, mas para chegar a solução final era necessário que os membros discutissem entre si o que deveria ser feito, e como, até todos entrassem em um consenso.

Ao final do evento ocorreu o sorteio de dois brindes fornecidos pelos apoios MundoGEO e GEOeduc, foram eles uma assinatura anual da Revista MundoGEO e um curso online de escolha livre do ganhador pelo GEOeduc. O evento contou com o apoio também das Professora Doutora Arlete Meneguette, ao qual ministra a disciplina de Empreendedorismo na FCT/Unesp, a ideia de realizar um evento com o tema surgiu a partir de uma conversa entre a Professora e os alunos Anderson Arias e Jakison Xavier, ambos membros da Empresa Júnior e alunos da disciplina.

O 2º CartoHelp contou com a presença de 75 pessoas, sendo elas alunos da Unesp, de outras universidades e também não alunos, visto que o tema é muito amplo e interessa a qualquer pessoa que tenha vontade de iniciar ou melhorar o seu empreendimento.

O 3º CartoHelp está previsto para acontecer em Maio, ainda sem data e tema definidos, para mais informações basta acompanhar a Página da Empresa Júnior

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
No Anfiteatro I da FCT/Unesp, o tema “Empreeendedorismo” foi primeiro destaque especial de 2015 através do evento CartoHelp, realizado no dia 06 de Fevereiro.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Bastante prestigiado, o 2º CartoHelp foi organizado pela EJECart – Empresa Junior de Engenharia Cartográfica, com a participação de três palestrantes especiais.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
EJECart é a 1ª Empresa Junior de Eng.Cartográfica do Brasil, unindo espírito empreendedor e capacitação técnica proporcionados p/melhor Faculdade em sua área.

Clique para ampliar!
O sucesso dessa realização se deve em parte ao apoio que a EJECart tem recebido da FCT/Unesp, Liga das empresas Juniores de Presidente Prudente, MundoGEO, GEOeduc e Grupo de Educadores Google/Presidente Prudente. Graças a esse trabalho bem sucedido, o Empreendedorismo predomina.

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP

fev 05

Dois anos depois de uma bem sucedida promoção envolvendo estudantes universitários, professores e a comunidade local, a Unidade móvel da Editora Unesp programou seu retorno ao Câmpus da FCT/Unesp, que ocorre desde o inicio desta semana. Foi a 1ª Unidade da Unesp no interior de São Paulo a receber esse benefício para aquisição de livros com descontos de até 30% do valor real. Ao todo, 5 mil livros em exposição e venda, dos quais, 1.500 títulos à disposição dos interessados da cidade e região.

O Livreiro responsável, Sr. Jorge Menezes (45 anos) vem realizando essa importante missão há 20 anos e já esteve nesta cidade em outras ocasiões. Logo nas primeiras horas de atendimento – ao lado da Praça dos Tamarindos – admitiu que a recepção aqui verificada todas as vezes, foi calorosa e muito importante para a realização de seu trabalho. Nesta etapa, para seu assessoramento teve a oportunidade de contar com a presença, simpatia e apoio de Dani Pires, a postos na Livraria Unesp Móvel até a próxima 6ª feira. O atendimento vai das 10 às 20 hs.

Montada sobre um caminhão-baú com uma área útil de 20m2, a Livraria Unesp Móvel foi concebida para circular por todo o país, levando livros, em especial à cidades carentes de Livrarias e Bibliotecas. O Livreiro Jorge Menezes nos contou que depois de Presidente Prudente – escolhida como a 1ª cidade do interior de SP a receber a Unidade Móvel este ano – estão programadas novas visitas. Bauru será a próxima parada, coincidindo com o início do ano letivo na Unesp. Daí, a Unidade Móvel seguirá para outras regiões, não só de São Paulo, mas também do Paraná, Minas Geais e pela 2ª vez, o Rio de Janeiro.

Muitas vezes, a Livraria Unesp Móvel (que se constitui numa Loja), acaba se transformando em evento cultural para muitas cidades visitadas. Tornando-se até mesmo ponto de referência e atração dos Festivais Culturais e Artísticos, como aconteceu em 2014 na cidade de Tupã/SP durante a realização da 13ª Semana de Educação. E também: no Rio de Janeiro, Festival de Cinema Latinoamericano de São Paulo, Unicamp, Santo André, São Bernardo do Campo (UFABC) e Universidade Mackenzie.

Dani e Jorge Menezes são muito receptivos na prestação de serviços, orientando todas as pessoas que chegam à Unidade Móvel na área central do Câmpus Universitário com o propósito de conhecer e adquirir novas obras culturais ou científicas. Os compradores em sua maioria são estudantes e professores da Unesp. Mas também servidores e visitantes, que chegam a todo momento. E a maioria se surpreende com a variedade de livros e títulos.

A maior procura – segundo nos disseram – são os livros acadêmicos de Matemática e Geografia. Mas também, de Literatura Infantil, preferencialmente obras de autoria de Monteiro Lobato (Reinações de Narizinho), cuja edição de luxo custa R$45,00. Mas em compensação tem também “Reforma da Natureza” ao preço de R$14,00. Pelas fotos que estamos mostrando, é possível localizar outros títulos e até coleções disponibilizadas para o público interessado, até esta 6ª feira, dia 06/Fevereiro, das 10 às 20hs.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
A Unidade Móvel da Editora Unesp trouxe para Presidente Prudente cerca de 5 mil livros, dos quais, 1.500 títulos da mais alta importância. Atendimento até 6ª feira, às 20hs.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
O Livreiro Jorge Menezes, com sua experiência de 20 anos de atividades, sentiu-se muito prestigiado ao retornar a Presidente Prudente para o cumprimento de uma nova missão.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Dani Pires, marca presença na Livraria Unesp Móvel no Câmpus Universitário da FCT/Unesp como a 1ª Unidade do interior de São Paulo a ser visitada neste novo ano de 2015.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Nesta Loja que reúne cerca de 5 mil livros e 1.500 títulos, estão sendo feitos importantes lançamentos editoriais. São obras acadêmicas, Literatura Infantil, biográficas e outras.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
A Livraria Unesp Móvel está trazendo para o interior, obras inéditas com títulos os mais variados a fim de atender à exigência dos leitores de todas as categorias.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Títulos em exposição na Unidade Móvel: pelas fotos se pode avaliar a importância dessa promoção. Em alguns casos, desconto especial de até 30% e outros livros a partir de R$5,00.

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP

fev 02

No fechamento do mês de Janeiro/2015 e durante três dias, realizou-se no Câmpus da Unesp em Presidente Prudente, um Seminário de encerramento do Curso de Especialização em Geografia coordenado pelo Prof.Dr.Antonio Thomaz Júnior, do Centro de Estudos de Geografia do Trabalho/CEGeT – Deptº de Geografia – da Faculdade de Ciências e Tecnologia. A abertura verificou-se no Auditório V no dia 29, encerrando-se com uma mesa redonda e conferência no dia 31 de Janeiro. Tema adotado: Desenvolvimento Territorial, Trabalho, Educação do campo e saberes Agroecológicos, com a participação inicial dos debatedores: Sidney Todescato Leal e Gerson Oliveira.

Esse evento reuniu 44 educandos, assim como representantes de alguns Assentamentos do Pontal do Paranapanema (entre os quais, a Gleba XV de Novembro), interessados na solução dos problemas agrários atuais. Logo na abertura, completa abordagem sobre o Desenvolvimento Territorial, Conflito e Resistência. No período da tarde, os temas desenvolvidos se relacionaram à Juventude no campo: Perspectivas e dilemas; Desenvolvimento Territorial, Trabalho e Saúde, defendidos pelos debatedores: Eduardo Paulon Girardi, Márcio José, Fernando Heck e Ângelo Diogo, respectivamente.

No dia 30 de Janeiro, reunindo os principais interessados – incluindo debatedores e educandos – foi discutida a questão territorial e gestão da natureza, pelos docentes: José Mariano Caccia Gouveia e Luzimar B.França Jr.; a disputa territorial e a luta pela pemanência na terra, por Camila Ferracini Origuela e Leandro Nieves Ribeiro. À tarde, o tema foi outro: Educação do campo como estratégia de resistência, pelos debatedores: Rodrigo Simão Camacho e Márcia Ramos. No mesmo dia, outro tema: Questão Ambiental e saberes Agoecológicos, com Isabel Cristina Moroz e Fernanda Matheus.

No encerramento – dia 31/Janº – Trabalho e Gênero, tendo como debatedores: Maria Joseli Barreto e Ana Terra Reis; Educação do campo como uma política de desenvolvimento, com Rafael Rossi e Marisa de Fátima da Luz. Na Conferência de encerramento, presença e participação do Prof.Dr.Ricardo Pires de Paula, do Departamento de Geografia da FCT/Unesp e representando o Setor Nacional de Educação do MST, Cristina Vargas.

Expansão da monocultura da cana

No transcorrer da realização deste Seminário, alguns debatedores citaram a questão da expansão da monocultura da cana de açúcar; e as conseqüências para a agricultura camponesa, com ênfase especial para o Assentamento Gleba XV de Novembro no município de Rosana/SP. Foi uma alusão ao trabalho produzido pelo Prof.Dr.Antonio Thomaz Júnior e Glédson Mendes da Silva, através do Centro de Estudos de Geografia e do Trabalho/CEGeT.

Na atualidade, a estratégia do capital agroindustrial canavieiro visa melhorar os programas anteriores e dar prosseguimento ao processo expansionista do capital com maiores recursos através de financiamentos públicos, concentração da terra pública e exploração do trabalho. Os incentivos do governo – diz Thomaz Jr – são tão elevados que o plantio e a produção de cana de açúcar aumentaram nos últimos dez anos, em 100%.

Na década de 1970 ocorreram transformações nas matrizes energéticas, tanto na escala nacional quanto internacional, em decorrência de crise do petróleo. Os elevados preços do barril de hidrocarboneto acarretaram impactos para o Brasil, uma vez que o país não era autosuficiente para abastecer a demanda interna. O interesse pela nova fonte energética possibilitou a produção de álcool, tanto por parte do governo como dos usineiros.

E apesar do aumento do preço do petróleo, a criação do Proálcool se deu, principalmente pela pressão exercida pelas indústrias de equipamentos para usinas e destilarias, que as tornaram ociosas. O Proálcool – é importante ressaltar – reanimou a retomada da cana de açúcar em escala nacional; e beneficiou diretamente as empresas que aderiram ao Programa, a exemplo da Destilaria Alcídia, em Teodoro Sampaio/SP, que foi a pioneira, em 1981.

Com base nesse trabalho de autoria do Prof.Antonio Thomaz Júnior, um dos debatedores opinou que todas as fazendas do Pontal deixaram de produzir alimentos, para se dedicar exclusivamente à cultura da cana de açúcar destinada ao suprimento das Destilarias. Admite-se mesmo que entre 2007 e 2013 foram vendidas as piores terras a preços supervalorizados para as Usinas. Como conseqüência o plantio de cana de açúcar aumentou consideravelmente, de 5 mil para 35 mil hectares.

Na exposição dirigida aos educandos do curso de especialização em Geografia, um dos debatedores recordou com base nas pesquisas desenvolvidas pelo CEGeT, que os impactos da expansão da cana de açúcar e as conseqüências para a produção de alimentos são assuntos que tem preocupado os Assentados do Pontal do Paranapanema. O crescimento de novas áreas se dá em torno dos Assentamentos.

Falando a uma platéia constituída por assentados e educandos o debatedor concluiu seu pensamento com informações mais detalhadas sobre a degradação ambiental que vem ocorrendo no Pontal do Paranapanema. Lá, o uso de veneno (agrotóxico) mediante pulverização por aviões tem sido freqüente, o que já repercute na saúde dos trabalhadores, assentados e suas famílias. Além dos efeitos provocados pelas queimadas. No ato de operação aérea para aplicação de Agrotóxicos estão sendo impactadas diretamente todas as plantações. Os prejuízos são enormes e falta fiscalização. Inclusive do Ministério Público Estadual ou Federal.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
O Prof.Dr.Antonio Thomaz Júnior, representando o Centro de Estudos de Geografia do Trabalho, da FCT/Unesp, presidiu a abertura do Evento, juntamente com educandos e outros integrantes do CEGeT.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Desenvolvimento territorial, Conflito e resistência; Juventude no campo: Perspectivas e Dilemas, foram os temas abordados neste Seminário de Encerramento do Curso de Especialização em Geografia.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Assentados do Pontal do Paranapanema, membros do CEGeT e MST, assim como dezenas de educandos vieram especialmente para participar deste Seminário, realizado de 29 a 31 de Janeiro, no Auditório V da FCT/Unesp.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
A Turma Paulo Freire foi aqui representado por 44 educandos, provenientes de vários pontos do extremo-oeste paulista, especialmente das áreas de Assentamentos existentes no Pontal do Paranapanema.

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP

jan 30

Presidido pelo Prof.Dr.Marcelo Messias – Diretor da FCT/Unesp – foi aberta oficialmente no dia 26 de Janeiro, a XIX Disciplina Intersemestral – Evento “Catálise acelerando a Química para o Progresso da Ciência”, no qual foram envolvidas seis Universidades: UNESP, UNICAMP, USP, UFSCar, UFABC e UNIFESP. Pré-requisitos: Físico-Química (Cinética Química). Apos o ato de abertura foi executado o Hino Nacional Brasileiro, seguindo-se os pronunciamentos dos integrantes da mesa: Com destaque inicial para o Diretor da FCT e o Prof.Carlos José Constantino.

No decorrer da semana – até 30/Janº – foram desenvolvidos inúmeros trabalhos do Grupo Químicas Integradas G6 no Câmpus da FCT/Unesp em Presidente Prudente. Nessas atividades participação ativa de inúmeros docentes. Pela Organização do evento: UNESP (Araraquara,Bauru, S.J.Rio Preto e Pres.Prudente), Profª.Drª.Ana Maria Pires; representando a USP (São Paulo,Ribeirão Preto e São Carlos), a Profª.Drª.Beatriz Eleutério Goi; pela UNICAMP, o Prof.Dr.Valdemiro Pereira de Carvalho Júnior e representando a UNIFEST, o Prof.Dr.Antonio Carlos Dias Ângelo.

É bom ressaltar o desenvolvimento da programação no Câmpus da Unesp em Presidente Prudente, onde também participaram os docentes: Profs.Drs. Silvânia L.Nobre e Fábio Batista (MT). Os trabalhos do Grupo Químicas Integradas foram centralizados no Auditório/V e na Sala 05, Bloco VI (período da manhã). E também, no Anfiteatro II da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp. No perído da tarde, foram desenvolvidas outras atividades, tendo como local a Central de Laboratórios da FCT/Unesp.

O encerramento dessa Jornada intersemestral verificou-se (de conformidade com o que foi previamente programado), no dia 30 de Janeiro, mediante avaliação geral considerada de pleno sucesso.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
O XIX Disciplina Intersemestral do G-6, reunindo seis Universidades foi aberto no Auditório/Disc.V pelo Diretor da FCT/Unesp, Prof.Dr. Marcelo Messias no dia 26 de Janeiro. Encerramento em 30 de Janeiro.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
O evento (que é o 1º do ano),reuniu grande número de participantes da UNESP, USP, UNICAMP, UFSCar, UFABC e UNIFESP. Os trabalhos se desenvolveram com Palestras, Cursos, Tour, Laboratórios e outras atividades.

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP

jan 27

A Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp – Câmpus de Presidente Prudente – acaba de registrar a 1ª Colação de Grau do ano 2015, relativa a 34 formandos da turma 2014 do curso ministrado pelo Plano Nacional de Formação dos Professores da Educação Básica, que ocorreu na noite de 22/Janeiro no Anfiteatro do Discente V. Trata-se de um resultado do convênio celebrado entre a Unesp e a CAPES/MEC.O ato de abertura e presidência dos trabalhos foram desenvolvidos pelo Prof.Dr.Marcelo Messias, Diretor da FCT/Unesp, com o 1º pronunciamento da noite.

Também fazendo parte da mesa diretora da solene de colação de grau – curso de pedagogia PARFOR – da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, o Prof.Dr.José Roberto Corrêa Sagkuettu (Coordenador Geral do PARFOR); a Profª.Drª. Yoshie Ussami Ferrari Leite (Patronesse dos Graduandos); a Profª.Drª.Vanda Moreira Machado Lima (Paraninfa) e a Profª.Drª.Onaide Schwartz Correa de Mendonça (Vice-Chefe do Deptº de Educação)

Constituída a mesa, o Mestre de Cerimônias Valmir César Lanza Caldeira anunciou a entrada do cortejo formado pela Egrégia Congregação da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp – Campus de Presidente Prudente/SP – com os representantes docentes: Yoshie Ussami Ferrari Leite; Alberto Albuquerque Gomes; Claudemira Azevedo Ito; Cristina Maria Baron; Cristiane Néspoli Morelato França (Vice-Chefe do Deptº de Matemática e Computação da FCT/Unesp); Onaide Schwartz Correa de Mendonça (Vice-Chefe do Deptº de Educação), que representou a Chefia do Departamento; Silvânia Lanfredi Nobre (Comissão Permanente de Pesquisa) e Vilma Mayumi Tachibana (Chefe do Deptº de Estatística).

Presença dos docentes que compõem o Projeto Político Pedagógico do curso PARFOR/FCT e lecionaram diversas disciplinas: Profs.Drs.: Alberto Albuquerque Gomes; Cinthia Magda Fernandes Ariosi; Cristiano Amaral Gaborggini Di Giorgi; Divino José da Silva, Eliane Maria Vani Ortega; Irineu Aliprando Viotto Filho; Paulo César de Almeida Raboni; Paulo Roberto Brancatti; Silvio César Nunes Militão; Tânia Cristina Boff; Renata Junqueira de Souza e Vanda Moreira Machado Lima. Destaque também para a servidora Beatriz Aparecida Dias, que deu suporte ao desenvolvimento do Projeto.

O 1º ato foi representado pelo Hino Nacional Brasileiro executado “ao vivo” pelo Maestro Luizão e Orquestra de Câmara do Oeste Paulista, sendo acompanhado e entoado com todo o respeito por todos os presentes. Em seguida, os pronunciamentos do Coordenador Geral do PARFOR na Unesp, Prof.Dr.José Roberto Correa Saglietti; Profª.Drª.Yoshie Ussami Ferrari Leite, que também exerceu suas atividades como Coordenadora local do curso de Pedagogia PARFOR; Vanda Moreira Machado Lima e André Luiz Fernandes Ribeiro.

Dirigindo-se à frente do palco, os Profs.Drs.Marcelo Messias, Vanda Moreira, Yoshie Ussami Ferrari Leite e Onaide Schwartz Correa de Mendonça desceram e se encaminharam para o Ato de colação de Grau, a começar pelo Juramento conduzido pelo Acadêmico André Luiz Fernandes Ribeiro. Com os Graduandos do Curso de Pedagogia PARFOR, “de pé”, procedeu-se o Juramento com a chamada nominal de cada um deles. O Presidente da Sessão Solene, Prof.Dr.Marcelo Messias, ao colocar a borla sobre a cabeça do Graduando, concedeu-lhe todos os direitos e prerrogativas para o exercício legal da profissão.

A Profª.Drª.Vanda Moreira Machado Lima fez a entrega do canudo e cumprimentou todos os formandos, enquanto a Profª.Drª. Yoshie Ussami Ferrari Leite, entregou o Certificado do Curso de Pedagogia PARFOR, cumprimentando a seguir um a um dos formandos num total de 34 novos profissionais. Aos alunos que tiveram melhor desempenho no decorrer do curso foi conferido o Diploma de “Mérito Acadêmico”, entregue pessoalmente pelo Prof.Dr.Marcelo Messias. Foi Oradora da Turma, Mariana Gomes Mastronicola que representou todos os graduandos.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
A solenidade de colação de Grau do curso de Pedagogia PARFOR – Plano Nacional de Formação dos Professores da Educação Básica da Unesp – é a 1ª do ano na FCT/Presidente Prudente. Realizou-se na noite de 22/Janº, no Auditório/Discente V.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
O evento foi abrilhantado pelo Maestro Luizão e Orquestra de Câmara do Oeste Paulista. O Prof.Dr.Marcelo Messias – Diretor da FCT/Unesp – presidiu os trabalhos, tendo também a presença e participação do Coordenador Geral do PARFOR, Prof.Dr.José Roberto Correa Saglietti.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
A solenidade de colação de grau foi prestigiada por um grande número de participantes, reunindo além de autoridades e visitantes, diretores, professores e concluintes do curso de Pedagogia PARFOR da Unesp, em número de 34 formandos.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
O Prof.Dr.Marcelo Messias, Diretor da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp – Câmpus de Presidente Prudente – conduziu a solenidade e colocou a borla sobre a cabeça de cada um dos graduandos, concedendo-lhes os direitos e prerrogativas para o exercício legal da profissão.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
A homenagem principal – por todos os méritos – foi destinada à Profª.Drª.Yoshie Ussami Ferrari Leite (Patronesse dos Graduandos), à Profª.Drª.Vanda Moreira Machado Lima (Paraninfa) e homenagem especial aos Profs.Drs.Silvio Militão; Eliane Ortega e à Servidora Beatriz Aparecida Dias.

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP

jan 19

Foram cinco os docentes-pesquisadores do curso de educação física contemplados no edital anual CNPQ-Universal, divulgado no final do ano de 2014. O fato – por si só – denota o quanto o curso tem mudado o seu perfil e centrado força em pesquisa de relevância científica e social. Essa mudança qualitativa vem acontecendo, sobretudo, nos últimos anos.

Para isso, existe uma justificativa: Quando novos docentes chegaram no curso em Presidente Prudente, juntamente com aqueles mais experientes, se desenvolveu uma ciência de qualidade, com notório reconhecimento científico. É esse fato que passa a se destacar junto aos demais cursos de Educação Física da UNESP e outras universidades brasileiras.

Os docentes-pesquisadores contemplados foram: o Prof. Dr. Diego Giulliano Destro Christófaro, com o projeto “Prática de modalidades de lutas em adolescentes e os possíveis benefícios à saúde”. E o objetivo: investigar a importância das práticas de modalidades diferenciadas de lutas e seus benefícios diretos à saúde dos indivíduos. De maneira geral e dos adolescentes em específico.

A Profa Dra. Giovana Rampazzo Teixeira se destacou com o projeto “Caracterização do processo inflamatório e influência da terapia de reposição hormonal no lobo ventral da próstata de ratos UChB (consumidores voluntários de etanol a 10%), cujo objetivo é verificar a participação do fator de transcrição gênica PPAR-α.

Como possível regulador chave nos efeitos protetores do treinamento físico sob alterações imuno-metabólicas prostática de camundongos, submetidos à dieta hiperlípidica, a fim de contribuir para a identificação de Síndrome Metabólica que ocasiona excesso de peso e/ou obesidade e o diabetes tipo 2. Ambos os pesquisadores foram classificados na Faixa A de financiamento do CNPQ (até R$ 30.000).

O Prof. Dr. Ismael Forte Freitas Júnior, contemplado com o projeto “Efeito do treinamento concorrente sobre atividade da alfa amilase em adolescentes obesos” investiga a importância do treinamento físico junto a adolescentes obesos e as contribuições para a sua qualidade de vida.

O Prof. Dr. Fábio Santos Lira, com o projeto “Envolvimento do NF-kB e PPAR-gamma na resposta inflamatória e metabólica em monócitos de indivíduos sedentários, fisicamente ativos e treinados”, tem intenção de pesquisar o efeito de diferentes intensidades de exercícios aeróbio sobre a resposta anti-inflamatória e anti-aterogênica, ressaltando o papel terapêutico do exercício físico na prevenção de doenças crônicas.

Ambos os projetos foram classificados na Faixa B de financiamento do CNPq (até R$ 60.000,00). Além dos docentes acima, também o Prof. Dr. Irineu Aliprando Tuim Viotto Filho, da área de Psicomotricidade, foi contemplado com o projeto “Processo de avaliação psicomotora histórico-cultural: compreendendo as crianças para além dos testes padronizados”. Nesse contexto,a finalidade é construir um novo instrumento de avaliação psicomotora para criança em idade pré-escolar e escolar. Tomando como parâmetro de avaliação, a atividade lúdica e coletiva devidamente orientada pelo professor. O projeto foi classificado na Faixa C de financiamento do CNPq (até R$ 120.000,00).

Enfim, o Departamento de Educação Física da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp – Câmpus de Presidente Prudente – comemora as conquistas obtidas no ano de 2014 dos cinco docentes-pesquisadores e prepara-se para colher os frutos do seu trabalho no ano de 2015. Como também espera celebrar neste novo ano, o resultado positivo de outros projetos desenvolvidos pelos demais docentes do Curso.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Giovana Rampazzo Teixeira e Diego Giulliano Destro Christófaro, foram os dois primeiros docentes-pesquisadores do curso de Educação Física da FCT/Unesp, contemplados pelo CNPq c/financiamento na faixa de R$30.000,00.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
O Prof.Dr.Irineu Aliprando Tuim Viotto Filho e o Prof.Dr.Ismael Forte Freitas Jr. Foram mais além e passaram a integrar posições mais elevadas, com premiações na faixa C de financiamento do CNPq, de R$120.000,00.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Giovana e Fábio Santos Lira – docentes do curso de Educação Física da FCT/Unesp estão em contato permanente com os colegas e alunos, transmitindo otimismo e dedicação às pesquisas científicas, que lhes deram mais esta premiação.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Nestas duas fotos se pode avaliar a alegria e o entusiasmo desses 5 docentes dedicados ao aprimoramento do ensino e da pesquisa científica, em benefício da comunidade. Para eles e para a cidade e região de Presidente Prudente, foi uma das maiores conquistas do ano de 2014. Parabéns !!!

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP

dez 26

No período compreendido entre 18 de Novembro a 22 de Dezembro deste ano foram desenvolvidas na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp – Câmpus de Presidente Prudente/SP – nada menos que onze dissertações de Mestrado. A maioria (cinco) foi representada pela Fisioterapia e as demais: quatro referências à Geografia e duas opções para Educação. Com o recesso em vigor até 04 de Janeiro de 2015, as próximas dissertações de Mestrado ou teses de Doutorado recomeçarão a ser defendidas ainda na primeira quinzena de Janeiro, de conformidade com a programação previamente elaborada.

Nos dois últimos meses do ano, foram registradas as seguintes defesas públicas de Mestrado: dia 18/Novº – Candidata: Ana Márcia dos Santos Antonio – Fisioterapia – Orientador: Prof.Dr.Vitor Engracia Valenti – Departº de Fonoaudiologia da Faculdade de Filosofia e Ciências de Marília/SP. Tema: “Recuperação da modulação autonômica cardíaca, após sessão de exercícios com haste oscilatória”. 19/Novº – Candidata: Elisa Bizetti Pelai – Fisioterapia – Orientadora: Profª.Drª.Cristina Elena Prado Teles Fregonesi – Departº de Fisioterapia da FCT/UNESP/Presidente Prudente. Tema: “Efeito da terapia manual na Escoliose Idiopática”.

No dia 24/Novº – Candidato: Rafael de Oliveira Coelho dos Santos – Geografia – Orientador: Prof.Dr. Bernardo Mançano Fernandes – Departº de Geografia da FCT/UNESP/Presidente Prudente-SP. Tema: “Reforma agrária em questão: a propriedade privada como fator de desterritorialização camponesa no projeto de assentamento Primavera em Andradina/SP”. 28/Novº – Candidata: Patrícia Cralcev Azevedo – Educação – Orientadora: Profª.Drª.Yoshie Ussami Ferrari Leite – Departº de Educação da FCT/UNESP – Presidente Prudente-SP. Tema: “As representações sociais dos Diretores das escolas estaduais da Diretoria de Ensino de Presidente Prudente – SP – sobre seu papel e sobre a Escola Pública”.

A seguir: dia 04/Dezº – Candidato: Lucas Melo Neves – Fisioterapia – Orientador: Prof.Dr.Ismael Forte Freitas Junior –Departº de Educação Física – FCT/UNESP – Presidente Prudente –SP. Tema: “Alterações de um programa de atividade física com base em protocolo de treinamento funcional sobre as capacidades funcionais, composição corporal e perfil lipídico de mulheres na menopausa”. 05/Dezº – Candidata: Maria José da Costa – Geografia – Orientador: Prof.Dr.Bernardo Mançano Fernandes – Departº de Geografia da FCT/UNESP – Presidente Prudente – SP. Tema:”Construção do plano camponês: experiências de políticas públicas de desenvolvimento para o campo brasileiro”.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
A candidata Maria José da Costa, do Programa de Pós-Graduação em Geografia da FCT/UNESP fez sua defesa pública de dissertação para obtenção do título de Mestrado.

No dia 05/Dezº, a candidata Mariana de Carvalho Pinto fez sua defesa pública de dissertação de Mestrado/Fisioterapia, tendo como Orientadora a Profª.Drª. Cristina Elena Prado Teles Fregonesi, do Departº de Fisioterapia da FCT/UNESP – Presidente Prudente – SP.Tema: “Parâmetros neuropáticos no Diabetes Mellitus”. Em 09/Dezº, a candidata Lucinete Ferreira de Andrade enfrentou a Comissão Examinadora, para defesa de sua dissertação de Mestrado/Geografia. Orientador: Prof.Dr.Paulo César Rocha – Departº de Geografia da FCT/UNESP – Presidente Prudente – SP – Tema:”Análise espaço-temporal do escoamento fluvial nas bacias hidrográficas dos rios Aguapeí e Peixe, Oeste Paulista/Brasil”.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Mariana de Carvalho Pinto, do Programa de Pós-Graduação em Fisioterapia defendeu sua dissertação na FCT/UNESP p/obtenção do título de “Mestrado”.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Da mesma forma, Lucinete Ferreira de Andrade, do Programa de Pós-Graduação em Geografia também desenvolveu sua defesa de dissertação de Mestrado, perante a Comissão Examinadora.

Em continuidade, no dia 19/Dezº – Candidata: Juliana Marina Zanata – Geografia – Orientador: Prof.Dr.Edson Luis Piroli, da UNESP – Câmpus de Ourinhos – SP. Tema: “Mudanças no uso e cobertura da terra na bacia hidrográfica do Ribeirão Bonito/SP”. 22/Dezº – Candidata: Anne Kastelianne França da Silva – Fisioterapia – Orientador: Prof.Dr.Luiz Carlos Marques Vanderlei, do Departº de Fisioterapia da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Unesp – Presidente Prudente – SP. Tema: “Dinâmica Linear e Não Linear da variabilidade da frequência cardíaca: Sensibilidade, especificidade, valor preditivo e correlação de características físicas e clínicas do Diabetes Mellitus Tipo 1”.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
Juliana Marina Zanata, do Programa de Pós-Graduação em Geografia se apresentou perante a Comissão Examinadora no último dia 19/Dezº para sua defesa de dissertação de Mestrado.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
A candidata Anne Kastelianne França da Silva defendeu publicamente sua dissertação de Mestrado/Fisioterapia, perante a Comissão Examinadora reunida na FCT/UNESP.

Finalmente, no período da tarde de 22/Dezº – 14hs – no Anfiteatro II da FCT/UNESP – Câmpus de Presidente Prudente/ SP – a última defesa pública do ano 2014, ref. Mestrado/Educação. Candidata: Keila Beatriz Fernandes Custódio, tendo como Orientadora a Profª.Drª. Gilza Maria Zauhy Garms, do Departº de Educação da Faculdade de Ciências e Tecnologia/Unesp. Tema:“Concepções epistemológicas que fundamentam práticas educativas do Professor, consolidadas no cuidar e o educar no cotidiano do berçário: contribuições de uma leitura piagetiana”.

Clique para ampliar! Clique para ampliar!
A candidata Keila Beatriz Fernandes Custódio – do programa de Pós-Graduação em Educação, desenvolveu na FCT/UNESP a última defesa de dissertação de Mestrado do ano 2014.

PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO DA FCT/UNESP

NÚMERO DE DEFESAS EM 2014

Clique para ampliar!

escrito por Assessoria de Comunicação e Imprensa - FCT UNESP